Empréstimos consignados

Margem consignável de 40% do INSS termina dia 31

A medida provisória, que elevou para 40% a margem de consignação dos aposentados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), vai expirar em 31 de dezembro de 2021. A lei foi aprovada em março último para ajudar os segurados a obterem esse crédito maior.

Veja mais: O INSS pode suspender sua aposentadoria ou auxílio nas seguintes situações

Em janeiro de 2022, a margem voltará a 35%. Desse total, podem ser utilizados até 30% dos compromissos de crédito e até 5% dos compromissos de cartão de crédito, ambos no modelo de desconto de salário.

Inicialmente, a MP 1006 de 2020 vigorava até 31 de dezembro de 2020. No entanto, o Congresso Nacional decidiu prorrogar até o último dia deste ano.

De acordo com a legislação aplicável, os segurados do INSS podem usar até 35% do benefício do empréstimo e até 5% para despesas com cartão de crédito.

Margem consignável

É o nome do percentual de salário, aposentadoria, pensão ou benefício que um beneficiário do INSS pode prometer por meio de um empréstimo de salário. Muitas instituições financeiras oferecem essa opção, incluindo algumas das maiores instituições financeiras do país.

Por exemplo, um aposentado com renda mensal de 1.800 reais pode usar até 720 reais de seu salário para deduzir benefícios antes de 31 de dezembro. A partir desta data, a margem será de R $ 630.

%d blogueiros gostam disto: