PIS/Pasep

Governo libera todos os lotes do PIS/Pasep de até R$ 1.100 para quem Trabalhou em 2019?

PIS/Pasep já teve 12 pagamentos liberados para quem trabalhou com carteira assinada em 2019.

Dessa forma, o dinheiro pode ser sacado por aniversariantes de janeiro a dezembro. Para quem já trabalhou 12 meses no ano de 2019, o valor máximo pago é o salário mínimo (atualmente R $ 1.100).

Pessoas que trabalharam por apenas um mês têm direito ao recebimento proporcional de 1/12 do salário mínimo. De acordo com o Ministério da Economia, os valores são arredondados.

Por exemplo, quem trabalhou um mês teria direito a um complemento de R $ 91,67, mas arredondado para cima receberia R $ 92.

Quem tem direito de receber o PIS/Pasep?

Somente aqueles que trabalham com carteira de trabalho assinada ou serviram como funcionário público durante 2019 têm direito a este beneficio.

Além disso, é necessário atender aos seguintes requisitos:

  • Ter recebido, no máximo, dois salários mínimos por mês, em média;
  • Estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos;
  • É necessário que a empresa onde trabalhava tenha informado os dados corretamente ao governo no sistema Rais; e
  • Ter trabalhado com carteira assinada por pelo menos 30 dias em 2019, se ainda não tiver sacado.

Funcionários de empresas privadas recebem PIS por meio da Caixa Econômica Federal, enquanto funcionários públicos recebem Pasep por meio do Banco do Brasil, por meio de crédito automático em conta aberta no banco.

Calendário PIS/Pasep 2020-2021

O calendário a seguir é para quem trabalhou em 2019, e os vencimentos vão até 30 de junho de 2021:

Novo Calendário PIS 2020 2021

Vale ressaltar que o governo antecipou a retirada do PIS / Pasep em um mês do calendário para trabalhadores nascidos em maio e junho de 2019 (PIS) e funcionários públicos com matrícula definitiva 8 e 9 (Pasep).

Veja Mais: Confirmado: Governo vai liberar saques do FGTS EMERGENCIAL de até R$ 1.100 em 2021

%d blogueiros gostam disto: