Pular para o conteúdo

Fim do Pagamento do Auxílio Gás em Setembro: Saiba Mais sobre a Mudança

Auxílio Gás

Os pagamentos do Auxílio Gás estão prestes a ser liberados neste mês de agosto para os beneficiários brasileiros do programa.

No entanto, é importante destacar que em setembro haverá uma interrupção temporária nos repasses. Essa interrupção faz parte da estruturação regular do programa e não há motivo para preocupação.

Os contemplados com o vale para aquisição do botijão de 13kg recebem assistência a cada dois meses, sempre nos meses pares.

Portanto, após a liberação dos pagamentos em agosto, a próxima parcela só será efetuada em outubro.

No momento, o Auxílio Gás cobre integralmente o custo da aquisição do GLP. Os montantes variam a cada pagamento, seguindo a média dos preços desse item em todo o país.

Vale ressaltar que não há um valor fixo preestabelecido para o benefício.

Auxílio Gás: mês de agosto 

Para agosto, as datas de pagamentos do Auxílio Gás já estão determinadas. Confira o calendário completo.

  • NIS final 1: 18 de agosto;
  • NIS final 2: 21 de agosto;
  • NIS final 3: 22 de agosto;
  • NIS final 4: 23 de agosto;
  • NIS final 5: 24 de agosto;
  • NIS final 6: 25 de agosto;
  • NIS final 7: 28 de agosto;
  • NIS final 8: 29 de agosto;
  • NIS final 9: 30 de agosto;
  • NIS final 0: 31 de agosto.

O cronograma de depósitos segue o mesmo padrão do Bolsa Família. Portanto, os cidadãos brasileiros que são beneficiários de ambos os programas terão a possibilidade de receber os valores combinados em uma única transação.

O acesso a esses recursos pode ser efetuado de maneira conveniente através do Caixa Tem.

Quem recebe o Auxílio Gás?

Atualmente, o Auxílio Gás beneficia quase 6 milhões de famílias em todo o país. Este auxílio é direcionado aos brasileiros com renda mensal per capita de até meio salário mínimo, desde que estejam devidamente registrados no Cadastro Único.

Conforme mencionado anteriormente, a distribuição ocorre a cada dois meses, nos últimos dez dias úteis de cada mês.

Os montantes disponibilizados variam, porém, devem ser suficientes para cobrir o valor integral da aquisição do botijão de GLP de 13 kg, amplamente utilizado pela população brasileira.

Cancelamento do Bolsa Família em Agosto para Não Cumprimento deste Requisito

O Auxílio Gás é uma iniciativa do governo brasileiro que visa proporcionar suporte financeiro às famílias de baixa renda para auxiliar no custeio do gás de cozinha, também conhecido como GLP (Gás Liquefeito de Petróleo).

O programa busca aliviar o impacto econômico dessas despesas essenciais para os lares que enfrentam dificuldades financeiras.

O critério de elegibilidade é baseado na renda mensal per capita da família, que deve ser de até meio salário mínimo.

Além disso, é necessário estar devidamente cadastrado no Cadastro Único, um sistema que reúne informações sobre as famílias de baixa renda em todo o país.

Essa combinação de critérios garante que o benefício seja direcionado às pessoas que realmente necessitam desse apoio.

A periodicidade do repasse a cada dois meses se alinha ao calendário do Bolsa Família, o que facilita a administração e a previsibilidade para os beneficiários que fazem parte de ambos os programas.

A escolha dos últimos dez dias úteis de cada mês para efetuar os pagamentos proporciona um certo alívio financeiro para as famílias em um momento em que muitas despesas podem estar se acumulando.

É importante ressaltar que, embora os valores variem, a intenção é que eles sejam suficientes para cobrir a compra completa do botijão de gás de 13 kg.

Isso garante que as famílias possam contar com esse recurso essencial para o preparo de alimentos e o funcionamento das atividades domésticas.

O Auxílio Gás desempenha um papel fundamental na redução das desigualdades e no auxílio às famílias de baixa renda para enfrentar os desafios financeiros diários.

É uma medida que não apenas ajuda no acesso a um recurso básico, mas também contribui para a melhoria da qualidade de vida e o bem-estar dessas famílias.