×

Clareza sobre o Auxílio Gás do mês 09: Por que não foi depositado?

Auxílio Gás

Clareza sobre o Auxílio Gás do mês 09: Por que não foi depositado?

O Governo Federal deu início a mais uma rodada de repasses do Bolsa Família, que segue o mesmo cronograma de pagamentos do Auxílio Gás.

No entanto, apesar da aparente conexão entre esses dois benefícios, o auxílio para custeio de um botijão de gás de 13kg não está programado para o mês de setembro.

O Auxílio Gás não é disponibilizado mensalmente, mas sim a cada dois meses, ou seja, após os pagamentos em agosto, os próximos ocorrerão na segunda quinzena de outubro, mais precisamente entre os dias 18 e 31.

Auxílio Gás

Mas afinal, quem tem direito ao Auxílio Gás?

Além do intervalo entre os pagamentos, outra característica que diferencia o Auxílio Gás do Bolsa Família e de outros benefícios mensais é a sua elegibilidade.

O auxílio, que é de valor menor em comparação com o benefício de R$ 600, destina-se a lares que atendem aos seguintes critérios:

  1. Renda mensal por pessoa igual ou inferior a meio salário mínimo (R$ 660);
  2. Inscrição no Cadastro Único (CadÚnico).

Além disso, o Auxílio Gás também é concedido a famílias que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC), e as mulheres vítimas de violência doméstica com medidas protetivas de urgência têm prioridade.

O valor do benefício de outubro já está disponível?

Outra particularidade do Auxílio Gás é o valor concedido a cada família, que é calculado com base em dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) e pode variar de um mês para outro, resultando em um aumento ou redução do valor a cada dois meses.

Portanto, em junho, o benefício foi de R$ 109, beneficiando 5,62 milhões de famílias. Posteriormente, em agosto, 5,63 milhões de lares receberam R$ 108.

Auxílio Gás

É importante ressaltar que os beneficiários devem aguardar informações adicionais sobre os pagamentos de outubro, com exceção do cronograma, que já foi divulgado pelo governo:

Final do NIS Data de pagamento
1 18/10
2 19/10
3 20/10
4 23/10
5 24/10
6 25/10
7 26/10
8 27/10
9 30/10
0 31/10
Fonte: Governo Federal

Beneficiários do Bolsa Família devem atualizar cadastro ou correrão o risco de perder o benefício

O Auxílio Gás é um programa do governo federal que tem como objetivo fornecer um suporte financeiro às famílias de baixa renda para ajudar a cobrir os gastos com a compra de gás de cozinha, um item essencial na vida cotidiana.

Esse auxílio foi implementado como uma resposta às dificuldades enfrentadas por muitas famílias brasileiras para adquirir o gás de cozinha, cujo preço pode variar consideravelmente e impactar o orçamento doméstico.

Uma das principais características desse benefício é o fato de ser pago a cada dois meses, o que o torna diferente de outros programas sociais que fornecem assistência financeira mensalmente, como o Bolsa Família.

A quantia do Auxílio Gás é variável e depende de fatores como o preço médio do botijão de gás no período e a composição da família.

Para ser elegível ao Auxílio Gás, a família deve atender a critérios específicos, como ter uma renda mensal por pessoa igual ou inferior a meio salário mínimo (R$ 660) e estar inscrita no Cadastro Único (CadÚnico), que é uma ferramenta do governo para identificar e registrar informações sobre famílias de baixa renda.

Além disso, o benefício é estendido a famílias que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC) e também dá prioridade às mulheres vítimas de violência doméstica que estejam sob medidas protetivas de urgência.

É importante destacar que o valor do Auxílio Gás pode variar de acordo com a política de preços do gás de cozinha, que é influenciada por diversos fatores, como a cotação internacional do petróleo e a taxa de câmbio.

Portanto, a quantia exata a ser recebida pelas famílias pode flutuar a cada dois meses, conforme o governo atualiza os valores com base nessas variáveis.

O governo federal geralmente anuncia o cronograma de pagamento do Auxílio Gás com antecedência, permitindo que os beneficiários saibam quando podem esperar receber o auxílio.

Essa programação ajuda as famílias a se planejarem melhor em relação às suas despesas domésticas.

Em resumo, o Auxílio Gás é uma medida importante para aliviar o custo do gás de cozinha para famílias de baixa renda no Brasil, e seu cronograma de pagamento e valores são ajustados periodicamente para refletir as condições econômicas e os preços do gás no país.

Acesse: Meu Bolsa Família