Pular para o conteúdo

Beneficiários que Receberão Antecipação de R$ 600 do Bolsa Família?

Bolsa Família

O Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS), órgão responsável pelos programas sociais do governo federal, concluiu os pagamentos referentes a julho do novo Programa Bolsa Família no último fim de semana.

Agora, os beneficiários estão curiosos para saber quando ocorrerá a próxima rodada de pagamentos e se haverá repasses já na próxima segunda-feira, dia 7 de agosto.

No entanto, é importante esclarecer que os pagamentos do novo programa de transferência de renda acontecem sempre durante a última quinzena de cada mês, mais precisamente nos últimos dez dias úteis desse período.

Nesse intervalo, as quase 21 milhões de famílias beneficiárias são divididas em dez grupos, de acordo com o último dígito do Número de Identificação Social (NIS) de cada família, variando de 1 a 0. Cada grupo recebe o pagamento em um dos dias definidos pelo calendário.

Antecipação do Bolsa Família de R$ 600 ?

Sendo assim, é seguro afirmar que não ocorrerão antecipações no âmbito do novo Programa Bolsa Família nesta segunda-feira. Isso se baseia no calendário oficial previamente divulgado pelo governo, que estabelece que os pagamentos referentes à rodada de agosto do programa terão início em 18 de agosto e continuarão até o último dia do mês, ou seja, 31 de agosto.

Essas datas variam de acordo com o último dígito do Número de Identificação Social (NIS) de cada família. Consulte as datas no trecho abaixo:

  • NIS de final 1 – depósito na conta em 18 de agosto;
  • NIS de final 2 – depósito na conta em 21 de agosto (valores serão disponibilizados no sábado, dia 19/08);
  • NIS de final 3 – depósito na conta em 22 de agosto;
  • NIS de final 4 – depósito na conta em 23 de agosto;
  • NIS de final 5 – depósito na conta em 24 de agosto;
  • NIS de final 6 – depósito na conta em 25 de agosto;
  • NIS de final 7 – depósito na conta em 28 de agosto (valores serão disponibilizados no sábado, dia 26/08);
  • NIS de final 8 – depósito na conta em 29 de agosto;
  • NIS de final 9 – depósito na conta em 30 de agosto;
  • NIS de final 0 – depósito na conta em 31 de agosto.

No entanto, três outras antecipações ao longo do calendário estão programadas para os pagamentos do novo Programa Bolsa Família em agosto.

A primeira e a segunda antecipações consistem em ajustes pontuais de apenas dois dias para beneficiar famílias com os dígitos finais do NIS 2 e 7.

Originalmente agendados para receberem nos dias 21 e 28 de agosto, esses beneficiários agora receberão seus pagamentos nos sábados, ou seja, nos dias 19 e 26 de agosto, respectivamente.

É válido lembrar também que uma terceira antecipação beneficiará as famílias residentes em municípios impactados por chuvas intensas ou ventos fortes, os quais declararam oficialmente estado de emergência ou calamidade pública, conforme reconhecimento pelo Ministério da Integração e Desenvolvimento Regional (MIDR).

Nestes cenários, essas famílias terão permissão para sacar os valores já no primeiro dia da rodada, ou seja, em 18 de agosto, independentemente do dígito final do NIS de cada uma.

Bolsa Família de agosto será de R$600?

Exceto por algumas exceções, como famílias que aderiram ao empréstimo consignado no antigo Programa Auxílio Brasil ou aquelas que foram incluídas na Regra de Proteção do novo Programa Bolsa Família, resultando em um benefício reduzido pela metade, as diretrizes do programa social asseguram que a grande maioria dos beneficiários receberá, no mínimo, R$600 em agosto.

Isso se deve ao fato de que a nova estrutura de benefícios do programa de transferência de renda, que entrou em vigor em agosto, continua em aplicação.

Consequentemente, cada membro do núcleo familiar receberá um montante de R$142 nesta próxima rodada do programa.

Para famílias compostas por até quatro integrantes, ainda será acrescido o Benefício Complementar, a fim de alcançar o valor mínimo estipulado.

Adicionalmente, no mês de agosto, as famílias também contarão com um suplemento de R$150 para crianças menores de seis anos, um incremento de R$50 para gestantes e mais R$50 para crianças ou adolescentes entre sete e dezoito anos.

Por fim, o recém-lançado programa Auxílio Gás também proporcionará aproximadamente R$110 a algumas das famílias atendidas pelo novo Programa Bolsa Família.