Caixa suspende Consignado do Auxílio Brasil

Caixa suspende Consignado do Auxílio Brasil – Veja o motivo!

O empréstimo do Auxílio Brasil passou por diversas incertezas e dúvidas antes de entrar em operação no início de outubro.

O embarque vem operando a todo vapor nas últimas semanas e, em menos de 15 dias de operação, foram emitidos mais de 40 milhões de reais em créditos aos beneficiários.

Na noite desta segunda-feira, 24, a pedido do Tribunal de Contas da União (TCU), a Caixa deu um aviso de 24 horas para congelar a emissão de crédito.

TCU pede cautela à Caixa e explique empréstimo salarial do Auxílio Brasil. A moratória de 24 horas foi escolhida porque o tribunal deu ao banco o mesmo tempo para responder ao pedido.

Em nota oficial o banco explicou, “Nos contratos que foram celebrados na data de hoje, a CAIXA informa que não há previsão de liberação de valores financeiros referentes a essas solicitações, nas próximas 24 horas, cumprindo automaticamente a prudência recomendada”.

Esse processo de esclarecimento foi um pedido do ministro Aroldo Cedraz do próprio TCU, que também foi responsável por pedir cautela e suspensão de 24 horas do esporte.

Lucas Rocha Furtado, subprocurador-geral do Departamento Público do TCU, acredita que a remessa foi utilizada para fins puramente eleitorais. Para Furtado, a Caixa deve suspender as operações até que o assunto seja totalmente esclarecido à Justiça.

Principais informações a respeito do Auxílio Brasil

As famílias podem solicitar empréstimos desde que os benefícios não sejam bloqueados ou cancelados. Como a folha de pagamento é descontada diretamente do Auxílio Brasil, é imprescindível que os beneficiários estejam a par do esquema.

A família responsável deve fazer uma solicitação ao consignatário Auxílio Brasil, é necessário escolher um dos bancos participantes e analisar a melhor oferta. Os beneficiários podem utilizar 40% em média de R$ 400.

Como o valor considerado é de 400 reais e o de 600 reais é válido até dezembro, o valor máximo da parcela é de cerca de 160 reais. Além disso, é especificado um máximo de 24 parcelas.

As instituições participantes não podem cobrar taxas de juros superiores a 3,5% de acordo com as disposições publicadas no Regulamento 816.

Quem está oferecendo o empréstimo atualmente são os seguintes bancos:

  • Caixa Econômica Federal: A agência oferece crédito consignado a uma taxa mensal de 3,45%, que pode ser feito no Caixa Tem ou em qualquer ponto de atendimento presencial.
  • Empréstimos Pintos S/A: o empréstimo foi lançado nesta terça-feira (11) via plataforma, com taxa de juros de 2,89%, o contrato só pode ser celebrado pessoalmente.
  • QI Sociedade de Crédito S/A: a instituição oferece crédito consignado em parceria com a fintech Meu Tudo, a taxa de juros estimada é de 3,39% ao mês. É possível realizar simulações e consultas através do site da plataforma.
%d blogueiros gostam disto: