CAIXA

CAIXA libera milhões no Consignado do Auxílio Brasil

A Caixa Econômica Federal informou na semana passada que havia concedido mais de 4,2 bilhões de reais em empréstimos consignados para mais de 1,6 milhão de beneficiários do Programa Auxiliar Brasileiro e, a partir desta semana, o banco deve aprovar milhões de novos contratos.

Isso porque, na última segunda-feira (24), o Tribunal de Contas da União (TCU) recomendou que o banco público suspenda o crédito consignado enquanto avalia documentos que comprovem que o crédito foi liberado de forma que não prejudique a conta. propósito.

Então, no dia seguinte (25), a Caixa suspendeu a liberação da remessa do Auxílio Brasil por 24 horas, logo após o novo prazo para notificar o recebimento aprovado do valor do empréstimo foi aumentado de 2 para 5 dias úteis.

Cadastro/aprovação pela Dataprev e Ministério da Cidadania com o objetivo de liberar a nova versão somente após o domingo das eleições e evitar possíveis problemas legais posteriormente.

Mas a eleição acabou, e deve haver muitos contratos divulgados pelos bancos esta semana, porque eles conseguirão completar o valor exigido em cinco dias úteis, e estima-se que milhões de famílias possam ser aprovadas. O valor emitido nesta nova onda de emissão.

Caixa voltará a aprovar no consignado do Auxílio Brasil

A Caixa informou em aviso no aplicativo do Caixa Tem que o novo prazo para liberação das remessas do Auxílio Brasil é de “até 5 dias úteis a partir da data de contratação, na conta em que recebe o benefício”, porém, esta sentença pode ser culpa do banco, pois de acordo com a regulamentação, o prazo só entra em vigor após o registro/aprovação da Dataprev e do Ministério da Cidadania.

Isso porque a empresa recebe uma solicitação do consignatário da Auxílio Brasil para fazer uma análise interna sem prazo definido e, caso a solicitação seja aprovada, será encaminhada à Dataprev e ao Ministério da Cidadania para verificar se tudo está de acordo com as normas . Definido nas regras, então, se tudo estiver correto, o empréstimo é registrado, que é outra aprovação, e somente após essa aprovação o prazo de cobrança começa a contar.

Empréstimo consignado do Auxílio Brasil na Caixa

Atualmente, os beneficiários do Programa Auxílio Brasil na Caixa podem assinar empréstimos em 26.000 entidades em todo o país, com mais de 4.000 agências, mais de 13.000 Casas Lotéricas e mais de 9.000 correspondentes Caixa Aqui, além da caixa de inscrição tem, com o seguinte condições:

  • Valor máximo da prestação será de até 40% do valor do benefício mensal de R$400, pois os R$600 são provisórios, portanto, a parcela será no valor máximo de R$160 ao mês;
  • Pagamento em até 24 vezes, ou seja, os descontos acontecerão durante dois anos;
  • Taxa de juros será de 3,45% ao mês, 0,05% a menos do que o teto de 3,5%, totalizando 50,23% ao ano;
  • O valor será depositado na mesma conta em que o beneficiário recebe o Auxílio Brasil, mas somente dois dias após a confirmação do empréstimo.

A Caixa informou ainda que disponibilizou páginas em seu site para perguntas e respostas sobre os embarques do Auxílio Brasil, além de uma página em seu site para educação financeira, que segundo dados fornecidos ao TCU, o banco já emprestou mais de 4,2 bilhões de rúpias, mais de 1,6 milhão de beneficiários.

Motivos que cancelam o consignado do Auxílio Brasil

Os bancos notificaram recentemente que, em caso de cancelamento do empréstimo, é necessário que o beneficiário analise os motivos pelos quais o empréstimo pode ser cancelado, identifique possíveis problemas e resolva-os antes de solicitar novamente, se for o caso, para que seja mais provável quando o beneficiário tenta novamente. O pedido pode ser confirmado, veja os principais motivos do cancelamento dos envios da Auxílio Brasil:

  • CPF do beneficiário com problema na Receita Federal;
  • Benefício Auxílio Brasil com previsão de acabar;
  • Não ter atendido a convocação do Ministério da Cidadania para atualizar os dados do cadastro Único;
  • não receberam três parcelas do benefício porque as famílias com menos de 90 dias no Auxílio Brasil não podem contratar a folha de pagamento e têm que esperar três meses completos;
  • Não receber o benefício através de crédito em conta.

Algumas dessas regras são gerais e outras são definidas pela Caixa porque as empresas têm essa autonomia, e o banco também concordou que o empréstimo salarial Auxílio Brasil não será concedido a quem tem dívidas vencidas com a Caixa, mas apenas em caso de pagamento atrasado.

%d blogueiros gostam disto: