Auxílio-Gás 2023 – Valor ampliado irá continuar

Auxílio-Gás 2023

Em agosto deste ano, após a aprovação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) Bondades, o governo concedeu diversos benefícios à população, um deles foi a valorização do Vale-Gás Nacional, que contemplava famílias em situação de vulnerabilidade social com 50% do valor de um botijão de gás de cozinha de 13 kg.

Assim, após a aprovação da PEC, o benefício passou a abranger 100% do valor do botijão de gás. No entanto, essa expansão está projetada para durar até dezembro de 2022.

Porém, nesta quinta-feira (22), o Congresso Nacional aprovou o orçamento de 2023. Assim, o texto prevê um adicional de R$ 1,5 bilhão para a Vale-Gás, valor que vai se somar aos R$ 2,2 bilhões já disponibilizados pelo governo Bolsonaro para o custeio do benefício. Dessa forma, o Vale-Gás ainda será 100% equivalente a um botijão de gás de 13 kg.

Vale-Gás

O programa intitulado “Gás dos Brasileiros” foi aprovado em 22 de novembro de 2021 pelo presidente Jair Bolsonaro e tem validade de 5 anos. Visa mitigar os efeitos econômicos causados ​​pelo aumento do preço do gás para as famílias mais carentes.

Assim, como de costume nas iniciativas sociais, o benefício Vale Gás abrange as famílias cadastradas no Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). Considerando que as preferências de pagamento são dadas às mulheres responsáveis ​​pela família e vítimas de violência doméstica.

Como se inscrever para receber o Vale-Gás?

Resumindo, não é necessário cadastro para receber o Vale-Gás. Portanto, o interessado deve solicitar o cadastramento no Centro de Assistência Social (CRAS). No entanto, a recepção não é garantida.

Vale ressaltar que atualmente cerca de 5 milhões de famílias recebem o benefício. Portanto, apenas uma em cada quatro famílias tem direito ao Vale-Gás e ao Auxílio Brasil.

 

%d blogueiros gostam disto: