MEI

MEIs pagarão nova taxa de contribuição ao INSS?

Se você é Microempreendedor Individual (MEI), lembre-se que o valor da contribuição mensal ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) estará sujeito a reajuste a partir deste mês.

Agora esse valor será de 55 reais. O aumento refere-se ao reajuste do salário mínimo, que passou de R $ 1.045 para R $ 1.100 a partir de 1º de janeiro de 2021.

Além disso, de acordo com a atuação dos empresários, o valor do guia mensal pode chegar a 61 reais. Por exemplo, se a empresa atua no setor comercial ou industrial, pagará 1 real a mais do que o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

Quando se trabalha no ramo de prestação de serviços, o valor passa para 5 reais. Ainda há casos em que taxas também são cobradas.

Atrasos no pagamento podem gerar multa diária de 0,33%, acrescida ao valor final da contribuição mensal.

Benefícios ativos

Este pagamento garante que MEI mantenha seus direitos de segurança social e os seguintes benefícios positivos: auxílio-doença, aposentadoria por invalidez, salário-maternidade, aposentadoria por idade e pensão por morte.

Lembre-se que para se enquadrar na categoria de “microempreendedores individuais”, essa pessoa precisa possuir uma empresa independente com faturamento anual não superior a R $ 81 mil.

Além disso, o proprietário não pode participar de outros projetos como sócio ou proprietário.

Veja mais: INSS paga auxílio-doença para MEI. Veja como funciona

%d blogueiros gostam disto: