Pular para o conteúdo

Comunicado Recente para Beneficiários do Bolsa Família que Vivem Sozinhos

Bolsa Família

Neste mês de agosto, o Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS), responsável pela administração do novo Programa Bolsa Família e de outros programas sociais do governo federal, dará continuidade a mais uma etapa do programa de transferência de renda.

Nessa fase, está previsto o auxílio para pelo menos 20 milhões de famílias vulneráveis.

Entretanto, no início deste mês, também foi emitido um comunicado referente a uma nova exigência que afetará as famílias unipessoais inscritas no programa.

Famílias unipessoais são aquelas em que o beneficiário, ao se inscrever no Cadastro Único (CadÚnico), declarou morar sozinho.

Essa categoria representa pelo menos 25% de todos os beneficiários do programa.

Comunicado para beneficiários do Bolsa Família que moram sozinhos

De acordo com o comunicado divulgado, indivíduos que residem sozinhos e têm interesse em receber os pagamentos, tanto aqueles que estão se inscrevendo no programa pela primeira vez quanto aqueles que já recebem o benefício mensal, devem realizar a assinatura de um novo termo de responsabilidade.

Essa ação será realizada durante a visita ao Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) para efetuar a inscrição ou atualização cadastral.

O termo de responsabilidade será fornecido pelo profissional do CRAS. Nele, o beneficiário reafirma sua condição de morar sozinho e a veracidade das informações fornecidas para o Cadastro Único.

O beneficiário deverá assinar o documento e apresentar um documento de identificação com fotografia.

O atendente do CRAS realizará a digitalização dos documentos, que serão posteriormente encaminhados ao governo.

Conforme destacado no comunicado, os indivíduos unipessoais participantes do Bolsa Família que optarem por não assinar o termo não serão considerados elegíveis para o programa, ou poderão ter seus benefícios bloqueados ou cancelados caso já estejam recebendo.

Essa nova medida é parte dos esforços governamentais para identificar e remover do programa os aproximadamente 3,5 milhões de indivíduos unipessoais que recebem benefícios indevidos, ao terem declarado falsamente a condição de morar sozinhos.

Bolsa Família de agosto: Pagamentos

No decorrer de agosto, os beneficiários do novo Programa Bolsa Família terão acesso aos quatro novos benefícios integrantes da atual cesta de vantagens do programa, englobando um benefício central e três suplementares.

O benefício principal é o inovador Benefício de Renda de Cidadania, que assegura R$142 por cada membro da família.

Entretanto, se o núcleo familiar possuir apenas quatro membros ou menos, o Benefício Complementar também será concedido.

Esse adicional garantirá o valor necessário para que a família receba, em cada rodada, pelo menos R$600, valor mínimo obrigatório do programa.

Adicionalmente, será disponibilizado o novo Benefício Primeira Infância, que destinará um acréscimo de R$150 para crianças de até seis anos de idade, além do novo Benefício de Renda Variável, que contemplará um adicional de R$50 para gestantes e o mesmo valor para crianças ou jovens com idades entre sete e dezoito anos.

Os pagamentos referentes a agosto do novo Bolsa Família acontecerão no período entre 18 e 31 do mês, previstos para serem depositados pelos mesmos canais utilizados pelas famílias, tais como o aplicativo Caixa Tem e as agências da Caixa Econômica Federal.

Confira as datas a seguir:

  • NIS de final 1 – depósito na conta em 18 de agosto;
  • NIS de final 2 – depósito na conta em 21 de agosto (valores serão disponibilizados no sábado, dia 19/08);
  • NIS de final 3 – depósito na conta em 22 de agosto;
  • NIS de final 4 – depósito na conta em 23 de agosto;
  • NIS de final 5 – depósito na conta em 24 de agosto;
  • NIS de final 6 – depósito na conta em 25 de agosto;
  • NIS de final 7 – depósito na conta em 28 de agosto (valores serão disponibilizados no sábado, dia 26/08);
  • NIS de final 8 – depósito na conta em 29 de agosto;
  • NIS de final 9 – depósito na conta em 30 de agosto;
  • NIS de final 0 – depósito na conta em 31 de agosto.