×

Alterações no Bolsa Família afetarão todos os beneficiários a partir de junho!

Bolsa Família

Alterações no Bolsa Família afetarão todos os beneficiários a partir de junho!

O Programa Bolsa Família passou por uma reformulação promovida pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e foi oficialmente lançado em março deste ano.

Desde então, foram realizadas duas rodadas de repasses, uma em março e outra em abril. Entretanto, a partir de junho, novas mudanças no programa afetarão os mais de 21 milhões de beneficiários.

As mudanças referem-se aos novos valores que serão pagos, visto que o programa social contará com quatro novos benefícios que, juntos, formarão o valor final do repasse.

Haverá um valor inicial, pago para todos os beneficiários, e outros três benefícios complementares, que serão pagos de acordo com as características de cada grupo familiar, como o tamanho da família, a presença de gestantes e crianças, entre outros critérios.

1° – Benefício de Renda de Cidadania: repassará o valor de R$142 para cada pessoa do grupo familiar.

O objetivo é que o programa forneça o mesmo valor médio para todas as famílias, independentemente do tamanho;

2° – Benefício Complementar: será pago principalmente para as famílias com apenas um, dois ou três beneficiários. Isso ocorre porque o programa deve obrigatoriamente pagar pelo menos R$600 por família. Portanto, quando a soma dos R$142 não atingir o mínimo de R$600, será pago um valor extra para complementar a quantia e alcançar o mínimo obrigatório;

3° – Benefício Primeira Infância: já está sendo pago desde o lançamento do programa um adicional de R$150 para cada criança com até seis anos de idade que fizer parte do grupo familiar;

4° – Benefício Variável Familiar: pagará R$50 a mais para cada gestante ou para cada criança ou adolescente com idades entre sete e dezoito anos.

Dessa forma, os valores atuais do Bolsa Família continuarão sendo pagos no próximo mês, em maio.

Entretanto, a partir do mês seguinte, junho, tudo mudará, e a forma como os valores serão definidos passará a ser de acordo com o que foi indicado acima, respeitando as características de cada família, mas garantindo pelo menos R$600 para cada um dos mais de 21 milhões de beneficiários do programa.

Além disso, o sistema que define esses valores entrará na fase final de atualização em maio, preparando o terreno para a implantação da novidade dentro do prazo.

Pagamentos de maio do novo Bolsa Família

Os pagamentos do novo Programa Bolsa Família referentes ao mês de maio terão início na quinta-feira, dia 18, e seguirão até o final do mês, conforme o número final do Número de Inscrição Social (NIS) de cada beneficiário.

Vale ressaltar que os beneficiários com pagamentos agendados para as segundas-feiras poderão ter os valores disponibilizados no sábado anterior à data agendada.

Para mais informações, confira o calendário oficial abaixo:

  • NIS de final 1 – depósito na conta em 18 de maio;
  • NIS de final 2 – depósito na conta em 19 de maio;
  • NIS de final 3 – depósito na conta em 22 de maio (valores serão disponibilizados no sábado, dia 20/05);
  • NIS de final 4 – depósito na conta em 23 de maio;
  • NIS de final 5 – depósito na conta em 24 de maio;
  • NIS de final 6 – depósito na conta em 25 de maio);
  • NIS de final 7 – depósito na conta em 26 de maio;
  • NIS de final 8 – depósito na conta em 29 de maio (valores serão disponibilizados no sábado, dia 27/05);
  • NIS de final 9 – depósito na conta em 30 de maio;
  • NIS de final 0 – depósito na conta em 31 de maio.

Por fim, é importante lembrar que os meios de pagamento do Bolsa Família em maio serão os mesmos que foram utilizados nos últimos meses, como o aplicativo Caixa Tem, que é o mais popular, e os cartões do programa, tanto novos quanto antigos, que podem ser utilizados nos caixas eletrônicos e nas Casas Lotéricas.

Além disso, para aqueles que não possuem acesso aos meios de pagamento mencionados anteriormente, é possível receber o benefício nas agências da Caixa Econômica Federal, mas apenas em dias úteis.

Os beneficiários que optarem pelo saque em espécie do Bolsa Família também poderão fazê-lo nas agências da Caixa Econômica Federal, utilizando o cartão do programa ou o Cartão Cidadão.

Entretanto, vale ressaltar que essa opção estará disponível somente a partir do dia 27 de maio, de acordo com o calendário oficial de pagamentos.

É importante lembrar que o novo Bolsa Família vem com mudanças significativas em relação ao antigo programa, visando aprimorar a distribuição dos recursos e garantir maior eficácia na ajuda às famílias em situação de vulnerabilidade social.

Por isso, é fundamental que os beneficiários se informem sobre as novas regras e acompanhem as datas de pagamento para não perderem os valores.