×

Confira quem terá direito ao adicional do Bolsa Família neste mês de maio

Confira quem terá direito ao adicional do Bolsa Família neste mês de maio

O adicional do Bolsa Família neste mês de maio será o Benefício Primeira Infância, que garante um acréscimo de R$ 150 por criança de até seis anos de idade na composição familiar.
O benefício é uma importante ferramenta de combate à pobreza e à desigualdade social, contribuindo para a promoção da educação e da saúde das crianças mais vulneráveis.
Com o benefício, as famílias têm mais recursos para investir em alimentos, roupas, medicamentos e outros itens essenciais para o bem-estar dos filhos.

Ao contrário do último período de pagamentos, em maio haverá apenas um adicional disponível. Neste artigo, apresentamos a lista completa dos beneficiários que devem receber o adicional.

O Benefício Primeira Infância, confirmado em março pela assinatura da Medida Provisória nº 1.164, é um dos principais adicionais do Bolsa Família e possui um caráter extremamente relevante para as famílias de baixa renda com crianças de até seis anos de idade.

Ao receber uma parcela extra de R$ 150 por cada criança em sua composição familiar, essas famílias podem contar com um alívio financeiro significativo em suas despesas cotidianas, o que pode ser crucial para garantir a subsistência básica das crianças.

É importante ressaltar que não foi estabelecido um limite para o número de crianças que podem ser contempladas pelo benefício, o que significa que algumas famílias podem receber até R$ 600 de bônus.

Dessa forma, é evidente que o Benefício Primeira Infância representa uma medida importante para a promoção da igualdade social e para a garantia de direitos fundamentais às crianças brasileiras.

Ao contrário do que ocorreu em abril, não haverá o pagamento do Auxílio Gás neste mês. O benefício é disponibilizado a cada dois meses, sendo que a próxima liberação ocorrerá somente em junho.

Para mais informações sobre o calendário referente ao mês de maio, confira a seguir:

Dígito final do NIS Data
1 18/05
2 19/05
3 22/05
4 23/05
5 24/05
6 25/05
7 26/05
8 29/05
9 30/05
0 31/05

A importância de manter o cadastro atualizado para receber o Bolsa Família

É importante destacar que o adicional do Bolsa Família neste mês de maio não contemplará o Auxílio Gás, que é liberado de dois em dois meses e terá sua próxima liberação apenas em junho.

Portanto, os beneficiários devem se atentar ao calendário de pagamentos e às informações divulgadas pelo Ministério da Cidadania e pela Caixa Econômica Federal para evitar dúvidas e transtornos.

Além disso, é fundamental que os beneficiários mantenham seus cadastros atualizados e atendam aos requisitos do programa para garantir o acesso ao benefício.

Como mencionamos anteriormente, em maio, apenas o Benefício Primeira Infância será pago aos beneficiários do Bolsa Família, podendo somar até R$ 1.200 em uma única parcela. Porém, a partir de junho, o pagamento completo do benefício, com todos os adicionais, será retomado.

Nesse sentido, é fundamental que os beneficiários mantenham seus cadastros atualizados no Cadastro Único para garantir o recebimento do benefício.

Para ter direito ao Bolsa Família em maio, além da atualização cadastral, é necessário apresentar uma renda per capita mensal familiar de até R$ 218.

Vale ressaltar que estar em dia com as informações do cadastro é uma obrigação dos beneficiários e pode evitar a suspensão ou o cancelamento do benefício.

Além disso, o Bolsa Família é uma importante ferramenta para garantir o acesso à alimentação e à educação, contribuindo para a redução da pobreza e da desigualdade social no país.

Portanto, é fundamental que os beneficiários se atentem à manutenção do cadastro e ao cumprimento dos requisitos para garantir o acesso ao benefício.

A seguir, explicamos como realizar o saque do benefício.

Realizando o saque do Bolsa Família

Com o adicional do Bolsa Família neste mês de maio, as famílias beneficiárias terão um reforço financeiro importante para enfrentar as dificuldades impostas pela pandemia de Covid-19.

O programa Bolsa Família é um dos principais instrumentos de proteção social do país, beneficiando milhões de famílias em situação de vulnerabilidade.

Por meio do benefício, o governo federal tem contribuído para a melhoria das condições de vida das pessoas mais pobres e para a promoção de uma sociedade mais justa e igualitária.

Para acessar os valores depositados no Bolsa Família, os beneficiários contam com diversas opções, como a consulta pela internet, por meio do aplicativo Caixa Tem, disponível para os sistemas Android e IOS.

Além disso, é possível realizar a consulta pelos canais de atendimento da Caixa Econômica Federal, como pelo telefone ou comparecendo pessoalmente a uma agência bancária.

Outra opção é ter acesso à conta em que o dinheiro é depositado, seja ela uma conta poupança, corrente ou social. Com essas opções, os beneficiários têm mais facilidade e agilidade no acesso ao benefício, garantindo o uso correto dos recursos e contribuindo para o alcance dos objetivos do Bolsa Família.

O passo a passo do saque da parcela do benefício está exposto a seguir:

  1. Abra o aplicativo Caixa Tem;
  2. Vá em “Entrar”;
  3. Selecione a opção “Saque sem Cartão”;
  4. Clique em “Gerar código para saque”;
  5. Digite sua senha;
  6. Digite o código numérico no caixa eletrônico ou na lotérica.