CadÚnico

Cadastro Único ganha novo portal – Confira

Cadastro Único ganha um novo portal totalmente moderno. Até lá, mais de 20 bancos de dados federados estarão operando de forma integrada.

O CNIS coleta mais de 80 bilhões de registros administrativos como nascimentos, óbitos, identificação pessoal (como CPF) e as últimas informações do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) sobre renda, vínculo formal de emprego e benefícios previdenciários e assistenciais.

Em primeiro lugar, o novo portal terá um módulo para visualização das informações domiciliares cadastradas no Cadastro Único, combinadas com os dados fornecidos pelo CNIS.

Espera-se que o novo recurso ajude os administradores da cidade e os cidadãos ao entrevistar e coletar dados cadastrais, fornecendo dados de maior qualidade para famílias desfavorecidas.

Os municípios participaram do teste da ferramenta, promovido pela Secretaria Nacional do Cadastro Único do Ministério da Cidadania (Secad), e avaliaram positivamente a inovação.

De acordo com o Ministério da Cidadania, o Cadastro Único foi criado em 2001 como uma ferramenta para identificar e caracterizar as famílias de baixa renda e recebeu uma versão online desenvolvida pela CAIXA em 2010. Desde então, o sistema passou por algumas mudanças.

A atual estratégia de modernização do Cadastro Único atua em várias frentes, implantando um novo portal desenvolvido pela Dataprev, aprimorando aplicativos para smartphones e editando novas regulamentações para regular a gestão e o processo de uso de dados cadastrais dos usuários.

O sistema single sign-on operado pela CAIXA continuará funcionando normalmente. A transição para entrada e manutenção de dados domiciliares no novo portal acontecerá de forma gradual.

De acordo com uma pesquisa de agosto de 2022, o cadastro único possui mais de 38 milhões de domicílios cadastrados, representando aproximadamente 89,3 milhões de pessoas.

A iniciativa serve de base para a concessão e manutenção de benefícios em 28 programas federais, entre eles o Auxílio Brasil, o Preço Social da Energia Elétrica (TSEE) e o Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Aplicativo

Desenvolvido pela Dataprev para o Ministério da Cidadania, o aplicativo do Cadastro Único para smartphones já teve mais de 4 milhões de downloads e, também, ganhou novos ajustes em agosto.

A última atualização permite o preenchimento automático do endereço a partir do CEP durante a realização do pré-cadastro. Além disso, o cidadão agora consegue visualizar a sua identificação em todas as telas na barra superior do app, confirmando a identidade do usuário que está conectado.

Por meio do aplicativo, já foram realizados 650 mil pré-cadastros. O app também permite que o cidadão faça a atualização cadastral por meio da confirmação dos dados, quando não há nenhuma alteração nas informações prestadas anteriormente. Já são 402 mil atualizações por confirmação feitas pela ferramenta.

*** Com informações do Ministério da Cidadania.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: