7ª e ultima parcela do auxílio emergencial

7ª e ultima parcela do auxílio emergencial 2021; Começou ser paga hoje veja quem recebe

A Caixa começa hoje a quitar a sétima parcela do Auxilio emergêncial. Na próxima segunda-feira, dia 18 de outubro, começa o cronograma de quitação da última parcela do socorro emergencial. Então, quem participa do Bolsa Família e tem um NIS (Número de Identificação Social) termina em 1.

Para esses beneficiários, o pagamento do auxílio emergencial segue a mesma lógica do plano original. Portanto, eles receberão  nos últimos 10 dias úteis do mês, dependendo do seu NIS.

Por outro lado, temos os que não participam do Bolsa Família, o chamado público em geral que se cadastrou nos aplicativos Cadastro Único ou Caixa Tem. Estes passam a ter seus próprios calendários, escalonados de acordo com o mês de nascimento dos participantes. Além disso, o governo federal primeiro faz depósitos e, em seguida, define novos cronogramas para saques e transferências.

 

Público geral ainda espera liberação para saques da sexta rodada

Em 4 de outubro, os pagamentos e transferências da sexta parcela passaram a ser emitidos por ocasião do aniversário de janeiro da sociedade. Até o momento, esse grupo só conseguia pagar as contas com cartão de débito digital, gerado automaticamente pelo aplicativo Caixa Tem. Isso significa que era possível usar seu valor para pagar tiras ou fazer compras por meio de um QR Code (uma espécie de código de barras).

Hoje, 18 de outubro, é a vez dos aniversariantes de outubro para sacar e doar sua ajuda de emergência. Finalmente, amanhã, 19 de outubro, o calendário termina com os beneficiários nascidos em novembro e dezembro.

Dessa forma, todos os integrantes do público em geral poderão repassar seus benefícios, dando lugar ao início do pagamento da sétima parcela. Vai começar na quarta-feira, 20 de outubro, para pessoas nascidas em janeiro.

Como realizar saques em dinheiro?

Aqueles que já têm permissão para ter dinheiro em mãos podem sacar da seguinte forma:

  • Primeiramente, é necessário realizar login no aplicativo Caixa Tem.
  • Em seguida, na tela inicial do aplicativo será possível ver a opção “Saque sem cartão”.
  • A plataforma irá abrir uma conversa, na qual o usuário deve clicar em “Gerar código para saque”.
  • Nesse momento, o aplicativo orienta que o beneficiário esteja de frente a um caixa eletrônico ou a um atendente das Casas Lotéricas. No caixa eletrônico, então, é necessário clicar em “Entrar”, para depois em “Saque Auxílio Emergencial”.
  • No aplicativo, o beneficiário deve prosseguir, clicando em “Gerar código” e digitando sua senha.
  • Com o código em mãos, já é possível digitá-lo no caixa eletrônico ou informar o atendente das Casas Lotéricas. Contudo, é importante alertar que este código não deve ser compartilhado com terceiros. Caso o beneficiário não esteja perto dos locais de saque, deve anotar o código de maneira segura. Lembrando, ainda, que o código possui a validade de uma hora.

Calendário de pagamento da sétima parcela para beneficiários do Bolsa Família

Pelo calendário, os participantes do Bolsa Família começarão a receber a sétima e última parcela na segunda-feira. Para receber atendimento de emergência, esse grupo suspendeu o Bolsa Família e, portanto, continuará a recebê-lo no próximo mês. Isso porque esses cidadãos atendiam aos requisitos de ambos os programas. Portanto, o governo federal determinou que eles podem obter aquele com o valor mais alto.

Veja quando esses beneficiários podem receber a sétima e última parcela do atendimento emergencial:

  • 18 de outubro, segunda-feira: recebem aqueles com NIS de final 1.
  • 19 de outubro, terça-feira: recebem aqueles com NIS de final 2.
  • 20 de outubro, quarta-feira: recebem aqueles com NIS de final 3.
  • 21 de outubro, quinta-feira: recebem aqueles com NIS de final 4.
  • 22 de outubro, sexta-feira: recebem aqueles com NIS de final 5.
  • 25 de outubro, segunda-feira: recebem aqueles com NIS de final 6.
  • 26 de outubro, terça-feira: recebem aqueles com NIS de final 7.
  • 27 de outubro, quarta-feira: recebem aqueles com NIS de final 8.
  • 28 de outubro, quinta-feira: recebem aqueles com NIS de final 9.
  • 29 de outubro, sexta-feira: recebem aqueles com NIS de final 0.

Beneficiários podem receber mensagens pelo Whatsapp

Desde julho deste ano, Pedro Guimarães, presidente da Caixa Econômica Federal, anunciou parceria com o aplicativo de mensagens Whatsapp. Assim, além dos pagamentos e saques em dinheiro, os beneficiários passaram a receber informações sobre a data do depósito.

Dessa forma, os participantes poderão receber mensagens sobre o tema para ver a data em que receberam o valor. No entanto, é importante lembrar da segurança digital para evitar fraudes e golpes. Portanto, os cidadãos devem estar atentos aos seguintes aspectos:

  • A conta da Caixa é verificada pelo Whatsapp.
  • Apenas recebem aqueles que habilitaram a opção no aplicativo Caixa Tem.
  • Não haverá qualquer tipo de solicitação de informações.

Portanto, aqueles que recebem mensagens sem esses fatores devem estar cientes de tentativas de fraude. Nesse sentido, Dario Durigan, diretor de políticas públicas do Whatsapp no ​​Facebook no Brasil, se manifestou. Segundo ele, “não serão solicitadas senhas ou dados pessoais. Somente serão enviadas informações sobre o atendimento”.

Bolsa Família e Auxílio Emergencial irão acabar?

A assistência de emergencial visa fornecer apoio financeiro a famílias de baixa renda no contexto da pandemia Covid-19. Ou seja, o país enfrenta uma crise econômica e de saúde desde o ano passado. Portanto, à medida que a vacinação contra a doença avança e o número de casos diminui, a demanda pelo programa também diminui.

Portanto, parece que o governo federal pretende completar esse benefício para poder lançar o Auxílio Brasil. Em outras palavras, um programa de ajuda criado para substituir o Bolsa Família. Portanto, o Auxílio Brasil será um apoio para quem está em situação de vulnerabilidade.

No entanto, a nova proposta tem enfrentado obstáculos na determinação de seu orçamento permanente. Além disso, o governo está ansioso para lançá-lo porque não pode ser lançado em 2022 porque é um ano de eleições. Portanto, há uma alternativa para a continuidade da assistência emergencial e do Bolsa Família no mesmo modelo atual.

Essa definição deve ser cumprida pelo governo federal nesta semana. Portanto, os beneficiários desses dois planos devem ficar atentos às próximas novidades.

%d blogueiros gostam disto: