Como solicitar o Crédito CAIXA – tudo o que você precisa saber antes de solicitar

Durante esta semana, a linha de crédito da Caixa Econômica Federal estará de volta, permitindo que os microempreendedores individuais (MEIs), micro, pequenos e médios empresários obtenham empréstimos que variam de R$ 5 mil a R$ 5 milhões. Para atender a esse público, serão disponibilizados R$ 3,9 bilhões.

Segundo o banco, não haverá cobrança de tarifa de contratação nem do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF). O valor do empréstimo dependerá do faturamento da empresa, variando de R$ 5 mil a R$ 5 milhões. Caso a empresa já tenha obtido empréstimos semelhantes em 2022, o valor máximo dos contratos anteriores também será considerado.

O Fundo Garantidor de Investimentos (FGI) garante até 80% das operações do FGI-Peac, que faz parte do Programa Emergencial de Acesso ao Crédito (Peac) do governo federal. Esta é a terceira fase de liberação de valores, com a segunda ocorrendo em agosto de 2022, quando mais de 8.700 contratos foram assinados.

O crédito Caixa é uma das oito opções oferecidas pelo banco federal para empréstimos a empresas. Os MEIs, micro e pequenas empresas também podem optar por outros produtos, como maquininhas de cartão e cartões de vale-alimentação e refeição.

Tudo o que você precisa saber sobre a nova linha de crédito da Caixa

Já foram divulgadas algumas informações relevantes sobre a linha de crédito da Caixa destinada a micro e pequenas empresas. Entre elas estão o limite de empréstimo e a forma de pagamento, que serão determinados após uma avaliação de crédito feita pelo banco.

É importante ressaltar que essa linha de crédito é destinada a capital de giro, ou seja, a um “recurso de rápida renovação”. Isso significa que o montante emprestado deve ser utilizado para movimentar o fluxo de caixa da empresa, sendo recomendado para aqueles que não possuem outras fontes de recursos para essas transações.

  • Possível emprestar entre R$ 5.000 e R$ 5 milhões dependendo do faturamento da empresa;
  • Pagamento em até 60 meses (5 anos);
  • Possibilidade de até 12 meses de carência;
  • A taxa de juros parte de 1,18% a.m;
  • Podendo ser aplicados em investimentos, aquisição de máquinas e equipamentos, despesas operacionais, pagamento de salário de empregados, compra de matérias-primas, mercadorias, entre outros.

Descubra onde solicitar a linha de crédito Caixa para a sua empresa

Saiba onde solicitar a linha de crédito Caixa FGI PEAC para sua empresa e quais documentos são necessários. De acordo com o banco, a solicitação pode ser feita nas agências e escritórios da Rede de Atacado da Caixa, exceto para médias empresas com faturamento fiscal anual superior a R$ 30 milhões, que devem entrar em contato diretamente com uma das agências empresariais da instituição.

Para solicitar o crédito, o empresário precisa apresentar um documento de identificação pessoal e documentos que comprovem a identidade da empresa, como extratos bancários, declarações de Imposto de Renda e recibos que possam comprovar o faturamento mensal e anual do negócio.

Após a apresentação dos documentos, o banco fará uma análise de crédito para determinar o limite de empréstimo, que pode variar de R$ 5 mil a R$ 5 milhões, dependendo do perfil do empreendimento.

Caixa e associações comerciais se unem para ajudar micro e pequenas empresas

Foi estabelecido um acordo com a CACB (Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil) em 11 de abril. Durante a celebração, a Caixa Econômica Federal comprometeu-se a oferecer uma redução de até 33% nas taxas de juros do crédito Caixa destinado a micro e pequenos empresários.

Para as empresas associadas, as linhas de capital de giro estão disponíveis para contratação com taxas a partir de 1,21% a.m. e os investimentos para compra de máquinas e equipamentos podem ser contratados com taxas a partir de 1,34% a.m.. O banco oferece ainda condições diferenciadas no Cheque Empresa“, afirma a Caixa, em nota à imprensa.

Espera-se que o banco consiga beneficiar pelo menos 2,1 milhões de empresas com esse convênio firmado com a CACB. O banco pretende atualizar em breve o seu site oficial com as novas linhas de crédito que serão oferecidas dentro das condições apresentadas.

%d blogueiros gostam disto: