Pular para o conteúdo

Beneficiários do Bolsa Família podem receber desconto na conta de água; veja como

Bolsa Família

Os beneficiários do Bolsa Família têm a oportunidade de desfrutar de diversos benefícios além dos pagamentos mensais fornecidos pelo programa.

Neste contexto, os moradores do município de Montadas (PB) têm a opção de buscar descontos na conta de água através da tarifa social.

Para solicitar esse desconto, é necessário comparecer pessoalmente à CAGEPA, localizada no antigo Banco do Brasil.

Para isso, são exigidos documentos pessoais, comprovante de residência, conta de água, cartão do Bolsa Família e extrato de pagamento. O horário de atendimento é das 8h30 às 17h30, nas quartas e quintas-feiras.

Essa medida foi introduzida pelo governo estadual através da Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (CAGEPA), com o intuito de prestar assistência a pessoas que enfrentam vulnerabilidade socioeconômica.

Similarmente, a mesma possibilidade se estende às contas de energia elétrica, através da Energisa.

Benefícios do Bolsa Família

Atualmente, o Bolsa Família beneficia mais de 20 milhões de famílias em todo o território nacional. O novo formato do programa inclui benefícios adicionais, além do valor mínimo estabelecido em R$ 600, com o propósito de assegurar uma distribuição mais equitativa dos auxílios, de acordo com a composição familiar dos cidadãos brasileiros beneficiados. A seguir, apresentamos os detalhes desses benefícios:

  • R$ 142 por pessoa da família;
  • R$ 150 destinados a crianças com menos de sete anos de idade;
  • R$ 50 para crianças e adolescentes entre sete e 18 anos;
  • R$ 50 alocados para gestantes;
  • R$ 50 concedidos a lactantes.

Vale ressaltar que esses valores são acumulativos, o que significa que uma família pode aumentar consideravelmente o montante total de seu benefício ao agregar essas parcelas adicionais.

Essa reestruturação do programa busca atender às necessidades específicas de cada grupo familiar, considerando a diversidade de idades e estágios de vida.

Dessa forma, o Bolsa Família não apenas oferece um auxílio financeiro vital, mas também contribui para abordar as diferentes demandas das famílias em situação de vulnerabilidade socioeconômica.

Quem tem direito ao Bolsa Família?

O Bolsa Família abrange os brasileiros que possuem uma renda mensal per capita de até R$ 218. É importante notar que esse limite foi ampliado, uma vez que anteriormente estava fixado em R$ 210.

Para ser beneficiado, é essencial estar devidamente cadastrado no Cadastro Único, com todas as informações atualizadas.

A partir dessa inscrição atualizada, o governo tem a capacidade de efetuar os pagamentos de forma mensal.

Esses repasses são liberados através do Caixa Tem, durante os últimos dez dias úteis de cada mês. Para identificar a data precisa, é necessário levar em consideração o Número de Identificação Social (NIS) final atribuído a cada beneficiário.

Novo Cartão de Crédito do Bolsa Família Agora Disponível para Beneficiários do Programa

O Bolsa Família desempenha um papel crucial no apoio às famílias brasileiras em situação de vulnerabilidade econômica, oferecendo um suporte financeiro que contribui para o combate à pobreza e à desigualdade.

O aumento do limite de renda mensal per capita para R$ 218 demonstra um esforço do governo em ampliar o alcance do programa e abranger um número maior de famílias que necessitam desse auxílio.

O Cadastro Único se revela como um instrumento fundamental para identificar e selecionar as famílias elegíveis para o programa.

Manter essas informações sempre atualizadas é crucial para garantir que aqueles que realmente precisam sejam contemplados e para evitar possíveis distorções no processo de distribuição dos benefícios.

A disponibilização dos pagamentos através do Caixa Tem trouxe mais eficiência e praticidade ao processo.

Essa abordagem digital permite que as famílias acessem seus benefícios de forma rápida e segura, eliminando muitas das barreiras associadas ao saque físico em agências bancárias.

A segmentação dos pagamentos nos últimos dez dias úteis de cada mês, baseados no Número de Identificação Social (NIS), ajuda a criar um cronograma claro para os beneficiários.

Isso permite que eles se preparem adequadamente para receber os pagamentos, ajudando a gerenciar suas finanças de maneira mais eficiente.

No âmbito mais amplo, o Bolsa Família reflete o compromisso do governo em garantir a inclusão social e a melhoria das condições de vida das famílias mais necessitadas.

Essa iniciativa não apenas alivia as dificuldades financeiras imediatas, mas também pode ter um impacto positivo duradouro, ao contribuir para o desenvolvimento socioeconômico dessas famílias e para a construção de um futuro mais próspero para o país como um todo.