×

Bolsa Família 2024: saiba tudo sobre o reajuste do benefício

Bolsa Família

Bolsa Família 2024: saiba tudo sobre o reajuste do benefício

O Bolsa Família é um programa de transferência de renda que atende milhões de famílias brasileiras em situação de pobreza e extrema pobreza. O valor médio do benefício é de R$ 192,00 por família, mas pode variar de acordo com a composição familiar, a renda e a idade dos membros.

Em 2023, o governo federal anunciou um aumento de 50% no valor do Bolsa Família, que passou a vigorar em novembro do mesmo ano. Esse foi o maior reajuste da história do programa, que não sofria alterações desde 2018.

Mas o que esperar para 2024? O Bolsa Família 2024 terá um novo reajuste já em janeiro? Quais são as condições para receber o benefício? Como se cadastrar ou atualizar os dados no programa? Neste artigo, vamos responder essas e outras perguntas sobre o Bolsa Família 2024.

Acompanhe!

O que é o Bolsa Família?

Bolsa Família

O Bolsa Família é um programa social criado em 2003, que unificou e ampliou outros programas de transferência de renda, como o Bolsa Escola, o Bolsa Alimentação e o Auxílio Gás.

O objetivo do programa é combater a pobreza e a desigualdade social, garantindo o acesso à educação, à saúde e à alimentação das famílias beneficiárias.

O Bolsa Família é considerado um dos maiores programas de transferência de renda do mundo, e um dos mais bem-sucedidos na redução da pobreza e da fome.

Segundo dados do Ministério do desenvolvimento social, o programa atende cerca de 14,7 milhões de famílias, que representam mais de 40 milhões de pessoas.

Quem tem direito ao Bolsa Família 2024?

Para ter direito ao Bolsa Família 2024, é preciso atender aos seguintes requisitos:

  • Ter renda familiar mensal de até R$ 218,00 por pessoa (para famílias em situação de pobreza) ou de até R$ 89,00 por pessoa (para famílias em situação de extrema pobreza);
  • Ter em sua composição gestantes, crianças ou adolescentes de até 17 anos, ou nutrizes (mães que amamentam);
  • Estar inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), com os dados atualizados nos últimos dois anos;
  • Cumprir as condicionalidades do programa, que são compromissos nas áreas de saúde e educação.

Quais são os tipos e os valores dos benefícios do Bolsa Família?

O Bolsa Família é um programa de transferência de renda do governo federal que atende a famílias em situação de pobreza e extrema pobreza. O programa foi criado em 2003 e, desde então, já beneficiou mais de 100 milhões de famílias brasileiras.

Em 2023, o Bolsa Família passou por uma reformulação, com a mudança do nome para Auxílio Brasil.

As principais mudanças foram:

  • O valor do benefício básico foi aumentado para R$ 600,00;
  • Foi criado o Benefício Primeira Infância, que paga R$ 150,00 por criança de até 6 anos de idade;
  • Foi criado o Benefício Composição Familiar, que paga R$ 50,00 por gestante ou lactante;
  • Foi criado o Benefício de Superação da Extrema Pobreza, que paga R$ 200,00 às famílias com renda per capita inferior a R$ 100,00.

Os tipos de benefícios do Bolsa Família 2023 são os seguintes:

  • Benefício Básico: pago a todas as famílias beneficiárias, com o valor de R$ 600,00 por família;
  • Benefício Primeira Infância: pago às famílias com crianças de até 6 anos de idade, com o valor de R$ 150,00 por criança;
  • Benefício Composição Familiar: pago às famílias com gestantes ou lactantes, com o valor de R$ 50,00 por gestante ou lactante;
  • Benefício de Superação da Extrema Pobreza: pago às famílias com renda per capita inferior a R$ 100,00, com o valor de R$ 200,00 por família.

O valor do benefício varia de acordo com a composição familiar e a renda per capita. Por exemplo, uma família com 4 pessoas, com renda per capita de R$ 150,00, receberá os seguintes benefícios:

  • Benefício Básico: R$ 600,00;
  • Benefício Primeira Infância: R$ 150,00 x 2 = R$ 300,00;
  • Benefício Composição Familiar: R$ 50,00 x 1 = R$ 50,00;

Total: R$ 1050,00.

Os benefícios do Bolsa Família são pagos mensalmente por meio da Caixa Econômica Federal.

Como se cadastrar ou atualizar os dados no Bolsa Família 2024?

Para se cadastrar ou atualizar os dados no Bolsa Família 2024, é preciso procurar o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) mais próximo de sua residência, e levar os seguintes documentos:

  • Documento de identificação de todos os membros da família (como RG, CPF, carteira de trabalho, certidão de nascimento ou casamento);
  • Comprovante de residência (como conta de luz, água ou telefone);
  • Comprovante de renda de todos os membros da família (como contracheque, declaração de imposto de renda, extrato bancário ou declaração de renda informal).

No CRAS, será feita a inscrição ou a atualização dos dados no Cadastro Único, que é o sistema que reúne as informações das famílias de baixa renda que podem participar de diversos programas sociais do governo federal, como o Bolsa Família, o Tarifa Social de Energia Elétrica, o Benefício de Prestação Continuada (BPC), entre outros.

O Cadastro Único deve ser atualizado sempre que houver alguma mudança na situação da família, como alteração de endereço, de renda, de composição familiar, ou a cada dois anos, mesmo que não haja nenhuma alteração.

Como receber o Bolsa Família 2024?

Para receber o Bolsa Família 2024, é preciso ter em mãos o Cartão Bolsa Família, que é enviado pelo correio para o endereço cadastrado no Cadastro Único, após a aprovação do benefício.

