Pular para o conteúdo

Bolsa Família de Agosto: Verificando a Aprovação do Benefício de R$ 710

Bolsa Família

O Bolsa Família de agosto já foi confirmado, garantindo aos beneficiários a possibilidade de receber uma parcela no valor de R$ 710, desde que estejam de acordo com os critérios estabelecidos.

Neste artigo, abordaremos quem tem direito a esse benefício, como efetuar o saque e como verificar a aprovação do mesmo.

Antes de tudo, é fundamental reiterar as regras de elegibilidade para o Bolsa Família. No mês de agosto, os beneficiários devem apresentar uma renda per capita mensal familiar de até R$ 218 e manter o Cadastro Único atualizado.

Diferentemente do mês anterior, o pagamento do Bolsa Família em agosto seguirá um formato alternativo, devido à reintrodução do Auxílio Gás. Isso resultará na liberação de uma parcela no valor de R$ 710 aos beneficiários.

Quanto às datas, o governo já divulgou o calendário completo do programa. Consulte as informações abaixo:

  • Final do NIS 1 – 18;
  • Final do NIS 2 – 21 (liberado dia 19/08);
  • Final do NIS 3 – 22;
  • Final do NIS 4 – 23;
  • Final do NIS 5 – 24;
  • Final do NIS 6 – 25;
  • Final do NIS 7 – 28 (liberado dia 26/08);
  • Final do NIS 8 – 29;
  • Final do NIS 9 – 30;
  • Final do NIS 0 – 31.

Consulta do Bolsa Família? Saiba como fazer

Existem diferentes maneiras de realizar a consulta ao Bolsa Família. A seguir, destacamos três métodos acessíveis aos beneficiários:

  1. Consulta pela Central da Caixa: Para utilizar este método, os beneficiários do Bolsa Família devem ligar para o número 111, correspondente ao atendimento do programa pela Caixa. Alternativamente, o Atendimento ao Cidadão também está disponível pelo número 0800 726 02 07.
  2. Consulta pelo WhatsApp da Caixa: Os beneficiários têm a opção de consultar informações através do WhatsApp da Caixa. Nesse canal, é possível obter detalhes sobre o Caixa Tem e as datas de liberação do auxílio. Basta adicionar o número 0800 104 0104 à lista de contatos para acessar essas informações.
  3. Portal Cidadão da Caixa: O Portal Cidadão da Caixa oferece a vantagem de visualizar tanto o valor total quanto os valores individuais de cada benefício liberado. Além do Bolsa Família, outros auxílios, como o Vale Gás e o abono salarial, também podem ser verificados na plataforma.

Para efetuar a consulta, o beneficiário deve acessar o site do Portal do Cidadão e realizar o login utilizando o seu CPF.

A senha utilizada é a mesma que foi definida para aplicativos como o Caixa Trabalhador ou o próprio Bolsa Família. Caso nunca tenha utilizado essas plataformas, será necessário fazer o cadastro inicial.

Confira: Quem Não Cumprir Este Procedimento Ficará Excluído do Bolsa Família em Agosto

O Bolsa Família é um programa social do governo brasileiro que visa auxiliar as famílias em situação de vulnerabilidade econômica, proporcionando um suporte financeiro mensal.

Ele desempenha um papel fundamental na redução da pobreza e na promoção da igualdade social, atingindo milhões de brasileiros em todo o país.

Para garantir a transparência e a acessibilidade aos beneficiários, o governo disponibiliza diferentes formas de consulta ao Bolsa Família.

Através da Central da Caixa e do Atendimento ao Cidadão, as pessoas podem obter informações diretamente por telefone, facilitando o acesso para aqueles que não possuem acesso regular à internet.

Além disso, a opção de consulta via WhatsApp oferece mais uma alternativa conveniente para os beneficiários obterem detalhes sobre seus pagamentos, datas de liberação e informações relacionadas ao programa.

A inclusão dessa plataforma de mensagens populares amplia ainda mais o alcance das informações.

O Portal Cidadão da Caixa é uma ferramenta online essencial, permitindo que os beneficiários visualizem os detalhes de seus benefícios de maneira centralizada.

Isso inclui não apenas o Bolsa Família, mas também outros programas e auxílios, como o Vale Gás e o abono salarial, proporcionando uma visão abrangente das ajudas disponíveis.

Com essas opções de consulta, os beneficiários têm a oportunidade de acompanhar seus benefícios de forma conveniente, garantindo que recebam o suporte necessário para enfrentar desafios econômicos.

O governo, por sua vez, reforça seu compromisso de tornar essas informações acessíveis e compreensíveis para todos, fortalecendo assim os esforços de combate à desigualdade e à pobreza no Brasil.