INSS está desenvolvendo nova estratégia para tentar encurtar a fila de requerimentos

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) estabeleceu uma nova estratégia para tentar encurtar a fila de espera para os pedidos dos cidadãos. De acordo com dois regulamentos que foram publicados nesta quarta-feira (1), a ideia é mudar o horário dos servidores de uma vez por todas. Pelo menos essa é a ideia.

Segundo o Instituto, o objetivo principal aqui é concentrar a jornada de trabalho desses colaboradores em dois turnos: manhã e tarde. Porque de manhã se trata de concentração nas atividades dos departamentos e de tarde se concentra em liberar processos e fazer análises.

Com isso, o INSS espera que possa fluir para a fila de inscrições dos cidadãos. Hoje, segundo dados do próprio instituto, eles recebem cerca de 567 mil solicitações por mês. Essas questões cobrem tópicos como pensões por morte, pensões de aposentadoria, pensões por invalidez e benefícios em dinheiro contínuos (BPC).

A ideia de alterar o horário de funcionamento do servidor é baseada nos dados internos do próprio INSS. Segundo o Instituto, cerca de 95% das visitas às unidades ocorrem no período da manhã. Portanto, estamos falando sobre quase toda a assistência face a face.

Vale lembrar que essas agências do INSS estiveram fechadas a maior parte do ano passado. Tudo por causa da nova pandemia de coronavírus. Quando reabriram, começaram a servir entre 7h e 14h. Então você pode visitar esses lugares no início da tarde. No entanto, de acordo com esses dados, a maioria prefere ir logo de manhã.

Mais efetividade

Segundo o INSS, essa mudança poderia ser mais efetiva. Dessa forma, a fila de milhares de pessoas poderia ser encurtada. Segundo o Instituto, tudo deve ficar mais claro para todos nas próximas semanas.

“Hoje, para ter o protocolo, não é necessário se deslocar até uma agência, basta ligar para o 135 ou fazer por meio do Meu INSS. Esse movimento fez com que a procura pelo atendimento presencial caísse em até 40%”, diz a nota do instituto.

“Com isso, se otimiza a força de trabalho e a concentra em um horário de atendimento que seja mais eficiente para atender aos segurados”, completa a nota. Segundo relatos nas redes sociais, servidores do local estão divididos sobre essas mudanças.

Horas de trabalho no INSS

Além disso, de acordo com a regulamentação publicada, a jornada de trabalho desses funcionários é de 40 horas semanais. Portanto, isso significa que trabalharão 8 horas por dia. Pelo menos isso é esperado.

Nessas horas diárias de trabalho, o servidor terá dois horários para trabalhos de gerenciamento. De acordo com o INSS, isso pode ser feito remotamente, ou seja, eles poderão trabalhar de casa. Para que possam realizar trabalhos administrativos.

Além disso, o regulamento também estipula que pode haver um horário mais flexível. Por exemplo, na região sul, as filiais podem abrir um pouco mais tarde. Tudo isso por causa do frio intenso que costuma ocorrer na região.

%d blogueiros gostam disto: