Banco Safra

Banco Safra liberou o crédito consignado do Auxílio Brasil? Saiba mais

O empréstimo do Auxílio Brasil continua apresentando muitas incertezas para seus beneficiários, principalmente no que diz respeito aos bancos participantes.

Com a publicação das regras do crédito salarial em setembro, muitos bancos não gostaram dessa proposta e decidiram não atender a linha de crédito.

Um desses bancos é o Banco Safra, que no dia 30 de setembro divulgou em suas redes oficiais informações sobre sua não participação na modalidade.

A instituição afirmou em nota oficial:

“Sobre o Empréstimo Consignado Auxílio Brasil, informamos que o Ministério da Cidadania publicou a Portaria MC nº 816, regulamentando as regras sobre o produto e trazendo algumas disposições específicas que são diferentes das condições em que sua proposta de crédito foi realizada, sendo necessário o cancelamento da referida proposta. Informamos que, neste momento, não serão realizadas novas propostas ou operações.

Importante: Reiteramos que nenhuma operação de crédito foi realizada em nome do cliente. O benefício Auxílio Brasil não foi bloqueado pela Safra Financeira e poderá ser livremente utilizado pelo seu titular, inclusive para a contratação de operação em outras instituições, caso seja de seu interesse.”

O Banco Safra despontou como uma das principais instituições financeiras na concessão de crédito consignado. Fizeram até pré-contratos e simulados, mas com a decisão tudo mudou.

Principais informações a respeito do empréstimo do Auxílio Brasil

A família pode solicitar um empréstimo desde que o benefício não seja bloqueado ou cancelado. Como a folha de pagamento é retirada diretamente do Auxílio Brasil, o beneficiário deve estar em dia com o programa.

O responsável pela família deve solicitar o empréstimo consignado Auxílio Brasil, sendo necessário selecionar um dos bancos participantes e analisar a melhor oferta. O beneficiário pode usar 40% sobre a média de R$ 400.

Como o valor considerado é de R$ 400, R$ 600 são válidos até dezembro, o valor máximo da parcela é de aproximadamente R$ 160. Além disso, foi estabelecido um número máximo de parcelas de 24.

De acordo com as regras publicadas na Portaria nº 816, as instituições participantes não podem cobrar juros acima de 3,5%.

Situação dos bancos com o Auxílio Brasil

  • Caixa Econômica Federal: A instituição oferece à taxa de 3,45% ao mês, que pode ser feito por meio do Caixa Tem ou em um de seus postos de atendimento.
  • Pintos S/A Créditos: o empréstimo tem uma taxa de juro de 2,89%, o contrato só pode ser celebrado pessoalmente.
  • QI Sociedade de Crédito S/A: a instituição oferece empréstimo consignado em parceria com a fintech Meu Tudo com taxa de juros de 3,39% ao mês. É possível simular e consultar através do site da plataforma.
  • Banco Pan: o banco realiza apenas para quem já fez o pré-cadastro.
%d blogueiros gostam disto: