×

Excelente notícia para desempregados com saldo no FGTS

Excelente notícia para desempregados com saldo no FGTS

Ótima notícia para os trabalhadores desempregados com saldo no Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) inferior a R$ 80! Agora é possível efetuar o saque por meio da modalidade Saque Conta Inativa, mesmo nessa situação.

Essa medida tem como objetivo facilitar o acesso aos recursos do FGTS, beneficiando especialmente aqueles que possuem saldos reduzidos.

A seguir, saiba como realizar esse saque de forma rápida e simples utilizando o aplicativo ou visitando uma agência da Caixa.

Passo a passo para o saque do FGTS por conta inativa

Realizar o saque do FGTS por conta inativa com saldo de até R$ 80 é um processo simples e rápido. Siga as etapas abaixo:

  1. Acesse o aplicativo FGTS (disponível para Android e iOS) e clique em “Meus Saques”.
  2. Escolha a opção “Outras Situações de Saques”.
  3. Selecione o motivo do saque como “Conta Inativa até R$ 80”.
  4. Leia as informações sobre as condições e documentos necessários e clique em “Solicitar Saques FGTS”.
  5. Cadastre uma conta bancária de sua titularidade em qualquer instituição financeira.
  6. Faça o upload dos documentos exigidos.
  7. Verifique os documentos anexados e confirme.
  8. A CAIXA irá validar seus dados e, caso estejam corretos, o valor será creditado em sua conta.

Saque do FGTS em agências da CAIXA

Além da opção pelo aplicativo, você também tem a possibilidade de efetuar o saque do FGTS por conta inativa com saldo de até R$ 80 em uma agência da CAIXA. Para isso, é necessário apresentar os seguintes documentos:

  1. Documento de Identificação.
  2. Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) física ou digital, na qual conste o contrato de trabalho vinculado à conta objeto do saque.

Saque de conta inativa é um direito

Conforme estabelecido pela legislação, existem diversas situações em que o cidadão tem o direito de sacar o FGTS de contas inativas.

Algumas dessas situações incluem: demissão sem justa causa, falecimento do trabalhador, aquisição da casa própria, aposentadoria, saque-aniversário, entre outras possibilidades.

É fundamental conhecer os direitos e condições para ter acesso aos recursos do FGTS.

Confira: Alterações no FGTS prometem aumentar o valor disponível para o trabalhador: Confira as novidades!

O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, conhecido como FGTS, é um direito garantido aos trabalhadores brasileiros com carteira assinada. Criado em 1966, o FGTS tem o objetivo de proteger o trabalhador em caso de demissão sem justa causa, além de oferecer outras modalidades de saque em situações específicas.

O FGTS é constituído por depósitos mensais feitos pelo empregador em uma conta vinculada ao trabalhador na Caixa Econômica Federal. O valor depositado corresponde a 8% do salário do empregado, acrescido de outros encargos e benefícios trabalhistas.

Os recursos do FGTS são utilizados em diversas situações, como aquisição da casa própria, construção, reforma, amortização ou quitação de financiamento habitacional, pagamento de parte do seguro-desemprego, em caso de demissão sem justa causa, entre outras possibilidades previstas em lei.

Além disso, o FGTS também é fonte de recursos para investimentos em habitação popular, saneamento básico e infraestrutura. Os rendimentos do FGTS são atualizados anualmente e são compostos por uma taxa de juros fixa de 3% ao ano, acrescidos da Taxa Referencial (TR).

O acesso aos recursos do FGTS é regulamentado por leis e normas específicas, sendo importante estar atento aos requisitos e condições para cada modalidade de saque.

O trabalhador pode consultar seu saldo do FGTS, movimentar a conta e realizar saques por meio do aplicativo FGTS, internet banking, caixas eletrônicos, agências da Caixa Econômica Federal ou correspondentes bancários.

O FGTS desempenha um papel importante na garantia de segurança financeira e proteção social aos trabalhadores brasileiros, contribuindo para a realização de objetivos como a aquisição da casa própria e auxiliando em momentos de necessidade e transições na vida profissional.