O cartão é de uso pessoal e intransferível, e deve ser desbloqueado antes do primeiro uso, por meio de uma ligação gratuita para o número 0800 726 0207.

O pagamento do Bolsa Família é feito mensalmente, de acordo com o Calendário Bolsa Família, que é divulgado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e pela Caixa Econômica Federal no início de cada ano.

O calendário leva em conta o último dígito do Número de Identificação Social (NIS), que está impresso no Cartão Bolsa Família, e determina a data em que o benefício fica disponível para saque.

O saque do Bolsa Família pode ser feito em qualquer agência da Caixa, em casas lotéricas ou em correspondentes Caixa Aqui, mediante a apresentação do Cartão Bolsa Família e de um documento de identificação com foto. O benefício fica disponível para saque por até 90 dias, após esse prazo, ele é devolvido ao governo.

Como consultar o saldo e o extrato do Bolsa Família 2024?

Para consultar o saldo e o extrato do Bolsa Família 2024, existem algumas opções:

  • Pelo aplicativo Caixa Tem, disponível para celulares Android e iOS, que permite acessar o saldo, o extrato, o calendário e outras informações sobre o Bolsa Família, além de possibilitar o pagamento de contas e boletos, e a realização de transferências e compras com o cartão de débito virtual;
  • Pelo aplicativo Bolsa Família, disponível para celulares Android e iOS, que permite consultar o saldo, o extrato, o calendário, as condicionalidades e outras informações sobre o programa;
  • Pelo site da Caixa, que permite consultar o saldo, o extrato, o calendário e outras informações sobre o Bolsa Família, mediante o preenchimento do NIS e da senha do Cartão Cidadão;
  • Pelo telefone 0800 726 0207, que permite consultar o saldo, o extrato, o calendário e outras informações sobre o Bolsa Família, mediante a digitação do NIS e da senha do Cartão Cidadão;
  • Pelo terminal de autoatendimento da Caixa, que permite consultar o saldo, o extrato, o calendário e outras informações sobre o Bolsa Família, mediante a inserção do Cartão Bolsa Família e da senha do Cartão Cidadão.

O Bolsa Família terá reajuste já em janeiro de 2024?

A resposta para essa pergunta é: ainda não se sabe. O governo federal não confirmou nem descartou a possibilidade de um novo reajuste do Bolsa Família 2024, mas há alguns indícios de que podem indicar que o benefício pode ter um novo aumento em breve.

Vejamos alguns deles:

  • Inflação: a inflação é o aumento generalizado dos preços dos bens e serviços, que reduz o poder de compra da população. Em 2023, a inflação acumulada foi de 10,04%, segundo o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), o maior valor desde 2016. Isso significa que o dinheiro vale menos, e que o mesmo valor do Bolsa Família compra menos coisas do que antes. Por isso, é esperado que o governo faça um reajuste do benefício para compensar a perda do poder de compra das famílias beneficiárias.
  • Reforma tributária: a reforma tributária é um conjunto de mudanças na forma como o governo arrecada e distribui os impostos, que tem como objetivo simplificar, modernizar e tornar mais justo o sistema tributário brasileiro. Uma das propostas da reforma tributária é a criação de um imposto sobre grandes fortunas, que incidiria sobre o patrimônio de pessoas com mais de R$ 50 milhões. Esse imposto poderia gerar uma arrecadação de cerca de R$ 40 bilhões por ano, segundo estimativas, que poderiam ser usados para financiar programas sociais, como o Bolsa Família. Assim, se a reforma tributária for aprovada, o governo poderia ter mais recursos para aumentar o valor do Bolsa Família.

Como saber se o Bolsa Família terá reajuste em 2024?

A melhor forma de saber se o Bolsa Família 2024 terá reajuste é acompanhar as notícias oficiais do governo federal, do Ministério do desenvolvimento social e da Caixa Econômica Federal, que são os órgãos responsáveis pelo programa.

Esses órgãos costumam divulgar com antecedência qualquer mudança no valor ou nas regras do Bolsa Família, por meio de seus sites, redes sociais, aplicativos e canais de atendimento.

Além disso, é importante ficar atento aos boatos e às fake news que circulam na internet, que podem gerar confusão e falsas expectativas sobre o Bolsa Família.

Muitas vezes, essas informações falsas são usadas para enganar ou prejudicar os beneficiários do programa, por meio de golpes, vírus ou links maliciosos.

Por isso, antes de compartilhar ou acreditar em qualquer informação sobre o Bolsa Família, é recomendável verificar a fonte e a veracidade da mesma, e consultar os canais oficiais do governo.

O Bolsa Família é um programa de transferência de renda que beneficia milhões de famílias brasileiras em situação de pobreza e extrema pobreza, garantindo o acesso à educação, à saúde e à alimentação. Em 2023, o programa teve um aumento de 50% no valor do benefício, que passou a ser de R$ 192,00 por família em média.

Para 2024, ainda não há uma confirmação oficial sobre um novo reajuste do Bolsa Família, mas há alguns indícios de que isso pode acontecer, como a inflação e a reforma tributária.

Para saber se o Bolsa Família 2024 terá reajuste, é preciso acompanhar as notícias oficiais do governo, e ficar atento aos boatos e às fake news que podem gerar confusão e falsas expectativas.

Esperamos que este artigo tenha sido útil e informativo para você. Se você gostou, compartilhe com seus amigos e familiares, e deixe seu comentário abaixo. Obrigado pela leitura, e até a próxima!