×

Atualização dos Dados do Bolsa Família: Datas Importantes

Bolsa Família

Atualização dos Dados do Bolsa Família: Datas Importantes

A atualização dos dados cadastrais é um processo essencial para os beneficiários do Bolsa Família. Recentemente, milhões de pessoas receberam mensagens nos aplicativos Caixa Tem e Bolsa Família solicitando a averiguação cadastral.

Essas mensagens causaram preocupação e dúvidas em muitos beneficiários, levando-os a temer o bloqueio do benefício. Neste artigo, vamos esclarecer todas as datas importantes para a atualização dos dados e garantir que você não perca o seu Bolsa Família.

Beneficiários do Público 5

Se você é beneficiário do público 5, ou seja, mora sozinho, é importante ficar atento às datas de atualização dos dados. No início de fevereiro, muitas dessas pessoas receberam uma mensagem informando sobre a convocação para a averiguação unipessoal.

É fundamental esclarecer qualquer pendência junto ao CRAS mais próximo de sua casa para evitar o bloqueio ou cancelamento do benefício.

Beneficiários do Público 6

Para os beneficiários do público 6, que também são pessoas que moram sozinhas, a mensagem foi semelhante à do público 5. A diferença está no prazo de atualização.

Enquanto as pessoas do público 5 tinham até o dia 15 de março para atualizarem os seus dados, as pessoas do público 6 também tiveram o mesmo prazo.

Aqueles que não realizaram a atualização até essa data serão bloqueados no mês de abril e só receberão o benefício a partir de maio.

Atualização após o Prazo

É importante ressaltar que, mesmo que você não tenha conseguido fazer a atualização dentro do prazo estabelecido, ainda é possível regularizar a situação.

Para beneficiários do público 5 que não atualizaram até o dia 15 de março, é necessário realizar a atualização o mais rápido possível para evitar o cancelamento do benefício.

No caso dos beneficiários do público 6, se a atualização não foi feita até o dia 15 de março, o benefício será bloqueado no mês de abril.

Nesse caso, será necessário fazer a atualização e aguardar até o mês de maio para receber o benefício novamente.

Calendário de Pagamento

É importante ficar atento ao calendário de pagamento do Bolsa Família para saber as datas em que o benefício estará disponível. Para o mês de abril, as famílias que fizeram a atualização dentro do prazo receberão normalmente.

Já aqueles que não atualizaram a tempo só receberão o benefício a partir do mês de maio.

Vale ressaltar que os retroativos também serão pagos aos beneficiários que tiveram o benefício bloqueado. Portanto, é essencial regularizar a situação o mais rápido possível para garantir o recebimento desses valores.

A atualização dos dados cadastrais é fundamental para garantir a continuidade do recebimento do Bolsa Família. Ficar atento às datas e prazos estabelecidos é essencial para evitar bloqueios e cancelamentos.

Se você é beneficiário do público 5 ou público 6 e ainda não realizou a atualização, é importante fazê-la o mais rápido possível para evitar transtornos.

Lembre-se de entrar em contato com o MDS após o dia 9 de abril para verificar se o benefício está disponível e em qual data estará liberado para saque.

Não perca a oportunidade de garantir o seu próprio dinheiro e não depender de ninguém. Invista na sua atualização cadastral e esteja sempre em dia com as informações necessárias para receber o Bolsa Família.

O pagamento do Bolsa Família é creditado pela Caixa Econômica Federal na conta Caixa Tem nos últimos 10 dias úteis de cada mês, de acordo com o final do Número de Identificação Social (NIS) do responsável familiar.

O Caixa Tem oferece diversos benefícios além do pagamento do Bolsa Família.

Confira alguns dos principais:

Serviços bancários:

  • Conta corrente digital: Abra uma conta gratuita e realize transações como transferências, pagamentos de contas e boletos, recargas de celular e consulta de saldo e extrato.
  • Cartão de débito virtual e físico: Faça compras online e em lojas físicas com o cartão de débito virtual e físico.
  • Empréstimos: Solicite empréstimos consignados com taxas de juros competitivas.
  • Cartão de crédito: Contrate um cartão de crédito com diversas opções de limite e benefícios.
  • Investimentos: Invista em renda fixa e variável com segurança e rentabilidade.

