×

CRAS realizará visitas a 18 mil beneficiários do Bolsa Família ainda em 2023

Atualização do Bolsa Família

CRAS realizará visitas a 18 mil beneficiários do Bolsa Família ainda em 2023

A Secretaria de Assistência Social (SAS) de Campo Grande está tomando medidas para garantir que 18.365 beneficiários do Bolsa Família não percam seu auxílio financeiro.

Isso ocorre após a cidade entrar na fase de revisão conduzida pela Controladoria-Geral da União (CGU).

A administração da cidade está empenhada em revisar minuciosamente as famílias compostas por uma única pessoa que estão passando por revisão cadastral.

Para atingir esse objetivo, estão sendo realizadas visitas presenciais, tentativas de comunicação telefônica e envio de convocações por correio, entre outras ações.

Até o momento, os técnicos do CadÚnico de Campo Grande já realizaram 3.490 visitas para atualizar os dados ou entregar convocações às famílias.

Além disso, foram feitas 11.976 tentativas de contato telefônico para identificar os beneficiários.

CRAS realizará visitas a 18 mil beneficiários do Bolsa Família ainda em 2023

Bolsa Família

No entanto, a SAS observou que muitos moradores ainda não responderam ao chamado, e uma parcela deles não pôde ser localizada nos endereços registrados no cadastro inicial.

As famílias podem verificar seu status de revisão por meio do aplicativo do Bolsa Família ou enviando uma mensagem para o número de telefone (67) 99838-3542.

Aqueles que estão nessa situação devem se dirigir a uma das 26 unidades do Centro de Referência da Assistência Social (Cras) e apresentar um documento com foto, CPF e comprovante de residência em nome do responsável familiar.

A CGU está conduzindo essas verificações para garantir a conformidade com os requisitos do Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS).

É importante esclarecer que a auditoria se concentra nos registros de famílias compostas por um único membro, não na administração da cidade.

Indivíduos que moram sozinhos e são beneficiários do Bolsa Família podem ser chamados para uma revisão, mas isso não significa automaticamente o encerramento do benefício. A auditoria visa garantir que os critérios para receber o benefício sejam cumpridos.

De acordo com as novas diretrizes de distribuição de renda do governo federal, se a porcentagem de famílias com apenas um membro representar 16% ou mais do total de beneficiários do Bolsa Família, não serão admitidos novos beneficiários unipessoais até que a cobertura esteja em conformidade.

Liberação dos Pagamentos em Novembro do Bolsa Família: Novidades e Informações Importantes

O Programa Bolsa Família é um programa de transferência de renda do governo federal do Brasil, criado em 2003, que tem como objetivo combater a pobreza e a desigualdade social.

Ele oferece auxílio financeiro direto a famílias em situação de extrema pobreza ou pobreza, condicionado ao cumprimento de determinados compromissos, como a frequência escolar das crianças e o acompanhamento de saúde.

No texto mencionado anteriormente, a cidade de Campo Grande, localizada no estado de Mato Grosso do Sul, está passando por um processo de revisão do cadastro de beneficiários do Bolsa Família.

Essa revisão está sendo conduzida pela Controladoria-Geral da União (CGU), um órgão do governo federal responsável por fiscalizar e garantir a integridade dos programas sociais.

O motivo para essa revisão é garantir que os beneficiários do programa estejam de fato em situação de elegibilidade e que atendam aos requisitos necessários para receber o auxílio.

A auditoria está focada em famílias compostas por um único membro, para as quais é importante verificar se estão cumprindo os critérios estabelecidos para receber o benefício.

No processo de revisão, estão sendo tomadas medidas como visitas presenciais, tentativas de comunicação telefônica e envio de convocações por correio para garantir a atualização dos dados e a identificação dos beneficiários.

No entanto, alguns beneficiários ainda não responderam ao chamado ou não foram encontrados nos endereços registrados no cadastro inicial.

A CGU está realizando essa auditoria para assegurar que os recursos do Bolsa Família sejam direcionados de maneira justa e eficaz, atendendo às necessidades das famílias em situação de vulnerabilidade.

É importante destacar que a auditoria não se concentra na administração da cidade, mas sim na verificação dos registros individuais das famílias que recebem o benefício.

Essas ações visam manter a transparência e a integridade do Programa Bolsa Família, garantindo que ele continue cumprindo seu propósito de ajudar as famílias mais necessitadas no Brasil.

Acesse: Meu Bolsa Família