Pular para o conteúdo

Bolsa Família AGOSTO: quem vai receber o aumento temporário assinado pelo Governo

Bolsa Família

Bolsa Família AGOSTO: quem vai receber o aumento temporário assinado pelo Governo. O governo federal confirmou o aumento do Auxílio Gás para 100% do valor no mês de junho, estendendo essa quantia para todos os meses em que o benefício for liberado.

Nesta publicação, informaremos quem receberá as parcelas do Bolsa Família e do Vale-Gás em agosto.

Após a assinatura da Medida Provisória nº 1.164 e a confirmação do Bolsa Família integral em junho, os beneficiários do programa passaram a receber novos valores e benefícios adicionais.

Entre as principais confirmações está a garantia de que o Auxílio Gás será pago em sua totalidade.

Para se qualificar ao Auxílio Gás em 2023, os interessados devem atender a alguns requisitos, os quais permanecem iguais aos de 2022.

Abaixo, detalhamos para vocês:

  1. Estar inscrito no Cadastro Único (CadÚnico);
  2. Apresentar renda familiar per capita mensal inferior a meio salário mínimo;
  3. Mulheres vítimas de violência têm prioridade no recebimento;
  4. Beneficiários do Benefício de Prestação Continuada (BPC) também podem receber.

Com essas medidas, o governo busca garantir maior suporte financeiro e proteção social para as famílias em situação de vulnerabilidade.

Como consultar meu Auxílio Gás e o Bolsa Família?

Para consultar o benefício através do CPF, explicamos como realizar o procedimento a seguir. O beneficiário pode realizar a consulta referente ao seu NIS no Bolsa Família utilizando o aplicativo do Cadastro Único (CadÚnico) ou acessando pelo aplicativo do próprio programa, que recentemente teve seu nome alterado.

Para acompanhar a situação pelo app do CadÚnico, basta acessar a aba “Meus Benefícios”. No caso do Bolsa Família, a consulta também é feita através do CPF. Os aplicativos estão disponíveis para download nas seguintes plataformas:

  • CadÚnico: disponível para Android e iOS;
  • Bolsa Família: também disponível para iOS e Android.

Além desses métodos, os beneficiários podem conferir o NIS através de dois cartões: o Cartão Cidadão e o cartão antigo do Auxílio Brasil.

Nos dois modelos, o número de identificação pode ser encontrado na frente, ao lado do nome do titular.

Dessa forma, o governo busca facilitar o acesso às informações sobre os benefícios sociais, proporcionando maior comodidade e agilidade aos beneficiários do programa Bolsa Família.

Calendário do Bolsa Família e do Auxílio Gás

Dígito final do NIS Data
1 18/08
2 21/08
3 22/08
4 23/08
5 24/08
6 25/08
7 28/08
8 29/08
9 30/08
0 31/08

Veja: Bolsa Família: Vitória dos Beneficiários com o Retorno do Consignado do Auxílio Brasil

O Bolsa Família é um programa social do governo federal brasileiro que visa auxiliar famílias em situação de vulnerabilidade, proporcionando um complemento de renda para garantir a segurança alimentar e o acesso a serviços básicos, como saúde e educação.

Para receber o benefício, as famílias precisam estar inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, conhecido como CadÚnico.

A consulta do benefício é uma etapa importante para que os beneficiários possam verificar se o pagamento está sendo realizado corretamente e se não há pendências ou atualizações necessárias em seus cadastros.

Antigamente, essa consulta era realizada através do NIS (Número de Identificação Social), um código de identificação atribuído a cada família inscrita no CadÚnico.

Porém, desde a mudança recente no programa, agora é possível fazer a consulta utilizando o CPF (Cadastro de Pessoa Física) do titular da família.

Para realizar a consulta do benefício pelo CPF, os beneficiários podem utilizar o aplicativo do CadÚnico ou o aplicativo do próprio Bolsa Família, ambos disponíveis para dispositivos Android e iOS.

Através desses apps, é possível acessar informações sobre os pagamentos, o calendário de benefícios, a situação do cadastro, entre outras funcionalidades.

Além da consulta pelo aplicativo, os beneficiários também têm a opção de verificar o NIS em dois cartões: o Cartão Cidadão e o cartão antigo do Auxílio Brasil.

Esse número é fundamental para a realização de transações e acessos a serviços sociais.

Com a digitalização dos processos e a disponibilidade dos aplicativos, o governo busca tornar o acesso aos benefícios sociais mais ágil, eficiente e transparente.

Isso facilita a vida dos beneficiários, pois podem acompanhar suas informações de forma rápida e prática, garantindo o recebimento correto dos recursos e permitindo a atualização dos dados sempre que necessário.

É importante ressaltar que o Bolsa Família é um programa sujeito a regras e critérios estabelecidos pelo governo, e a consulta do benefício através do CPF é mais uma forma de garantir a correta destinação dos recursos e a focalização do atendimento nas famílias que realmente precisam do auxílio social.

Em resumo, a possibilidade de consultar o Bolsa Família através do CPF, usando os aplicativos do CadÚnico e do próprio programa, representa um avanço na gestão dos benefícios sociais no Brasil, tornando o processo mais acessível e transparente para os beneficiários e contribuindo para a redução da pobreza e da desigualdade social no país.

Deixe uma resposta