INSS não vai parar atividades nas agências

INSS não vai parar atividades

Foi noticiado que o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) paralisaria os serviços na próxima quarta-feira (7) por falta de verba. Assim, a Câmara Cívica agiu para resolver a situação e impedir que os escritórios de representação do órgão fossem fechados.

O presidente do INSS, Guilherme Gastaldello, e o ministro do Trabalho, José Carlos Oliveira, reuniram-se nesta terça-feira (6 de fevereiro) com Ciro Nogueira, ministro da Câmara Cível. O objetivo da reunião foi discutir o fechamento da agência do INSS.

Governo pediu mais tempo e afirmou ao INSS que será possível equilibrar os gastos

Segundo informações do site da CNN, a reunião teve como objetivo esclarecer a situação. Assim, o governo pediu mais prazo ao INSS, mas afirmou que seria possível equilibrar o repasse de recursos ao órgão. Porém, no caso dos servidores do INSS, a expectativa de solução só veio depois da repercussão negativa do anúncio.

Nesta sexta-feira (2), o INSS enviou ofício ao Ministério da Economia informando que a atividade-fim do instituto havia sofrido “sérios prejuízos” devido a bloqueios orçamentários. Portanto, seria necessário fechar a agência e suspender as perícias e demais serviços.

“Nós já tínhamos alertado esses problemas para o presidente do INSS e ao ministro do Trabalho. Há consequências tanto dentro da instituição, quanto para as pessoas seguradas. É muito ruim”, disse João Torquato, representante do Consórcio de Sindicatos de trabalhadores da Seguridade Social.

Acompanhando os desdobramentos, o Ministério do Trabalho e Previdência Social emitiu uma circular informando que “as restrições orçamentárias impostas no final do ano não acarretarão interrupção dos serviços do INSS aos segurados”. Portanto, não há necessidade de fechar filiais e os telefones continuarão os mesmos.

 

%d blogueiros gostam disto: