Como desbloquear o benefício pelo aplicativo Meu INSS:

O Aplicativo “Meu INSS” coleta informações sobre benefícios O serviço permite o acesso a declarações, contribuições para a segurança social e outras informações sobre o seguro

O crédito consignado é muito popular no Brasil e os aposentados e pensionistas do INSS podem desbloquear a concessão para a contratação do crédito consignado.

A partir de 2019, esse desbloqueio pode ser feito de forma digital, sem burocracia e sem precisar fazer fila ou ir a uma agência.

Isso traz mais comodidade para você, que foi aprovado para seus benefícios e deseja conceder empréstimos salariais.

Vamos aprender mais sobre como fazer isso? Veja o texto completo para saber como postar folha de pagamento no app Meu INSS.

O que é preciso para liberar o empréstimo consignado

Primeiro, para desbloquear os benefícios, você deve ter benefícios transferíveis. Isso significa que seus benefícios devem ser incluídos nos benefícios que podem ser atendidos.

Após a concessão dos benefícios, é necessário aguardar 90 dias para poder solicitar o empréstimo consignado.

Observação importante: Atualmente, o beneficiário pode solicitar o empréstimo de salário 30 dias após o pagamento do benefício. A decisão é válida até dezembro de 2022.

Durante este período, qualquer novo empréstimo de beneficiário é estritamente proibido.

Vale lembrar que o pagamento dessa modalidade de empréstimo é descontado diretamente na folha de pagamento, o que difere dos demais empréstimos contratados.

Isso torna os juros e as taxas muito mais baixos do que outras linhas de crédito. Mesmo assim, nem todos os benefícios podem ser aplicados para recibos de pagamento.

Liberando o benefício para empréstimo consignado

Para emitir seus benefícios do INSS para a sua folha de pagamento, ensinaremos como fazê-los através do Meu INSS.

Você precisa seguir um passo a passo muito simples: 

  • Passo 1 – Acessar o Meu INSS;
  • Passo 2 – Acessar a opção Agendamento / Solicitações;
  • Passo 3 – Buscar o serviço desejado;
  • Passo 4 – Solicitar o desbloqueio do benefício.

Veja mais detalhes do passo a passo!

01 Acessando o Meu INSS

O acesso ao meu INSS é feito através de um CPF autenticado e uma senha única. Lembre-se que a senha é a mesma usada no site, portanto só existe uma para cada usuário.

É possível fazer login no Gov.Br, permitindo o acesso a vários outros serviços digitais incluídos no processo de modernização do governo.

02 Acessar a opção Agendamento / Solicitações

Após o login, o usuário será redirecionado para a tela principal do aplicativo Meu INSS. Você deve procurar o menu plano / pedido nesta tela.

03 Buscar o serviço desejado

Esta parte é onde o beneficiário apresentará um pedido de empréstimo salarial. O menu “Novo requerimento” aparecerá na parte inferior da tela.

Todos os tipos de requisitos serão listados para facilitar, clique na lupa e pesquise exatamente o que deseja.

Na caixa de pesquisa, digite “desbloquear” para que a opção Bloquear / desbloquear benefício do empréstimo de ordenado seja carregada automaticamente.

Todo o processo é feito remotamente e só requer assistência direta para obtenção de provas adicionais.

04 Solicitar o desbloqueio do benefício

Agora algumas informações importantes sobre as regras da folha de pagamento estão chegando. Você precisa ler isso e certificar-se de que está tudo bem para continuar.

Lembre-se, se seus benefícios foram recebidos há menos de 90 dias, você deve aguardar o prazo correto para solicitar o congelamento do empréstimo.

Uma tela aparecerá com mais informações sobre o desbloqueio e você pode tocar em avançar novamente.

Após solicitar o desbloqueio, você poderá fazer upload de um arquivo contendo os documentos necessários para continuar. Envie em formato PDF, cores de 24 bits e qualidade 150 DPI.

O tamanho máximo de cada arquivo deve ser 5 MB. Se for necessário fazer upload de vários arquivos, o tamanho total não pode exceder 50 MB.

A partir desse momento, preencha informações nos campos de: 

  • Email;
  • Telefone;
  • CPF;
  • Se deseja acompanhar o processo por email;
  • E número do Benefício

Haverá também uma caixa de perguntas com três opções: 

  1. Não. Eu sou o titular.
  2. Representante Legal.
  3. “Deseja cadastrar Procurador ou Representante Legal para este pedido”?

Responda aos outros campos de informações opcionais, você pode clicar em Avançar para concluir esta etapa.

Perguntas frequentes sobre bloqueio e desbloqueio pelo Meu INSS

Vejamos as perguntas mais frequentes sobre como desbloquear os benefícios do empréstimo salarial Meu INSS.

O que é o desbloqueio do benefício?

Trata-se de um serviço que permite ao beneficiário obter crédito consignado ou cartão de crédito consignado.

Quem pode desbloquear?

Todos os cidadãos que gozam de benefícios transferíveis são cidadãos que cumprem as regras de empréstimos salariais.

Como fazer esse desbloqueio?

O desbloqueio pode ser solicitado 90 dias após a concessão do beneficio e deve ser feito através do app Meu INSS.

Quanto tempo leva para desbloquear?

A duração média do processo de desbloqueio varia de 7 a 15 dias, dependendo da confirmação das informações solicitadas.

%d blogueiros gostam disto: