Contribuições do INSS

Contribuições do INSS tem reajustes no valor pago. Veja quanto você vai pagar em 2022

É importante destacar que o salário mínimo para 2022 foi reajustado para R$ 1.212. O novo valor, calculado a partir da inflação acumulada medida pelo INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) em 2021, fechou em 10,16%.

Nesse sentido, vale ressaltar que os reajustes inflacionários não afetam apenas a base salarial paga aos trabalhadores, mas também modificam o valor dos benefícios do INSS, bem como as faixas de contribuição dos segurados do órgão.

Nesse sentido, constitucionalmente, nenhum benefício de órgão poderá ser concedido em valor inferior ao salário mínimo vigente, de modo que os assistidos pelo INSS recebam no mínimo 1212 reais. Note-se que 70% dos benefícios do instituto pagam um valor correspondente ao nível nacional.

Todos os valores aumentaram proporcionalmente em relação aos demais, inclusive o teto pago pelo INSS que por sua vez passou de R$ 6.433,57 para R$ 7.087,22.

Conforme mencionado brevemente, tais reajustes também se aplicam aos pagamentos mensais feitos pelos empregados. Isso porque, à medida que os salários aumentam, é claro, também aumenta a gama de contribuições.

Contribuições previdenciárias em 2022

Confira abaixo as atualizações da alíquota cobrada nas contribuições para trabalhadores formais (com registro), domésticos e autônomos:

Para saber quanto você vai contribuir, primeiro você precisa entender que as taxas de contribuição são progressivas. Isso significa que os salários que ultrapassarem o salário mínimo terão que pagar 7,5% dos 1212 mais quaisquer outros percentuais que ultrapassem as faixas. Calma, vou explicar melhor com alguns exemplos.

Para quem ganha um salário mínimo

  • Neste caso é simples, a contribuição será 7,5% de R$ 1.212;
  • Valor da contribuição: R$ 90,90;

Para quem ganha R$ 1.600

  • Nesta situação, aplica-se 7,5% de R$ 1.212 – R$ 90,90;
  • Em seguida, será somado 9% da diferença entre R$ 1.600 e R$ 1.212 (R$ 388) – R$ 34,92;
  • Valor da contribuição: R$ 125,82

De qualquer forma, quem ganha acima do teto do INSS (R$ 7.087,22) contribuirá com um valor fixo de R$ 828,39.

Por fim, vale lembrar que tais reajustes serão aplicados a partir de fevereiro, pois estarão sujeitos a janeiro, mês em que o novo salário mínimo entrou em vigor.

 

%d blogueiros gostam disto: