×

INSS Altera Procedimento de Prova de Vida para Segurados; Confira as Mudanças

INSS prova de vida

INSS Altera Procedimento de Prova de Vida para Segurados; Confira as Mudanças

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) está planejando alterações substanciais no processo de prova de vida para seus beneficiários.

O principal objetivo é simplificar e desburocratizar o procedimento, com previsão de implementação até o final de 2024.

Segundo o presidente do INSS, Alessandro Stefanutto, a autarquia está empenhada em simplificar a comprovação de vida, visando economizar o tempo dos beneficiários.

As mudanças propostas devem começar a ser implementadas inicialmente no Distrito Federal, com a ideia de integrar os dados biométricos das catracas de ônibus do transporte público ao banco de dados do INSS.

Com isso, a intenção é automatizar a prova de vida, eliminando a necessidade do comparecimento presencial dos beneficiários. Continue lendo para saber mais!

Prova de Vida

Prova de vida do INSS

A prova de vida é um procedimento obrigatório para aposentados, pensionistas e outros beneficiários do INSS, fundamental para evitar possíveis irregularidades nos benefícios concedidos e assegurar a correta distribuição dos recursos previdenciários.

O INSS informou que a nova versão da prova de vida será realizada por meio do cruzamento de dados armazenados em bancos oficiais do Governo Federal.

No entanto, os segurados ainda poderão optar pela prova de vida tradicional, seja presencialmente nos bancos ou agências previdenciárias, ou de forma digital através da biometria facial no aplicativo Meu INSS, acessível a qualquer momento.

Essa mudança pode trazer benefícios significativos para os beneficiários do INSS, especialmente para aqueles com dificuldades físicas ou geográficas para comparecer pessoalmente à comprovação de vida.

Quais serão as fontes de dados?

Entre as fontes de dados consideradas estão o acesso ao aplicativo Meu INSS com selo ouro, realização de empréstimo consignado por reconhecimento biométrico, atendimento presencial nas agências do INSS, realização de perícia médica por telemedicina ou na rede de saúde pública, vacinação e atualização cadastral em órgãos de trânsito ou segurança pública, votação nas eleições e emissão ou renovação de documentos oficiais que exigem presença física do usuário ou reconhecimento biométrico, e declaração do Imposto de Renda como titular ou dependente.

Entre para o nosso grupo no facebook! MEU INSS