×

Como solicitar a cesta básica do Bolsa Família em 2024

Cesta básica do Bolsa Família

Como solicitar a cesta básica do Bolsa Família em 2024

Neste artigo, você vai aprender como solicitar a cesta básica do Bolsa Família em 2024, quais são os critérios e as restrições para receber esse benefício, e como consultar o calendário de pagamentos.

O Bolsa Família é um programa de transferência de renda que atende milhões de famílias em situação de pobreza e extrema pobreza no Brasil.

Além do benefício mensal, que varia de acordo com a composição e a renda familiar, alguns beneficiários podem ter direito a receber cestas básicas, que são auxílios extras para a compra de alimentos.

Acompanhe!

O que é a cesta básica do Bolsa Família?

A cesta básica do Bolsa Família é um benefício complementar que visa oferecer um suporte adicional às famílias em situação de vulnerabilidade social e econômica, garantindo o acesso a alimentos básicos e essenciais.

A distribuição da cesta básica do Bolsa Família não é de responsabilidade exclusiva do Governo Federal, mas sim de cada estado e município, que definem as suas próprias regras e critérios para conceder esse auxílio.

Por isso, o valor e a forma de entrega da cesta básica podem variar de acordo com a região.

Em alguns casos, a cesta básica é entregue em forma de cartão, que permite aos beneficiários escolher e comprar os alimentos de acordo com as suas necessidades e preferências.

Em outros casos, a cesta básica é entregue em forma de kit, que contém uma quantidade e uma variedade de alimentos pré-definidos.

O valor médio da cesta básica do Bolsa Família fica entre R$ 150 e R$ 300, dependendo do estado. O benefício é pago de forma bimestral, ou seja, a cada dois meses, seguindo um calendário específico.

Quem tem direito a receber a cesta básica do Bolsa Família?

Para ter direito a receber a cesta básica do Bolsa Família, é preciso atender a alguns requisitos, que podem variar de acordo com o estado e o município.

No entanto, alguns critérios são comuns na maioria das regiões, como:

  • Ter renda familiar mensal de até três salários mínimos, ou seja, R$ 4.236 em 2024;
  • Estar inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), com os dados atualizados nos últimos dois anos;
  • Estar recebendo o benefício do Bolsa Família regularmente.

Além disso, existem algumas restrições que podem impedir que determinadas famílias recebam a cesta básica do Bolsa Família, como:

  • Ter tido renda mensal no último ano, proveniente de trabalho formal ou informal;
  • Ter beneficiários do seguro-desemprego ou de benefícios previdenciários na família;
  • Receber de outros programas sociais do governo, exceto o Bolsa Família;
  • Ter membros da família ligados ao serviço público, seja como servidores, contratados ou comissionados.

Como solicitar a cesta básica do Bolsa Família?

Para solicitar a cesta básica do Bolsa Família, é preciso seguir alguns passos, que são:

  • Ir até um ponto de atendimento do Cadastro Único, que geralmente fica localizado nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) dos municípios;
  • Solicitar o recebimento da cesta básica e seguir as orientações do atendente, que vai verificar se a família se enquadra nos critérios e nas restrições do benefício;
  • Apresentar os documentos necessários, que são: documento de identidade (RG e CPF), comprovante de residência, título de eleitor e certidão de nascimento de todos os membros da família;
  • Aguardar a análise e a aprovação do pedido, que pode levar alguns dias ou semanas, dependendo da demanda e da disponibilidade de recursos;
  • Consultar o calendário de pagamentos da cesta básica do Bolsa Família e retirar o benefício no local indicado, seja em forma de cartão ou de kit.

Como consultar o calendário de pagamentos da cesta básica do Bolsa Família?

O calendário de pagamentos da cesta básica do Bolsa Família é definido por cada estado e município, e pode ser consultado nos pontos de atendimento do Cadastro Único, nos CRAS, nas prefeituras ou nos sites oficiais dos governos estaduais e municipais.

Em geral, o pagamento da cesta básica do Bolsa Família segue o mesmo cronograma do benefício mensal do programa, que é determinado pelo dígito final do Número de Identificação Social (NIS) de cada beneficiário.

Veja abaixo o calendário do Bolsa Família para 2024, que pode servir como referência para o pagamento da cesta básica:

 

Final do NIS Pagamento em janeiro Pagamento em fevereiro Pagamento em março Pagamento em abril Pagamento em maio Pagamento em junho Pagamento em julho Pagamento em agosto Pagamento em setembro Pagamento em outubro Pagamento em novembro Pagamento em dezembro
1 18/01 16/02 15/03 17/04 17/05 17/06 18/07 19/08 17/09 18/10 14/11 10/12
2 19/01 17/02 16/03 18/04 18/05 18/06 19/07 20/08 20/09 19/10 15/11 11/12
3 20/01 18/02 17/03 19/04 19/05 21/06 20/07 23/08 21/09 20/10 16/11 12/12
4 21/01 19/02 18/03 20/04 20/05 22/06 21/07 24/08 22/09 21/10 17/11 13/12
5 24/01 20/02 19/03 22/04 23/05 23/06 22/07 25/08 23/09 22/10 18/11 14/12
6 25/01 21/02 22/03 23/04 24/05 24/06 25/07 26/08 24/09 25/10 19/11 15/12
7 26/01 22/02 23/03 24/04 25/05 25/06 26/07 27/08 27/09 26/10 22/11 16/12
8 27/01 23/02 24/03 25/04 26/05 28/06 27/07 30/08 28/09 27/10 23/11 17/12
9 28/01 24/02 25/03 26/04 27/05 29/06 28/07 31/08 29/09 28/10 24/11 20/12
0 31/01 25/02 26/03 27/04 30/05 30/06 29/07 01/09 30/09 31/10 25/11 21/12

Quais são os alimentos que compõem a cesta básica do Bolsa Família?

A composição da cesta básica do Bolsa Família pode variar de acordo com o estado e o município, mas geralmente inclui alimentos básicos e essenciais para a nutrição das famílias, como:

  • Arroz;
  • Feijão;
  • Farinha de mandioca ou de milho;
  • Óleo de soja;
  • Açúcar;
  • Leite em pó;
  • Café;
  • Macarrão;
  • Fubá;
  • Sal;
  • Extrato de tomate;
  • Biscoito;
  • Sardinha em lata.

Além disso, alguns estados e municípios podem incluir outros alimentos na cesta básica do Bolsa Família, como:

  • Carne bovina, suína ou de frango;
  • Ovos;
  • Frutas;
  • Verduras;
  • Legumes;
  • Pão;
  • Manteiga;
  • Queijo;
  • Iogurte.

Quais são as vantagens de receber a cesta básica do Bolsa Família?

Receber a cesta básica do Bolsa Família pode trazer diversas vantagens para as famílias beneficiárias, como:

  • Garantir a segurança alimentar e nutricional, evitando a fome e a desnutrição;
  • Melhorar a qualidade de vida e a saúde, prevenindo doenças e fortalecendo o sistema imunológico;
  • Economizar dinheiro, podendo usar o benefício mensal do Bolsa Família para outras despesas, como água, luz, gás, transporte, educação e saúde;
  • Estimular a participação social e o exercício da cidadania, fazendo com que as famílias se sintam mais valorizadas e respeitadas pelo poder público;
  • Incentivar a educação e a frequência escolar, já que as crianças e os adolescentes beneficiários devem estar matriculados e frequentando a escola para receber o Bolsa Família e a cesta básica.

Quais são as dicas para aproveitar melhor a cesta básica do Bolsa Família?

Para aproveitar melhor a cesta básica do Bolsa Família, é importante seguir algumas dicas, como:

  • Planejar o consumo dos alimentos, evitando o desperdício e o estragamento;
  • Armazenar os alimentos em locais adequados, seguindo as orientações de higiene e conservação;
  • Variar o cardápio, combinando os alimentos da cesta básica com outros alimentos saudáveis e acessíveis, como frutas, verduras e legumes da época;
  • Preparar as refeições de forma simples e saborosa, usando temperos naturais e evitando o excesso de sal, açúcar e gordura;
  • Dividir a cesta básica de forma justa e equilibrada entre os membros da família, respeitando as necessidades e as preferências de cada um.

A cesta básica do Bolsa Família é um benefício complementar que ajuda as famílias em situação de pobreza e extrema pobreza a terem acesso a alimentos básicos e essenciais.

Para solicitar a cesta básica, é preciso estar inscrito no Cadastro Único, receber o benefício mensal do Bolsa Família e atender aos critérios e às restrições de cada estado e município.

O pagamento da cesta básica é feito de forma bimestral, seguindo um calendário específico, e pode ser entregue em forma de cartão ou de kit.

A composição da cesta básica pode variar de acordo com a região, mas geralmente inclui alimentos como arroz, feijão, farinha, óleo, açúcar, leite, café, macarrão, fubá, sal, extrato de tomate, biscoito e sardinha.

Receber a cesta básica do Bolsa Família pode trazer diversas vantagens para as famílias beneficiárias, como garantir a segurança alimentar e nutricional, melhorar a qualidade de vida e a saúde, economizar dinheiro, estimular a participação social e o exercício da cidadania, e incentivar a educação e a frequência escolar.

Para aproveitar melhor a cesta básica, é importante planejar o consumo dos alimentos, armazenar os alimentos em locais adequados, variar o cardápio, preparar as refeições de forma simples e saborosa, e dividir a cesta básica de forma justa e equilibrada entre os membros da família.

Esperamos que este artigo tenha sido útil e informativo para você. Se você gostou, compartilhe com os seus amigos e familiares que também podem se beneficiar da cesta básica do Bolsa Família. E se você tiver alguma dúvida ou sugestão