×

Benefícios do INSS: Redução do Tempo Médio de Concessão para 43 Dias

INSS

Benefícios do INSS: Redução do Tempo Médio de Concessão para 43 Dias

Em uma significativa melhoria nos processos de concessão de benefícios pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), o Tempo Médio de Concessão (TMC) líquido registrou uma considerável redução.

Alcançando 43 dias em março, número este abaixo do prazo legal de 45 dias. Tal progresso surge como um alento para milhares de brasileiros dependentes das agilidades desses serviços.

Além da diminuição no TMC, o total de requisições pendentes de análise evidenciou uma notável queda, passando de 1.569.602 em janeiro para 1.447.754 em março.

Esta evolução representa uma luz no fim do túnel para os que aguardam resposta de seus pedidos de aposentadoria, pensão, salário-maternidade e auxílios.

O que contribuiu para a redução no tempo de análise do INSS?

INSS

Uma série de iniciativas estratégicas têm sido implementadas pelo Ministério da Previdência Social e pelo INSS, com o intuito de otimizar a análise e concessão dos benefícios.

A adoção do Atestmed e a simplificação dos processos no portal Meu INSS estão entre as ações realizadas para enfrentar o acúmulo de pedidos.

Como a parceria com os Correios está facilitando o processo?

No cerne dessas iniciativas está um projeto-piloto inovador em colaboração com os Correios, possibilitando a recepção do Atestmed, marcado para expandir seu alcance após um início promissor em Fortaleza (CE).

A próxima etapa, prevista para ocorrer de 15 a 19 de abril em Aracaju (SE), vem repleta de expectativas para acelerar os processos e beneficiar um número ainda maior de cidadãos.

Impacto em números:

  • Tempo Médio de Concessão (TMC) líquido reduzido para 43 dias em março.
  • Queda no total de pedidos pendentes de 1.569.602 para 1.447.754.
  • Redução de requerimentos em análise administrativa de 999.356 para 966.899.
  • Mais de 1 milhão de novos pedidos mensais no INSS.

Entre para o nosso grupo no facebook! MEU INSS

Quais são os próximos passos?

Visando dar continuidade ao progresso alcançado até o momento, estratégias adicionais, como mutirões de atendimento e ampliação da parceria com os Correios para outras regiões, já estão em vista.

Estas medidas destacam o comprometimento das entidades envolvidas em oferecer um serviço mais eficiente e acessível à população.

Para mais informações e atualizações, fique atento às redes oficiais do INSS disponíveis nos principais canais de comunicação social.

INSS: Qual é a idade exigida para mulher se aposentar?