Outros benefícios:

  • Abono Salarial: Consulte e receba o Abono Salarial quando disponível.
  • FGTS: Acesse o seu saldo do FGTS e solicite a antecipação de saque em caso de necessidade.
  • PIS/Pasep: Consulte e receba o abono salarial PIS/Pasep quando disponível.
  • Benefício de Prestação Continuada (BPC): Receba o BPC, benefício para pessoas com deficiência e idosos de baixa renda.
  • Seguro-desemprego: Consulte e receba o seguro-desemprego quando disponível.
  • Outros programas sociais: Acesse outros programas sociais do Governo Federal.

Importante:

  • Alguns benefícios podem ter requisitos específicos para serem recebidos.
  • Para ter acesso a todos os benefícios, é necessário ter um CPF válido e estar com o cadastro atualizado na Caixa Econômica Federal.
  • O Caixa Tem é um aplicativo gratuito, portanto, não há necessidade de pagar nada para acessá-lo ou utilizá-lo.

Para evitar o pente fino do Bolsa Família e garantir que você continue recebendo o benefício, é fundamental seguir algumas medidas importantes:

1. Mantenha o Cadastro Único atualizado:

  • Agende um atendimento:
    • Ligue para o número 121 (MDS) ou acesse o site “Meu CadÚnico:” para agendar um atendimento presencial no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) de sua cidade.
    • Importante: Tenha em mãos o Número de Identificação Social (NIS) de todos os membros da família.
  • Compareça no dia e horário agendados:
    • Leve os documentos originais de todos os membros da família, como RG, CPF, carteira de trabalho, comprovante de renda, etc.
    • Importante: Se você não puder comparecer no dia agendado, ligue para o CRAS para remarcar o atendimento.
  • Atualize seus dados regularmente:
    • Informe o CRAS sobre qualquer mudança em sua renda, endereço, composição familiar, etc.
    • Importante: É importante atualizar seus dados mesmo que não tenha sido convocado para o pente fino.

2. Responda às convocações do pente fino:

  • Fique atento:
    • O MDS pode convocar você para apresentar documentos ou informações adicionais para confirmar sua eligibilidade no programa.
    • A convocação pode ser feita por carta, telefone, SMS ou e-mail.
  • Responda à convocação dentro do prazo estabelecido:
    • Reúna os documentos solicitados e compareça ao CRAS ou envie os documentos por e-mail ou pelos Correios.
    • Importante: Não ignore a convocação, pois isso pode levar ao bloqueio do seu benefício.

3. Mantenha-se informado:

  • Acesse o site do MDS:
    • O site do “Ministério do Desenvolvimento Social:” oferece informações sobre o programa Bolsa Família, incluindo o calendário de pagamentos, as regras de eligibilidade e os critérios do pente fino.
  • Siga as redes sociais do MDS:
    • O MDS também divulga informações importantes sobre o programa Bolsa Família em suas redes sociais, como “Facebook:  e “Twitter:”.
  • Procure orientação em órgãos oficiais:
    • Em caso de dúvidas, procure orientação no CRAS de sua cidade ou ligue para o número 121 (MDS).

4. Evite situações que podem levar ao cancelamento do benefício:

  • Não declarar renda:
    • É fundamental declarar todas as suas rendas, inclusive de trabalho informal, pensão alimentícia, etc.
  • Declarar renda falsa:
    • Declarar renda falsa ou omitir informações pode levar ao cancelamento do seu benefício.
  • Não participar de acompanhamentos:
    • O MDS pode solicitar que você participe de acompanhamentos sociais, como visitas domiciliares ou reuniões com grupos de beneficiários.
    • É importante participar de todos os acompanhamentos solicitados.

5. Tenha em mãos os documentos necessários:

  • Documentos pessoais:
    • RG
    • CPF
    • Carteira de trabalho
    • Título de eleitor
    • Certidão de nascimento ou casamento
  • Comprovante de renda:
    • Holerite
    • Declaração de Imposto de Renda
    • Recibo de pagamento de benefício previdenciário
  • Comprovante de endereço:
    • Conta de luz
    • Conta de água
    • Contrato de aluguel

6. Seja proativo:

  • Não espere ser convocado para o pente fino:
    • Mantenha seu Cadastro Único atualizado e responda às convocações do MDS prontamente.
  • Em caso de dúvidas, procure orientação em órgãos oficiais:
    • O CRAS de sua cidade ou o número 121 (MDS) podem te ajudar.

7. Conte com a ajuda de um profissional:

  • Se você tiver dificuldade para atualizar seu Cadastro Único ou responder às convocações do pente fino, procure a ajuda de um profissional:
    • Assistente social
    • Advogado
    • Defensor público