Cartões de crédito para menores de 18 anos

Cartões de crédito para menores de 18 anos

Geralmente, os cartões de crédito só podem ser emitidos para maiores de 18 anos. No entanto, algumas instituições financeiras oferecem cartões de crédito para menores de 18 anos, desde que sejam co-titulares com um dos pais ou responsável legal.

Isso normalmente exige que o co-titular seja o principal responsável pelo pagamento da dívida do cartão de crédito e esteja disposto a supervisionar o uso do cartão de crédito pelo menor.

Em algumas instituições financeiras, é possível abrir contas para menores de 18 anos. Mas esses bancos também oferecem serviços de cartão de crédito?

Ao abrir uma conta bancária em nome próprio, o jovem pode aprender desde cedo a administrar suas finanças, o que pode ser benéfico para o futuro, principalmente na hora de ser responsável com o dinheiro.

Para os menores, o atendimento do cartão de crédito pode ser complicado porque exige controle de gastos e compromisso com o pagamento das contas. Veja mais detalhes nos tópicos abaixo.

Cartões de crédito para menores de 18 anos

Embora existam vários bancos que podem abrir contas bancárias para menores de 18 anos, nem todos oferecem serviços como empréstimos pessoais e cartões de crédito.

Isso se deve à enorme responsabilidade financeira que advém da contratação desses serviços. No entanto, algumas instituições financeiras oferecem serviços de crédito a menores.

Mas vale lembrar que sempre que um menor contratar serviços bancários, ele deverá estar acompanhado de um responsável que fará o acompanhamento de suas despesas. E esteja ciente dos pagamentos de contas resultantes de cobranças no cartão de crédito.

Cartão de crédito para menores vinculado à conta de responsáveis

Alguns bancos oferecem a opção de vincular o nome da criança à conta de um dos pais ou responsável legal. Podendo assim gerar um cartão no nome do menor, mas sem depender totalmente de sua responsabilidade financeira.

Por meio desses serviços, os pais ou responsáveis ​​também podem acompanhar os gastos dos filhos e pagar as contas em dia. Portanto, evite situações que possam gerar dívidas menores.

Tudo isso abre oportunidades para que os jovens sejam expostos ao mundo das finanças, onde possam aprender sobre seus gastos e controle, levando a um maior senso de responsabilidade quando se trata de dinheiro.

%d blogueiros gostam disto: