como solicitar saque FGTS

500 mil trabalhadores ainda não sacaram o PIS/Pasep de 2020 – Veja como sacar

De acordo com o Ministério do Trabalho e Previdência Social, um total de 561 mil trabalhadores não sacaram seu PIS/Pasep 2020, que ainda está disponível até 29 de dezembro.

De todos os que não sacaram cotas de acordo com o calendário oficial de liberação, 71% são militares e servidores públicos que recebem Pasep do Banco do Brasil.

Os empregados elegíveis do setor privado têm o mesmo prazo para saque do PIS, via Caixa Econômica Federal.

Do total de beneficiários:

  • 157.575 abonos do PIS, somando R$ 133,4 milhões; e
  • 403.498 abonos do Pasep, somando R$ 389,8 milhões.

Quem tem direito?

Estar trabalhando com carteira assinada ou como servidor há pelo menos 30 dias, de forma contínua ou não, em 2020.

Você está inscrito no programa ou no Cnis (Cadastro Nacional de Informações Sociais) há pelo menos cinco anos – ou seja, seu primeiro emprego oficial deve ter sido concluído em 2015 ou antes.

Como saber se tenho direito ao abono salarial?

Para o PIS (trabalhador de empresa privada):

  • No Aplicativo Caixa Trabalhador;
  • No site da caixa;
  • Pelo telefone de atendimento da Caixa: 0800 726 0207.

Para o Pasep (servidor público):

  • Pelos telefones da central de atendimento do Banco do Brasil: 4004-0001 (capitais e regiões metropolitanas);
  • 0800 729 0001 (demais cidades);
  • 0800 729 0088 (deficientes auditivos).

Como consultar  pelo CPF?

Cidadãos que trabalham em empresas privadas podem consultar o PIS por meio do aplicativo Meu INSS, disponível para iOS e Android.

Veja como a seguir:

  1. Faça o login no app do Meu INSS via gov.br;
  2. Se não tiver conta, crie uma com seus dados pessoais;
  3. Ao entra na plataforma, vá no canto superior da tela para ver os detalhes do PIS;
  4. Será possível verificar todas as informações sobre o PIS e também há opção de tirar dúvidas.

Qual valor do abono salarial?

Os trabalhadores podem receber até um salário mínimo, atualmente R$ 1.212. Caso o beneficiário não tenha trabalhado por 12 meses, será repassado um valor menor proporcional às horas trabalhadas.

Detalhes do benefício

Segundo informações da Caixa, cerca de 22 milhões de trabalhadores devem receber benefícios, o que traria mais de 20 bilhões de reais para a população brasileira.

Esses recursos são provenientes do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), que por sua vez financia programas de seguro-desemprego e programas de desenvolvimento econômico.

O banco informou ainda que para quem tem conta bancária, o crédito será depositado automaticamente sem a necessidade de deslocamento até a agência da instituição.

Dessa forma, outros beneficiários receberão valores por meio da poupança social digital, que poderá ser repassada diretamente dos celulares por meio do aplicativo Caixa Tem.

O pagamento do complemento salarial pode ser feito presencialmente ou virtualmente dependendo das necessidades de cada cidadão.

O atendimento presencial é realizado com Cartão do Cidadão e senha nos terminais de autoatendimento, lotéricas ou agências bancárias.

Já o atendimento virtual pode ser realizado por meio do aplicativo Caixa Aqui, sempre de acordo com o cronograma de pagamento.

CONTINUE LENDO ->

%d blogueiros gostam disto: