Pular para o conteúdo

Bolsa Família Agosto: Calendário de Pagamento com Valor Extra – Confira os Beneficiários

Bolsa Família

Mais de 20 milhões de beneficiários do novo Programa Bolsa Família concluíram o recebimento dos pagamentos referentes à rodada de repasses de julho no último dia 31 de julho.

Agora, estão se preparando para as próximas parcelas que serão pagas em agosto, conforme o calendário oficial já disponibilizado. Esses pagamentos têm previsão de início no dia 18 do próximo mês.

De maneira geral, os valores transferidos aos beneficiários pelo Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, responsável pelo programa, devem ser bastante semelhantes às quantias do mês anterior. No entanto, há uma surpresa nesta rodada: a inclusão de um valor extra para algumas famílias.

Bolsa Família agosto: Valor extra e quem recebe

O montante adicional que acompanhará o benefício de agosto no âmbito do novo Programa Bolsa Família será repassado por meio do Programa Auxílio Gás dos Brasileiros.

Esse programa, que atende a cada dois meses as famílias em situação de vulnerabilidade social cadastradas no Cadastro Único (CadÚnico), disponibiliza uma quantia correspondente a 100% da média nacional dos últimos seis meses do valor do botijão de gás de 13 kg.

Em outras palavras, a cada bimestre, o programa concede o equivalente ao valor de um botijão de gás para as famílias carentes inscritas no CadÚnico.

No entanto, essa quantia é estabelecida com base na média mensal do preço do botijão, que varia mensalmente.

Portanto, é esperado que o montante recebido varie de uma rodada para outra. Em junho, o valor foi de R$110, e para este mês de agosto, a quantia a ser repassada deverá ser semelhante, situando-se entre R$100 e R$110.

De acordo com as diretrizes do benefício, têm direito ao acréscimo em agosto todas as pessoas inscritas no CadÚnico que possuem uma renda mensal de até meio salário mínimo (R$660) por indivíduo, o que abrange cerca de 40 milhões de famílias, incluindo aquelas beneficiadas pelo Programa Bolsa Família, que atende mais de 20 milhões.

Além disso, também são elegíveis famílias com membros que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC) e mulheres em situação de violência doméstica.

No entanto, o Ministério do Desenvolvimento Social alega não dispor de recursos suficientes para contemplar todos os elegíveis e, portanto, estabeleceu um sistema de priorização que seleciona cerca de seis milhões de famílias mensalmente para receberem o benefício.

Assim, somente aqueles que já receberam em junho terão acesso ao montante adicional de agosto, visto que não haverá inclusão de novas famílias neste momento.

Bolsa Família agosto: Calendário de pagamentos com valor extra

O adicional de valor referente a agosto, proveniente do Programa Auxílio Gás, será concedido em conjunto com o benefício do novo Programa Bolsa Família, utilizando os mesmos métodos de repasse e nos mesmos cronogramas.

Assim, o calendário a seguir, com as datas oficiais, é aplicável para o recebimento de ambas as assistências. Consulte todas as datas abaixo:

  • NIS de final 1 – depósito na conta em 18 de agosto;
  • NIS de final 2 – depósito na conta em 21 de agosto (valores serão disponibilizados no sábado, dia 19/08);
  • NIS de final 3 – depósito na conta em 22 de agosto;
  • NIS de final 4 – depósito na conta em 23 de agosto;
  • NIS de final 5 – depósito na conta em 24 de agosto;
  • NIS de final 6 – depósito na conta em 25 de agosto;
  • NIS de final 7 – depósito na conta em 28 de agosto (valores serão disponibilizados no sábado, dia 26/08);
  • NIS de final 8 – depósito na conta em 29 de agosto;
  • NIS de final 9 – depósito na conta em 30 de agosto;
  • NIS de final 0 – depósito na conta em 31 de agosto.

Adicionalmente, os beneficiários do mês de agosto também receberão um acréscimo de R$142 por pessoa, no caso de famílias compostas por cinco integrantes ou mais, ou o valor base de R$600, para famílias com quatro integrantes ou menos.

Além disso, haverá um complemento de R$150 para crianças de até seis anos, um acréscimo de R$50 para crianças e jovens entre sete e dezoito anos, e também um acréscimo de R$50 para gestantes.