×

Bolsa Família deste mês de março: Calendário, Antecipação e Detalhes de Pagamento

Bolsa Família

Bolsa Família deste mês de março: Calendário, Antecipação e Detalhes de Pagamento

O Bolsa Família deste mês de março traz expectativas e dúvidas sobre o calendário de pagamentos, antecipações e quem será beneficiado.

Aqui estão todos os detalhes que você precisa saber.

Calendário de Pagamentos

O calendário de pagamentos para março já está definido, iniciando a partir do dia 15.

Os pagamentos do Bolsa Família são feitos exclusivamente pela Caixa Econômica Federal em agências, agências lotéricas ou caixas eletrônicos.

Os pagamentos ocorrem nos últimos 10 dias úteis de cada mês com base no final do número do NIS.

O Caixa Tem oferece diversos benefícios além do pagamento do Bolsa Família, como:

  • Abertura de conta digital gratuita
  • Transferências de dinheiro (TED e DOC)
  • Pagamento de contas e boletos
  • Recarga de celular
  • Compra de créditos para jogos online
  • Saque de dinheiro em caixas eletrônicos da Caixa

Outros serviços:

Antecipações Confirmadas

Haverá antecipações neste mês de março, trazendo alívio para muitas famílias. Já temos algumas cidades confirmadas que receberão de forma antecipada:

  • Estado de São Paulo: Bug Guaçu, Socorro e Sorocaba
  • Estado de Sergipe: Carira, Frei Paulo, Monte Alegre de Sergipe, Neópolis, Nossa Senhora da Glória, Porto da Folha e Tobias Barreto
  • Estado do Ceará: Arneiroz, Canindé, Catunda, Caucaia, Cedro, Crateús, Jaguaretama, Jaguaribe, Mombaça, Monsenhor Tabosa, Parambu, Pereiro, Tabuleiro do Norte e Tauá
  • Estado do Amapá: Macapá

Novas Antecipações Aguardadas

O Ministério do Desenvolvimento Social confirmou que novas cidades terão pagamento unificado para o dia 15. Aguarde atualizações para saber se sua cidade está na lista.

Verificação de Pagamento

A partir de hoje, os aplicativos do Caixa Tem e Bolsa Família começarão a ser atualizados para aqueles que estavam bloqueados.

Entre 2 e 4 de março, ocorrerá o processamento da folha de pagamentos, e a partir do dia 5, os aplicativos estarão disponíveis para consulta.

Lembre-se de verificar nos aplicativos ou contatar o Ministério do Desenvolvimento Social para confirmar se você está apto a receber o benefício neste mês.

Se você atualizou seu cadastro após 9 de fevereiro, é importante estar ciente de que seu benefício será bloqueado até abril.

Caso tenha sido bloqueado e ainda não tenha sido desbloqueado, verifique a possibilidade de reversão no CRAS.

Com todos esses detalhes, você poderá se preparar adequadamente para receber o Bolsa Família neste mês de março. Fique atento às atualizações e mantenha-se informado!

Benefícios do Bolsa Família

O adicional do Bolsa Família para mães solteiras, chamado de Benefício Variável Componente Mãe Solteira, pode chegar a R$ 200 por mês.

O valor exato depende da renda familiar e da idade dos filhos:

  • R$ 50 por mês para cada filho menor de 12 anos;
  • R$ 85 por mês para cada filho entre 12 e 18 anos;
  • R$ 120 por mês para cada filho com deficiência.

Requisitos para receber o adicional:

  • Ser mãe solteira, sem cônjuge ou companheiro;
  • Estar inscrita no CadÚnico;
  • Ter renda familiar por pessoa de até R$ 218,00;
  • Ter atualizado a situação cadastral no CadÚnico nos últimos 24 meses;
  • Manter a frequência escolar das crianças e adolescentes de 6 a 17 anos;
  • Cumprir as condicionalidades de saúde, como a vacinação das crianças e a participação em consultas pré-natal e acompanhamento do crescimento e desenvolvimento das crianças.

As parcelas pagas pelo programa são determinadas através de 6 benefícios, são eles:

  • Benefício Variável Familiar Nutriz: extra de R$ 50 pago para cada membro da família que tenha até sete meses incompletos (nutriz);
  • Benefício de Renda de Cidadania: paga R$ 142 para cada pessoa da família, de qualquer idade;
  • Benefício Complementar: é uma quantia adicional paga para as famílias cuja soma dos benefícios não atinja o valor mínimo de R$ 600, garantindo que a família receba a parcela mínima;
  • Benefício Primeira Infância: valor extra de R$ 150 pago para cada criança com idade entre zero e sete anos incompletos;
  • Benefício Variável Familiar: adicional de R$ 50 para gestantes e crianças e adolescentes com idade entre 7 e 18 anos incompletos;
  • Benefício Extraordinário de Transição: é válido para garantir que nenhuma família receba menos do que o valor que tinha direito no programa anterior (Auxílio Brasil). Será pago até maio de 2025.

Para saber se o seu Bolsa Família será liberado em março, preciso de mais informações sobre a sua situação.

Primeiro, é importante verificar se você se encontra em uma das seguintes situações:

  • Famílias com renda familiar per capita mensal de até R$ 600,00.
  • Famílias com renda familiar per capita mensal entre R$ 600,01 e R$ 1.200,00 que:
    • Possuam gestantes ou pessoas com menos de 21 anos em sua composição familiar;
    • Possuam adolescentes de 14 a 17 anos que estejam cumprindo medidas socioeducativas em meio aberto;
    • Possuam pessoas com deficiência de qualquer idade.

Segundo, é preciso verificar se você está com o seu cadastro no CadÚnico atualizado. O CadÚnico é o sistema do governo federal que reúne informações sobre as famílias de baixa renda no Brasil.

Para ter direito ao Bolsa Família, é preciso ter um cadastro ativo no CadÚnico.

Terceiro, é preciso verificar se você está cumprindo as condicionalidades do programa. As condicionalidades do Bolsa Família são requisitos que as famílias beneficiadas precisam cumprir para continuar recebendo o benefício.

As condicionalidades são divididas em:

  • Saúde:
    • Acompanhamento de saúde das crianças e adolescentes;
    • Vacinação das crianças e adolescentes;
    • Pré-natal e acompanhamento do parto para gestantes;
    • Exames preventivos para mulheres;
    • Participação em grupos de educação alimentar e nutricional.
  • Educação:
    • Frequência escolar de crianças e adolescentes de 6 a 17 anos;
    • Matrícula de crianças e adolescentes de 4 e 5 anos na educação infantil.

Se você se encontra em uma das situações acima e está com o seu cadastro no CadÚnico atualizado e cumprindo as condicionalidades do programa, então é possível que o seu Bolsa Família seja liberado em março.

Para ter certeza, você pode consultar o seu saldo no Caixa Tem ou no aplicativo do Bolsa Família.