Auxílio Emergencial 6ª parcela começa ser paga nesta sexta, 17

O governo federal começa a pagar a sexta parcela do auxilio emergencial nesta sexta-feira (17). Portanto, são usuários do Bolsa Família cujo Número de Cadastro Social (NIS) termina em 1.

Segundo informações gerais, será o início do pagamento do penúltimo ciclo de benefícios. Claro, essa informação pode mudar, mas o que sabemos até agora é que a assistência de emergência requer apenas mais duas transferências. A primeira delas começa nesta sexta-feira (17).

Esta semana, os usuários do Bolsa Família de o NIS 1 serão o único grupo a aceitar o dinheiro. Segundo a Caixa Econômica Federal, essas pessoas têm duas opções. Por exemplo, eles podem decidir retirar um benefício de uma agência. O valor estará disponível desde as primeiras horas da manhã.

Outra opção é usar o aplicativo Caixa Tem ou até mesmo um sistema de banco online. Segundo informações oficiais, uma série de procedimentos pode ser realizada dessa forma. Por exemplo, você pode fazer um boleto de pagamento. Além disso, certos locais também permitem compras online e pessoais.

Os informais começam a receber dinheiro a partir da sexta parcela a partir da próxima semana. Pelo menos é o que diz a programação oficial do programa. Informais que nasceram em janeiro serão os primeiros a receber a cota. Eles receberão o valor digitalmente a partir da próxima terça-feira (21).

Auxílio Emergencial

Após um hiato de três meses sem ajuda emergencial, o governo federal retomou os pagamentos do programa no último mês de abril. Só que desta vez o projeto funciona em uma versão reduzida.

Por exemplo, o número de usuários diminuiu. Em 2020, segundo o Ministério da Cidadania, o dinheiro chegou a quase 70 milhões de brasileiros. Hoje, de acordo com a pasta, apenas 35 milhões ainda recebem o valor do programa.

Outra queda significativa foi o valor do abono. Hoje, o Ministério da Cidadania indica que o custo do atendimento emergencial está entre R $ 150 e R $ 375. No ano passado, alguns usuários estavam recebendo R $ 1.200 por mês.

Bolsa Família

Observe que o governo federal lida com os pagamentos do Bolsa Família normalmente. Cerca de 4 milhões de pessoas não emigraram do programa e continuaram a trabalhar no projeto original.

Para essas pessoas, nada mudou. Quem tiver um NIS finalizado em 1 também receberá dinheiro do programa nesta sexta-feira. A diferença é que o valor em questão não será uma ajuda emergencial, mas sim do Bolsa Família.

Vale lembrar que esses dois programas estão próximos do fim. De acordo com o Palácio do Planalto, o Auxílio Emergencial e o Bolsa Família devem chegar ao fim ao mesmo tempo no final do próximo mês de outubro. Pelo menos esse é o plano do poder executivo até aqui.

%d blogueiros gostam disto: