Pular para o conteúdo

Caixa antecipa pagamento do Bolsa Família: Descubra quem tem direito à antecipação

  • por
Banco

A antecipação do pagamento do programa Bolsa Família pela Caixa Econômica Federal tem gerado discussões acerca de suas vantagens e possíveis impactos para os beneficiários.

Embora a medida ofereça a oportunidade de movimentar o dinheiro antes da data oficial, é importante analisar seus aspectos de forma crítica.

Segundo o anúncio da Caixa, os pagamentos do Bolsa Família ocorrerão nos últimos dez dias úteis do mês, como de costume.

No entanto, a regra de antecipação permitirá que os beneficiários com Número de Identificação Social (NIS) terminados em 1 e 6 recebam seus pagamentos em datas específicas, neste caso, nos dias 19 e 26 de junho, respectivamente.

Essa regra estabelece que os pagamentos agendados para segundas-feiras sejam antecipados para os sábados anteriores.

Dessa forma, os beneficiários com NIS final 1 poderão movimentar o dinheiro a partir do dia 17 de junho, enquanto aqueles com NIS final 6 poderão fazê-lo a partir do dia 24 do mesmo mês.

Uma das opções para realizar a movimentação antecipada dos pagamentos é o aplicativo Caixa Tem, disponível para dispositivos Android e iOS.

Através dessa plataforma, os beneficiários podem transferir o valor para outras contas, pagar contas e realizar outras operações financeiras.

No entanto, é importante ressaltar que essa regra de antecipação não é obrigatória, ou seja, o beneficiário não é obrigado a movimentar o pagamento de forma antecipada caso não deseje.

O valor continuará disponível na conta digital do beneficiário, que poderá realizar o saque do benefício em um ponto de atendimento presencial na data oficial de repasse.

Diante desse cenário, é fundamental considerar os prós e contras da antecipação do pagamento do Bolsa Família. Por um lado, a possibilidade de acessar os recursos mais cedo pode ser benéfica para os beneficiários que necessitam imediatamente dos valores. Além disso, a disponibilidade do aplicativo Caixa Tem oferece comodidade e facilidade nas transações financeiras.

Por outro lado, alguns beneficiários podem não se beneficiar diretamente dessa antecipação, já que não têm necessidade urgente dos recursos.

Além disso, a movimentação antecipada pode gerar gastos extras para os beneficiários, como taxas de transferência ou pagamentos de contas antes do vencimento.

Em resumo, a antecipação do pagamento do Bolsa Família pela Caixa Econômica Federal é uma medida que oferece benefícios e possíveis desvantagens aos beneficiários.

Cabe a cada um avaliar suas necessidades financeiras e decidir se a movimentação antecipada é a melhor opção, levando em consideração os prazos, taxas e condições envolvidas.

Calendário completo de pagamentos do Bolsa Família em junho: Confira as datas de recebimento

O pagamento do Bolsa Família continuará sendo realizado por meio do depósito na conta digital do Caixa Tem, seguindo um calendário escalonado de acordo com o último dígito do NIS (Número de Identificação Social).

Essa organização visa facilitar o processo de pagamento e garantir uma distribuição eficiente dos recursos aos beneficiários.

Para que você possa se programar adequadamente, apresentamos o calendário completo de pagamentos referente ao mês de junho:

  • NIS de final 1: dia 19 de junho (antecipado para o sábado 17);
  • NIS de final 2: dia 20 de junho;
  • NIS de final 3: dia 21 de junho;
  • NIS de final 4: dia 22 de junho;
  • NIS de final 5: dia 23 de junho;
  • NIS de final 6: dia 26 de junho (antecipado para o sábado 24);
  • NIS de final 7: dia 27 de junho;
  • NIS de final 8: dia 28 de junho;
  • NIS de final 9: dia 29 de junho;
  • NIS de final 0: dia 30 de junho.

Os beneficiários do Bolsa Família terão a facilidade de efetuar o saque dos seus pagamentos em diferentes locais, proporcionando-lhes mais opções e conveniência.

Para realizar o saque, os beneficiários podem dirigir-se a qualquer agência da Caixa Econômica Federal, a uma casa lotérica ou a um caixa eletrônico.

É importante ressaltar que é necessário estar em posse do cartão do Bolsa Família ou do cartão do Auxílio Brasil para efetuar o saque nessas modalidades.

No entanto, para aqueles que não possuem nenhum desses cartões, a Caixa Econômica Federal disponibiliza uma alternativa.

O saque também pode ser realizado por meio do cartão Cidadão, oferecido pelo próprio banco. Essa opção adicional garante que os beneficiários possam acessar os seus recursos mesmo sem possuírem o cartão específico do programa social.

Com essa variedade de opções de saque, a Caixa busca assegurar a comodidade e a acessibilidade dos beneficiários do Bolsa Família.

Dessa forma, os beneficiários têm a liberdade de escolher a forma mais conveniente para retirar o seu benefício, seja por meio de uma agência bancária, lotérica ou caixa eletrônico, e ainda têm a alternativa do cartão Cidadão para garantir o acesso aos recursos.

Caixa Econômica Federal realiza pagamento retroativo do Bolsa Família

A Caixa Econômica Federal está prestes a realizar o aguardado pagamento das parcelas retroativas do Bolsa Família, que estavam retidas durante o processo de averiguação cadastral do Cadastro Único (CadÚnico).

Essa medida trará alívio aos beneficiários que compareceram aos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) entre os dias 15 de abril e 19 de maio, conseguindo assim atualizar seus dados, pois poderão receber o Bolsa Família em junho, juntamente com as parcelas retroativas referentes aos meses de abril e maio.

O desbloqueio dos pagamentos retroativos está programado para o dia 23 de junho, e os valores serão liberados a partir do dia 27 do mesmo mês.

Para ter acesso ao montante, os beneficiários deverão comparecer a uma agência da Caixa Econômica Federal, portando o cartão do benefício e um documento original com foto válido.

É importante ressaltar que, no caso do saque das parcelas retroativas, não será possível realizar a transferência dos recursos por meio dos aplicativos disponíveis.

Para verificar se têm direito às parcelas retroativas e quais são os valores disponíveis para saque, os segurados podem utilizar os aplicativos do Caixa Tem e do Bolsa Família.

Além disso, essas informações também podem ser facilmente encontradas no aplicativo ou site do Cadastro Único e no Portal Cidadão da Caixa Econômica Federal.

No entanto, é relevante mencionar que todos esses canais estão passando por atualizações que se encerrarão na próxima sexta-feira, dia 16.

Com a iminência do pagamento das parcelas retroativas do Bolsa Família, a Caixa demonstra seu compromisso em regularizar a situação e garantir que os beneficiários recebam o auxílio devido.

Essa iniciativa é crucial para auxiliar as famílias em vulnerabilidade social e proporcionar-lhes condições mais dignas de vida.