×

Benefício do Bolsa Família de setembro iniciaram: Consulte o calendário completo de pagamentos

Bolsa Família

Benefício do Bolsa Família de setembro iniciaram: Consulte o calendário completo de pagamentos

Os Pagamentos do Bolsa Família de Setembro Iniciaram na Segunda-feira, com Antecipação para Cidades Atingidas pelo Ciclone no Rio Grande do Sul.

O Bolsa Família de setembro começa a ser pago na segunda-feira, dia 18, beneficiando aqueles com NIS de final 1 e também todas as famílias que residem em cidades afetadas pelo ciclone no Rio Grande do Sul, independentemente do número final do NIS.

O anúncio dessa antecipação foi feito no domingo, dia 17, pelo governo e pela Caixa Econômica Federal, a instituição responsável pelos pagamentos do benefício.

O programa Bolsa Família passou por diversas modificações desde seu anúncio à população, trazendo surpresas a cada mês.

Quem tem direito ao Bolsa Família em 2023?

Bolsa Família

Atualmente, cerca de 21 milhões de famílias recebem o benefício do Bolsa Família. Os depósitos são realizados em dias úteis, seguindo a ordem do número final do NIS.

No entanto, aqueles que recebem há mais tempo sabem que os pagamentos previstos para segunda-feira podem ser antecipados para o sábado anterior.

Condicionalidade de Renda

Para ter direito ao Bolsa Família, a renda mensal de cada membro da família deve ser, no máximo, R$ 218.

Por exemplo, se um membro da família recebe um salário mínimo de R$ 1.320, e a família tem 6 membros, a renda de cada um é de R$ 217.

Como isso está abaixo do limite permitido de R$ 218 por pessoa, a família tem direito ao benefício.

Condicionalidade de Saúde e Educação

Além da condicionalidade de renda, as famílias que recebem o benefício ou desejam entrar na lista de beneficiários do Bolsa Família devem cumprir critérios de saúde e educação, como manter a vacinação em dia, fazer pesagens e medidas das crianças, garantir a frequência escolar e, no caso de gestantes, realizar o pré-natal completo nas unidades básicas de saúde.

Inscrição no Cadastro Único

Para receber o benefício, a família deve estar inscrita no Cadastro Único, com os dados corretos e atualizados.

O cadastramento é feito nos postos de atendimento da assistência social dos municípios. O responsável pela família deve apresentar os documentos pessoais de todos os membros que vivem no mesmo local.

No entanto, mesmo com a inscrição no Cadastro Único, a entrada no programa Bolsa Família não é imediata.

Mensalmente, o programa identifica automaticamente as famílias que serão incluídas na lista de pagamentos.

Portanto, é necessário aguardar em uma fila de espera e esperar o chamado do Ministério do Desenvolvimento Social.

Para verificar se foram aprovados, as famílias devem aguardar uma comunicação pelo correio, pelo aplicativo do Bolsa Família ou pela Central de Atendimentos da Caixa, informando que foram selecionados para participar.

Se estiverem na fila de espera e não receberem nenhum comunicado, o responsável pela família deve procurar o CRAS mais próximo ou o Setor responsável pelos benefícios sociais de sua cidade para obter esclarecimentos.

Calendário de Pagamentos

O dia tão esperado chegou! Na segunda-feira, dia 18 de setembro, começam oficialmente os pagamentos do programa Bolsa Família, seguindo o calendário oficial divulgado pelo governo.

No entanto, foi anunciado pelo MDS no último domingo, dia 17, que todos os beneficiários das cidades afetadas pelo ciclone no Rio Grande do Sul receberão o benefício antecipadamente.

Para os demais, os valores são depositados de acordo com o número final do NIS:

  • NIS de final 1: pagamento dia 18.
  • NIS de final 2: pagamento dia 19.
  • NIS de final 3: pagamento dia 20.
  • NIS de final 4: pagamento dia 21.
  • NIS de final 5: pagamento dia 22.
  • NIS de final 6: pagamento dia 25, podendo ser antecipado para o dia 23.
  • NIS de final 7: pagamento dia 26.
  • NIS de final 8: pagamento dia 27.
  • NIS de final 9: pagamento dia 28.
  • NIS de final 0: pagamento dia 29.

As famílias que recebem o benefício pelo aplicativo Caixa Tem, em conta Poupança Social Digital, continuarão a movimentar o benefício pelo aplicativo.

Valores para setembro

Em relação aos valores, a portaria que estabeleceu novas regras para o programa Bolsa Família em 2023 incluiu a cesta de benefícios que as famílias beneficiárias do programa têm direito a receber, considerando a composição familiar. Esta cesta inclui:

  • O Benefício Primeira Infância, que fornece um adicional de R$ 150 para crianças de 0 a 6 anos.
  • O Benefício Variável Familiar, que concede um adicional de R$ 50 para gestantes, lactantes, crianças e adolescentes com idades entre 7 e 18 anos incompletos.
  • O Benefício de Renda e Cidadania, que garante o valor mínimo de R$ 142 por membro da família.
  • O Benefício Complementar, concedido às famílias cuja soma dos valores por membro da família não atinge R$ 600. Esse benefício assegura a diferença para que a família receba o valor mínimo fornecido pelo programa, que é de R$ 600.

A Conta MEI no C6 Bank: Uma Solução Financeira Completa para Empreendedores.

Atualização do Cadastro

É crucial lembrar da importância de manter o cadastro atualizado nas datas indicadas. Sempre que o Ministério do Desenvolvimento Social enviar um comunicado solicitando a atualização, é fundamental respeitar o prazo estabelecido.

Caso contrário, o Bolsa Família poderá ser bloqueado, cancelado ou suspenso, tornando o processo para retomar os pagamentos burocrático.

Portanto, é essencial manter as informações atualizadas e fornecer dados verdadeiros.

Acesse: Meu Bolsa Família