Pular para o conteúdo

Bolsa Família: Busca Ativa beneficia mais de 1,3 milhão de famílias no programa

Bolsa Família

O Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social (MDS) anunciou a inclusão de 1,3 milhões de famílias, cadastradas no Busca Ativa, no programa de transferência de renda Bolsa Família.

Somente no mês de julho, aproximadamente 300 mil novas famílias serão beneficiadas pelo programa.

“O Busca Ativa é um passo fundamental na retomada do pacto federativo para a superação da pobreza. É fazer com que as demandas de quem mais precisa cheguem ao poder público”, destaca Leticia Bartholo, secretária da pasta.

Atualmente, o programa assistencial atende 20,9 milhões de famílias. O Busca Ativa é uma iniciativa do Governo Federal com o objetivo de reestruturar o Sistema Único de Assistência Social (SUAS).

Há previsão de repasse de cerca de R$ 3,5 bilhões por estados e municípios ao SUAS até o final do ano.

Com esses recursos, espera-se melhorar os atendimentos e ampliar a busca ativa das famílias em situação vulnerável.

Novo Bolsa Família tem aumento

O Bolsa Família é um programa de transferência de renda que tem como objetivo auxiliar famílias em situação de vulnerabilidade socioeconômica.

Para garantir esse suporte, o Governo Federal estabeleceu que as famílias beneficiadas devem receber um repasse mínimo de R$ 600, podendo aumentar caso se enquadrem em benefícios adicionais.

É importante destacar que o valor da parcela regular é calculado com base na composição familiar, sendo equivalente a R$ 142 por pessoa da família.

Ou seja, quanto maior o número de pessoas que vivem na mesma casa e compartilham da mesma renda, maior será o valor do repasse.

No entanto, é relevante mencionar que as famílias compostas por quatro ou menos pessoas não serão afetadas por essa regra.

Isso acontece porque, se recebessem de acordo com a composição familiar, teriam um repasse reduzido.

Para evitar essa situação, o governo estabeleceu que o benefício mínimo deve ser R$ 600, independentemente do número de pessoas na família.

Por outro lado, é essencial que os beneficiários que contrataram o empréstimo consignado do Auxílio Brasil fiquem atentos aos descontos que ainda são realizados na parcela regular do Bolsa Família.

Mesmo com as mudanças no programa de transferência de renda, os descontos de R$ 160 continuam ocorrendo.

Portanto, somente nesse caso específico, a parcela regular ficará abaixo do piso estabelecido.

Dessa forma, o programa busca proporcionar um apoio financeiro adequado às famílias mais vulneráveis, levando em consideração suas necessidades específicas.

Calendário do Bolsa Família de julho

A Caixa Econômica Federal (CEF) deu início, na terça-feira, ao repasse do Bolsa Família para milhões de brasileiros.

No primeiro dia do pagamento, em 18 de julho, foram contemplados os segurados com Número de Identificação Social (NIS) de final 1, bem como os segurados de Alagoas que vivem em municípios afetados pelas chuvas.

Na quarta-feira, o repasse prossegue, abrangendo os segurados com NIS de final 2. O pagamento seguirá de forma escalonada até o dia 31 de julho.

A seguir, apresentamos o calendário completo do Bolsa Família:

  • NIS de final 1: dia 18 de julho;
  • NIS de final 2: dia 19 de julho;
  • NIS de final 3: dia 20 de julho;
  • NIS de final 4: dia 21 de julho;
  • NIS de final 5: dia 24 de julho (antecipado para o sábado 22);
  • NIS de final 6: dia 25 de julho;
  • NIS de final 7: dia 26 de julho;
  • NIS de final 8: dia 27 de julho;
  • NIS de final 9: dia 28 de julho;
  • NIS de final 0: dia 31 de julho (antecipado para o sábado 29).

Para sacar o benefício, o segurado tem diversas opções disponíveis: ele pode dirigir-se a uma agência bancária, a uma casa lotérica ou utilizar um caixa eletrônico.

Além dessas alternativas, o valor também pode ser movimentado por meio do aplicativo do Caixa Tem, acessível tanto para dispositivos Android quanto iOS.

Esse aplicativo possibilita realizar transferências, efetuar pagamentos de contas e fazer recargas de celular, oferecendo ainda mais comodidade e praticidade aos beneficiários do programa.