Pular para o conteúdo

Exclusão de 320 mil famílias do Bolsa Família e bloqueios permanecerão em agosto

Bolsa Família

O Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS), responsável pela administração do novo Programa Bolsa Família, divulgou no início desta semana os dados referentes à rodada de pagamentos de julho do programa de transferência de renda, revelando que 320 mil famílias foram excluídas do programa comparando com o mês anterior.

Conforme informações divulgadas pelo governo federal, na rodada de pagamentos de junho, foram atendidas 21,2 milhões de famílias em situação de vulnerabilidade social.

No entanto, neste mês, a quantidade de famílias atendidas foi reduzida para 20,9 milhões. É importante ressaltar que esses cortes no programa devem continuar em agosto, indicando que mais famílias podem ser afetadas pela exclusão do benefício.

Bloqueios do Bolsa Família vão continuar

Os cancelamentos de beneficiários estão ocorrendo devido a uma ampla revisão cadastral que teve início em fevereiro deste ano e deverá prosseguir até dezembro.

Essa revisão é considerada necessária porque o Ministério do Desenvolvimento Social, segundo o ministro Wellington Dias, identificou pelo menos 10 milhões de famílias com suspeitas de irregularidades em seus cadastros no Programa Bolsa Família.

Para realizar essa revisão, o ministério faz o cruzamento das informações fornecidas pelos próprios beneficiários durante a inscrição no Cadastro Único (CadÚnico) com dados de outros bancos, como o Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS), que contém informações sobre a renda dos brasileiros, por exemplo.

Quando são encontradas divergências nesses cruzamentos, o beneficiário tem o benefício bloqueado por dois meses, durante os quais não recebe o pagamento mensal e é obrigado a comparecer a um Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) com os documentos de identificação de todos os membros da família, bem como comprovantes de renda e residência recentes para atualização dos dados.

Após essa atualização, o ministério verifica novamente o cadastro da família. Se não houver mais motivos para suspeitas, a família tem o benefício desbloqueado e pode retornar ao programa.

Por outro lado, se as suspeitas persistirem, se o beneficiário recusar-se a atualizar os dados dentro do prazo de bloqueio, ou se as irregularidades forem comprovadas, o beneficiário terá o benefício cancelado e deixará de receber o auxílio do novo Bolsa Família.

É importante ressaltar que os beneficiários cancelados pelo governo federal nos últimos meses foram aqueles que deixaram de cumprir as regras do programa, aqueles cuja renda ultrapassou o limite permitido e aqueles que apresentaram suspeitas e não atualizaram os dados no prazo determinado.

Porém, como explicado anteriormente, o processo de revisão cadastral continuará ocorrendo até o final do ano, o que significa que novos bloqueios ainda poderão ocorrer em agosto e nos meses seguintes.

Portanto, é crucial que as famílias estejam atentas às convocações para atualização de dados e cumpram todas as regras e requisitos do programa.

Pagamentos do Bolsa família já estão acontecendo

Os beneficiários que não foram cancelados e permaneceram no programa Bolsa Família começaram a receber o benefício na última terça-feira, dia 18, e continuarão recebendo até o dia 31, encerrando-se no final do mês.

Abaixo, confira o cronograma oficial de pagamentos:

  • NIS de final 1 – depósito na conta em 18 de junho;
  • NIS de final 2 – depósito na conta em 19 de julho;
  • NIS de final 3 – depósito na conta em 20 de julho;
  • NIS de final 4 – depósito na conta em 21 de julho;
  • NIS de final 5 – depósito na conta em 24 de julho (valores serão disponibilizados no sábado, dia 22/07);
  • NIS de final 6 – depósito na conta em 25 de julho;
  • NIS de final 7 – depósito na conta em 26 de julho;
  • NIS de final 8 – depósito na conta em 27 de julho;
  • NIS de final 9 – depósito na conta em 28 de julho;
  • NIS de final 0 – depósito na conta em 31 de julho (valores serão disponibilizados no sábado, dia 29/07)