Auxílio Brasil DESTAS famílias pode ser suspenso

Auxílio Brasil Bloqueado

O governo brasileiro pretende vasculhar a lista de beneficiários do Auxílio Brasil para verificar se há irregularidades. Eles anunciaram planos para fazer isso depois de observar que milhões de famílias corriam o risco de perder seu benefício.

Mais de 3 milhões de pessoas que moram sozinhas foram aprovadas para receber benefícios do processo familiar unipessoal iniciado pelo governo federal em novembro de 2021. Além disso, mais de 3 milhões de famílias com apenas um membro foram aprovadas para esses benefícios.

Dados contidos em uma pasta indicam que o Cadastro Único do Governo Federal, ou CadÚnico, recebeu recentemente um grande número de inscritos.

De novembro de 2018 a outubro de 2022, o sistema ganhou 8.929.623 milhões de novos assinantes – um aumento significativo em relação ao número original de 8.929.623 assinantes.

Benefício pode ser suspenso

Pelos critérios, a família interessada em recebê-lo deve ter renda mensal de até R$ 210 por pessoa ou R$ 105 por pessoa em domicílios onde não haja filhos menores de 21 anos, gestantes ou gestantes. Uma forma de contornar esse sistema encontrada por algumas pessoas foi desmembrar a família.

Em outras palavras, os membros são divididos em vários registros, cada um dos quais é titular de um auxílio diferente. A prática é proibida e pode levar ao bloqueio do beneficio.

A renda de todos os moradores do mesmo domicílio deve constar no CadÚnico no ato da inscrição no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS). Caso contrário, os cidadãos constituirão fraude.

Como será feito o pente-fino

As famílias nessa situação serão convidadas a atualizar seu cadastro e participar da pesquisa. As ligações podem ser feitas por mensagem de texto, mensagem no boleto ou até mesmo pelo app do programa.

 

 

%d blogueiros gostam disto: