4 benefícios secretos que o INSS

4 benefícios secretos que o INSS libera e você não sabe

Existem benefícios secretos pagos pelo INSS que muitas pessoas podem não saber,os chamados pagamentos “escondidos” na lista de assistidos pela autarquia.

Confira abaixo uma lista de benefícios “escondidos” do INSS que poucos têm conhecimento de sua existência.

1. Benefício em razão de trabalhos perigosos e insalubres

Como o nome indica, aqueles que trabalham nessas condições estão em risco e perigos para a saúde. Por esta razão, o INSS dá-lhe o direito de aumentar as suas contribuições para a segurança social.

Enquanto os homens têm direito a um aumento de 40%, as mulheres têm direito a um aumento de 20%. Vale ressaltar que o abono ainda se aplica apenas aos empregos obtidos antes da nova reforma da Previdência.

2. Benefício para quem realizou trabalho rural

Qualquer pessoa que tenha trabalhado em serviços rurais antes de 1991 pode solicitar a prorrogação do tempo de contribuição. A diferença é que isso pode ser feito mesmo que a pessoa não contribua para o INSS há anos.

Veja mais:

Para comprovar o horário de trabalho, além do registro do imóvel rural, o cidadão deve apresentar notas fiscais, certidões de nascimento de irmãos ainda nascidos na zona rural, registros pessoais da escola rural e certidões de nascimento dos irmãos.

Também são exigidos certidão do INCRA, cópia da carteira de identidade e uma testemunha para comprovar a situação do requerente da aposentadoria rural.

3. Aposentadoria para quem trabalhou sem registro

Trabalhar longas horas sem carteira assinada é uma realidade para muitos brasileiros. Mas o que muita gente não sabe é que é possível incluir esse tempo de trabalho informal na Previdência Social.

Para isso, os trabalhadores precisam registrar seu tempo de contribuição no INSS. É por meio do registro que as horas trabalhadas não registradas na carteira são normalizadas e também precisam ser comprovadas para serem acrescidas à aposentadoria.

Portanto, se os serviços prestados na relação trabalho-gestão são de natureza não contingente, havendo filiação e remuneração, o período de trabalho não só garante o direito à aposentadoria, como confere a condição de trabalhador. Seguro INSS.

Um conselho importante é demonstrar os termos de emprego não registrados o mais rápido possível. Além disso, o INSS aceita não só a prova documental, mas também a prova documental, incluindo documentos como fichas de inscrição, holerites, recibos de pagamento, fotos de trabalho, extratos bancários, etc.

4. Serviço Militar

Por fim, vale destacar o tempo que o homem passa no quartel, que também conta para o período de contribuição do INSS.

Mas isso só vale para quem não se beneficiou do número estimado de quitações de benefícios sob o regime público ou militar.

%d blogueiros gostam disto: