Auxílio emergencial em 2021 ainda será liberado para 3,5 milhões

A partir da próxima quarta-feira (27), cerca de 3,5 milhões de brasileiros poderão sacar Auxílio emergencial .

A última liberação vai ocorrer para os nascidos em dezembro, que finalmente poderão sacar em espécie o benefício depositado em suas poupanças digitais sociais.

Observe que o calendário, que especifica o pagamento do ciclo, só é válido para quem não está inscrito no programa Bolsa Família.

Para os beneficiários do programa social, outro calendário foi adotado e já está finalizado.

As parcelas pagas em dezembro referem-se ao 5º e 6º ciclos do auxilio emergencial. Todas as pessoas aprovadas têm direito a no mínimo a uma parcela de R $ 300 ou de R $ 600.

Como é feita a liberação do auxílio?

Essencialmente, o dinheiro vai para uma caderneta de poupança digital social que pode ser utilizada para efetuar pagamentos através do App Caixa Tem.

Só depois disso, de acordo com cronograma divulgado pela Caixa Econômica Federal, o valor fica disponível para repasse ou saque em dinheiro.

Quantas parcelas cada um recebeu?

O número de prestações que cada cidadão recebe depende do mês em que aprova o beneficio. Portanto, veja os possíveis cenários abaixo:

  • Recebeu a 1ª parcela em abril: 9 parcelas
  • Recebeu a 1ª parcela em maio: 8 parcelas
  • Recebeu a 1ª parcela em junho: 7 parcelas
  • Recebeu a 1ª parcela em julho: 6 parcelas

Foi instituído em abril de 2020 e inicialmente era em cinco parcelas de R $ 600. A partir daí, a expansão determinou a destinação de mais quatro lotes de R $ 300.

Veja mais: Saiba se sobrou dinheiro para você receber do auxílio emergencial

%d blogueiros gostam disto: