Empréstimo consignado

Empréstimo consignado Auxílio Brasil tem data de liberação revelada por Jornal – Confira

O jornal O Globo revelou que o Ministério da Cidadania tentará concluir nesta semana as negociações para liberar os contratos de empréstimo salarial dos beneficiários do Programa Auxílio Brasil até meados de outubro.

Segundo o jornal, o Ministério da Cidadania está trabalhando para chegar a um consenso interno nesta semana com a Federação dos Bancos do Brasil (Febraban) sobre um teto para os juros.

Assim, se as negociações terminarem de forma positiva, o governo espera que o crédito comece a chegar ao bolso dos beneficiários em meados de outubro, pois após o lançamento, os banco terão que atualizar seus sistemas.

Data da liberação do empréstimo do Auxílio Brasil

A possibilidade de limitar a taxa de juros no mesmo texto que o regulamento trará foi o motivo das reuniões diárias, pois essas restrições de mercado levantam dúvidas sobre o poder que o governo teria de intervir no mercado, pois é a diretoria que o liberal diz, então o ministério se pergunta se seria possível interferir sem afastar os bancos.

Além disso, técnicos do Ministério da Cidadania optaram por um teto de juros semelhante ao do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), atualmente em 2,14%, mas muitas empresas já estão dizendo internamente que deveriam ser autorizadas a trabalhar com o Auxílio Brasil empréstimo consignado se o governo estabelecer um teto de juros idêntico ao aplicado aos beneficiários do INSS.

Isso porque as pensões da Previdência Social são garantidas por lei, e seu benefício do Regime de Transferência de Renda pode ser temporariamente bloqueado ou eventualmente cancelado se a família não seguir as regras do regime, o que significa falências e dívidas para bancos, elevando as taxas de juros.

Detalhes do empréstimo consignado

De acordo com o Ministério da Cidadania, os R$ 600 que o Auxílio Brasil paga atualmente não serão considerados na hora de fazer um empréstimo, pois outros R$ 200 são provisórios e só serão pagos por cinco meses até dezembro.

Assim, as famílias que receberem R$ 400 por mês (valor médio pago aos beneficiários) poderão autorizar um desconto de até R$ 160 (40% de R$ 400) para pagar a um banco ou financeira, apenas os 240 reais podem ser recebidos com desconto de até dois anos se o empréstimo for em 24 parcelas.

Por conta do valor reduzido que uma família receberá após o desconto do empréstimo do Auxílio Brasil, muitos especialistas alertam que os beneficiários precisam se planejar antes de assinar um contrato de empréstimo, pois a dívida é arriscada, pois a dívida pertence ao beneficiário mesmo que ele deixe de receber os benefícios.

Bancos que oferecem o empréstimo consignado do Auxílio Brasil

Bancos que já confirmaram que VÃO OPERAR:

  • PicPay
  • Agibank
  • Caixa
  • Banco Pan

Bancos que ESTÃO AVALIANDO a regulamentação para decidir:

  • Banco do Brasil

Bancos que NÃO VÃO ofertar o empréstimo consignado:

  • Itaú
  • Nubank
  • Santander
  • Bradesco
  • Banco Inter
  • C6Bank
  • BMG
  • Sicoob

Bancos que queriam operar mas voltaram atrás e NÃO VÃO MAIS:

  • Banco Safra
%d blogueiros gostam disto: