Confirmada a volta do Consignado do Auxílio Brasil

Confirmada a volta do Consignado do Auxílio Brasil – Veja o novo calendário

A consignação Auxílio Brasil foi liberada pelo governo federal, durante a qual ocorreram diversas disputas, como o atraso no crédito aos beneficiários, um pedido ao Ministro Nunes Marques para suspender o empréstimo e, mais recentemente, a suspensão do crédito consignado.

A presidente da Caixa Econômica Federal, Daniella Marques, disse que o banco retomará os empréstimos nesta segunda-feira, após uma falha técnica no processamento da folha de pagamento de benefícios ter sido suspensa.

Ainda segundo a presidente, o crédito é importante pois “Vimos nisso uma solução sistêmica e oportuna para as pessoas que mais precisam”.

R$ 1,8 bilhão de pessoas já conseguiram o empréstimo

No total, a Caixa concedeu mais de 1,8 bilhão de reais em empréstimos a esses grupos. Essas pessoas só começarão a pagar suas dívidas no dia 17 do calendário de novembro.

O Ministério da Cidadania estipula que o crédito terá uma caução de 40% mensalmente. Além disso, o teto de juros não pode ultrapassar a marca mensal de 3,5%, que é de apenas 50% ao ano. O prazo máximo para pagamento da dívida é de 24 meses, ou dois anos.

Cuidados

Os mais de 21 milhões de usuários do Auxílio Brasil não precisam se inscrever na folha de pagamento do programa. Esta é uma decisão que pertence apenas aos beneficiários dos programas sociais.

Aqueles que ainda têm dúvidas, há algumas coisas a considerar. Primeiramente, vale lembrar que não tem como não pagar a dívida, pois como mencionado acima, a taxa é em forma de desconto automático na conta.

Por outro lado, vale lembrar que a dívida não pode ser perdoada se um cidadão for excluído ou suspenso de benefícios. Nesse caso, o usuário ainda precisa pagar o valor restante, pelo qual precisa pagar do próprio bolso todo mês.

%d blogueiros gostam disto: