×

Beneficiários do Bolsa Família obtêm oportunidade de renegociar bloqueios

Bolsa Família

Beneficiários do Bolsa Família obtêm oportunidade de renegociar bloqueios

Beneficiários do Bolsa Família obtêm oportunidade de renegociar bloqueios. O principal programa social do Brasil atualmente atende a mais de 21 milhões de famílias brasileiras, realizando pagamentos mensais mínimos de R$ 600.

Para se tornar beneficiário do Bolsa Família, é necessário cumprir certos critérios estabelecidos pelo Governo Federal, a fim de evitar bloqueios.

No entanto, há a possibilidade de reativação do benefício em caso de suspensões. Continue lendo para obter mais informações!

 Bolsa Família

Quais são os critérios para evitar o bloqueio do Bolsa Família?

O critério principal para se tornar beneficiário do Bolsa Família é a renda familiar, que não deve ultrapassar um quarto do salário mínimo. Em 2024, esse valor corresponde a R$ 353 por membro familiar.

Além disso, a família deve estar cadastrada no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) e realizar a inscrição de forma presencial em uma unidade do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS).

Portanto, a falta de atualização do cadastro é uma das situações que podem levar à exclusão do Bolsa Família.

O que fazer em caso de suspensão?

Se a atualização não ocorrer, a família pode ter o Bolsa Família bloqueado. Outra situação de risco é a irregularidade do CPF.

Recentemente, várias famílias tiveram o pagamento suspenso devido a essa situação. Para evitá-la, é necessário verificar a situação do CPF da seguinte maneira:

Acesse o site da Receita Federal; Selecione a opção “Meu CPF” e depois “Consultar CPF”; Informe o número do documento e a data de nascimento do titular; Clique em “Consultar” para gerar o comprovante de situação cadastral do CPF.

Caso a família tenha o Bolsa Família bloqueado, o responsável familiar deve procurar uma unidade do CRAS para entender o motivo por trás do bloqueio. No local, um assistente social irá orientá-lo sobre a melhor maneira de reverter a situação.

Entre para o nosso grupo no facebook! MEU INSS