×

Como verificar se você irá receber o benefício do programa Pé de Meia

Pé de Meia

Como verificar se você irá receber o benefício do programa Pé de Meia

O programa Pé de Meia está oferecendo a oportunidade de receber um benefício de R$200 por mês, além de um valor adicional de R$1000 ao final do ano letivo, para jovens entre 14 e 24 anos que estejam matriculados no ensino médio público e participem do programa Bolsa Família.

No entanto, muitos jovens estão enfrentando dificuldades ao verificar se irão receber o benefício devido a uma mensagem de erro no aplicativo Jornada do Estudante.

Neste artigo, explicaremos como identificar se você está dentro das regras do programa e o que fazer caso esteja enfrentando problemas.

Verificando a mensagem de erro

Se você abriu o aplicativo Jornada do Estudante e se deparou com a mensagem informando que o seu CPF não foi localizado, é importante entender o que pode estar acontecendo.

Primeiramente, verifique se você cadastrou a conta no aplicativo e no site gov.br em nome do estudante, e não em nome dos pais ou responsáveis.

É necessário que a conta seja criada no nome do próprio estudante.

Verificando os requisitos do programa Pé de Meia

Além disso, é fundamental que o jovem esteja cadastrado no Cadastro Único e esteja recebendo o Bolsa Família, caso contrário, não terá direito ao benefício.

É importante ressaltar que apenas estudantes de escolas públicas, sejam elas estaduais, distritais, federais ou municipais, têm direito ao benefício.

Verificando o envio dos dados

Um dos principais motivos para a mensagem de erro é o não envio dos dados do estudante pela escola ao Ministério da Educação (MEC).

Portanto, caso você esteja dentro das regras do programa, mas a escola não tenha enviado os dados ao MEC, é necessário entrar em contato com a instituição e verificar se os dados foram devidamente enviados.

Responsabilidade da escola

De acordo com o Ministério da Educação, é responsabilidade das instituições de ensino estaduais, distritais, municipais e federais que oferecem o ensino médio fornecer as informações sobre os estudantes, bem como verificar periodicamente os requisitos para a concessão do benefício.

Portanto, caso a escola não tenha enviado os dados, ela será responsabilizada e os estudantes poderão ficar sem receber o benefício.

Recebimento retroativo

Para aqueles que tiverem seus dados enviados pela escola após a data limite, o Ministério da Educação informa que será possível receber as parcelas retroativas do benefício, desde que a matrícula e a participação da família no programa Bolsa Família tenham sido verificadas dentro do prazo estabelecido.

Novo prazo para envio dos dados

Caso a escola não tenha enviado os dados até a data limite estabelecida, ainda será possível realizar o envio posteriormente, porém, o estudante só irá receber o benefício a partir do próximo mês.

Portanto, é importante que a escola esteja atenta aos prazos estipulados pelo MEC para evitar atrasos no recebimento dos benefícios pelos estudantes.

Se você está enfrentando problemas ao verificar se irá receber o benefício do programa Pé de Meia, é importante verificar se todos os requisitos estão sendo cumpridos e se a escola enviou corretamente os dados ao Ministério da Educação.

Caso a escola não tenha enviado os dados dentro do prazo, ainda será possível realizar o envio posteriormente, mas o recebimento do benefício será adiado.

Portanto, fique atento aos prazos e mantenha contato com a escola para garantir que tudo esteja em ordem.

O calendário do programa Pé-de-Meia, conforme anunciado pelo Ministério da Educação (MEC), é o seguinte:

  • 26 de março: para estudantes nascidos em janeiro e fevereiro.
  • 27 de março: para estudantes nascidos em março e abril.
  • 28 de março: para estudantes nascidos em maio e junho.
  • 1º de abril: para estudantes nascidos em julho e agosto.
  • 2 de abril: para estudantes nascidos em setembro e outubro.
  • 3 de abril: para estudantes nascidos em novembro e dezembro.

Os pagamentos serão feitos em contas digitais abertas automaticamente pela Caixa Econômica Federal. Caso o estudante seja menor de idade, será necessário o consentimento do responsável legal para movimentar a conta.

Os pagamentos do programa Pé-de-Meia pelo Caixa Tem seguirão os seguintes procedimentos:

  • Para estudantes menores de idade: Uma conta poupança será automaticamente aberta em nome do estudante. O responsável legal deverá autorizar o saque dos fundos ou a utilização do aplicativo Caixa Tem para movimentar a conta.
  • Para estudantes maiores de 18 anos: A conta estará pronta para utilização do valor recebido.
  • Consulta de pagamentos: Os estudantes podem verificar os pagamentos através do aplicativo Jornada do Estudante.
  • Datas de pagamento: Os pagamentos serão realizados com base no mês de nascimento dos estudantes elegíveis, iniciando em 26 de março.

É importante lembrar que, para efetuar saques ou utilizar o aplicativo Caixa Tem, o estudante precisa possuir um CPF válido.

Além disso, no caso de menores de idade, é necessário que o responsável legal conceda autorização para o estudante movimentar a conta.

Eventuais correções e atualizações das informações referentes à matrícula podem ser feitas até 1º de julho de 2024.

O valor do benefício do programa Pé-de-Meia é estruturado da seguinte forma:

  • Incentivo mensal: R$ 200, que podem ser sacados a qualquer momento.
  • Depósitos anuais: R$ 1.000 ao final de cada ano letivo concluído, acessíveis após a formatura no ensino médio.
  • Bônus adicional: Para alunos do 3º ano do Ensino Médio que participarem do Enem, há um pagamento exclusivo de R$ 200.

Considerando as dez parcelas mensais, os depósitos anuais e o bônus do Enem, o valor total pode chegar a R$ 9.200 por aluno.

O Caixa Tem oferece diversos benefícios além do pagamento do Programa Pé de meia

Confira alguns dos principais:

Serviços bancários:

  • Conta digital gratuita: Abra uma conta digital gratuita e sem tarifas, com cartão de débito virtual e físico para realizar compras online e em lojas físicas.
  • Transferências e Pix: Faça transferências ilimitadas para outros bancos e realize pagamentos instantâneos via Pix para qualquer pessoa ou empresa.
  • Pagamento de contas: Pague contas de água, luz, telefone, gás, internet e outros serviços de forma rápida e segura.
  • Recarga de celular: Recarregue seu celular de qualquer lugar e a qualquer hora, com diversos planos e valores disponíveis.
  • Saque sem cartão: Saque dinheiro em caixas eletrônicos da Caixa sem precisar do cartão físico, utilizando apenas o aplicativo Caixa Tem.

Outros benefícios:

  • Empréstimo consignado: Contrate empréstimo com taxas de juros atrativas e desconto direto na folha de pagamento, caso seja funcionário público, aposentado ou pensionista.
  • Cartão de crédito: Solicite um cartão de crédito com diversas opções de limite e benefícios, de acordo com seu perfil de crédito.
  • Seguro de vida: Conheça os seguros de vida disponíveis e proteja-se e sua família contra imprevistos.
  • Abono Salarial: Consulte se você tem direito ao Abono Salarial e faça a solicitação diretamente pelo aplicativo.
  • FGTS: Acesse informações sobre seu saldo do FGTS, faça saques e consulte extratos.

Como fazer a autorização para menores no Pé-de-Meia?

Os responsáveis legais dos estudantes menores de 18 anos precisam conceder permissão para que possam usar o benefício no Pé-de-Meia.
As mães devem atualizar e acessar o Caixa Tem, selecionar o perfil de mãe do estudante, inserir os dados solicitados e aceitar o termo de consentimento.
Para os pais, o processo é semelhante, mas também é necessário enviar uma foto do RG do estudante pelo aplicativo.
Após esses passos, os estudantes podem acessar os recursos disponíveis no Caixa Tem.

Acesso ao Aplicativo Jornada do Estudante

Muitos estudantes já receberam o incentivo do PÉ DE MEIA desde o lançamento do programa.

Alguns estão tendo dificuldades ao acessar o aplicativo Jornada do Estudante, sendo informados de que seus CPFs ainda não constam nos registros do programa.

Se você tem entre 14 e 24 anos, participa do Bolsa Família e está matriculado no ensino médio público, não se preocupe.

O Ministério da Educação (MEC) está processando dados de matrícula pendentes. Aguarde, em breve seu CPF será incluído nos registros.

Atualização das Informações

A lista de beneficiários do PÉ DE MEIA não é definitiva. As informações são atualizadas pelas redes de ensino municipais, estaduais e do Distrito Federal.

Novos estudantes matriculados na Rede Pública de Ensino podem ser incluídos ao longo do ano letivo.

Os alunos devem acompanhar a atualização da sua condição no aplicativo Jornada do Estudante. O MEC está consolidando informações das secretarias de educação.

Para se manter informado sobre o programa, inscreva-se no nosso canal e ative as notificações para receber conteúdos importantes diretamente no seu dispositivo.

O Programa PÉ DE MEIA tem beneficiado milhões de estudantes, auxiliando nas despesas educacionais e incentivando a permanência na escola. Se você se enquadra nos critérios, fique tranquilo, seu CPF será incluído nos registros em breve.