×

Como escolher os melhores bancos para empréstimo pessoal

empréstimo pessoal

Como escolher os melhores bancos para empréstimo pessoal

Você já precisou de um dinheiro extra para realizar um sonho, pagar uma dívida ou resolver uma emergência? Se sim, você provavelmente já pensou em pedir um empréstimo pessoal.

Mas você sabe como escolher o melhor banco para contratar esse tipo de crédito?

Neste artigo, vamos te mostrar os principais fatores que você deve considerar na hora de comparar as opções de empréstimo pessoal disponíveis no mercado.

Além disso, vamos te apresentar alguns bancos que oferecem empréstimos pessoais com prazo maior para começar a pagar, uma vantagem que pode te dar mais tranquilidade e flexibilidade para organizar as suas finanças.

O que é um empréstimo pessoal?

Um empréstimo pessoal é uma modalidade de crédito que permite que você pegue uma quantia de dinheiro emprestada de um banco ou instituição financeira e devolva em parcelas mensais, com juros e taxas.

Você pode usar o dinheiro para qualquer finalidade, sem precisar comprovar o motivo do empréstimo.

O empréstimo pessoal é uma das formas mais simples e rápidas de conseguir crédito, pois geralmente não exige garantias, como um imóvel ou um veículo, e tem menos burocracia do que outras modalidades.

Porém, por ser um crédito de maior risco para o banco, o empréstimo pessoal também costuma ter juros mais altos do que outras opções.

Como escolher o melhor banco para empréstimo pessoal?

Antes de contratar um empréstimo pessoal, é importante que você faça uma pesquisa e compare as diferentes ofertas de crédito disponíveis no mercado.

Assim, você pode encontrar a opção mais adequada para o seu perfil e para o seu bolso. Alguns dos principais fatores que você deve levar em conta na hora de escolher o melhor banco para empréstimo pessoal são:

  • Taxa de juros: é o percentual que o banco cobra sobre o valor emprestado. Quanto maior a taxa de juros, maior será o custo total do empréstimo. Por isso, é recomendável que você procure as menores taxas possíveis, mas sem esquecer de considerar os outros fatores.
  • Custo Efetivo Total (CET): é o valor que representa todos os encargos e despesas do empréstimo, incluindo juros, taxas, impostos, seguros e tarifas. O CET é expresso em percentual anual e é o indicador mais preciso para comparar o custo de diferentes opções de crédito.
  • Prazo de pagamento: é o período que você tem para quitar o empréstimo, que pode variar de alguns meses a alguns anos. Quanto maior o prazo, menor será o valor das parcelas, mas maior será o custo total do empréstimo, pois você pagará juros por mais tempo. Por isso, é aconselhável que você escolha o menor prazo possível que caiba no seu orçamento.
  • Valor das parcelas: é o montante que você pagará mensalmente ao banco até quitar o empréstimo. O valor das parcelas depende do valor emprestado, da taxa de juros, do CET e do prazo de pagamento. É importante que você escolha um valor que não comprometa mais do que 30% da sua renda mensal, para evitar o endividamento e a inadimplência.
  • Condições de contratação: são as exigências e os requisitos que o banco impõe para liberar o crédito, como análise de crédito, comprovação de renda, idade mínima, documentos, etc. Você deve verificar se você atende às condições de contratação do banco e se o processo é simples e rápido.

Quais são os bancos que oferecem empréstimos pessoais com prazo maior para começar a pagar?

Uma das vantagens que alguns bancos oferecem para os clientes que contratam um empréstimo pessoal é a possibilidade de começar a pagar as parcelas somente após um período de carência, que pode ser de alguns meses ou até um ano.

Essa é uma opção interessante para quem precisa de um dinheiro extra, mas não tem condições de arcar com as parcelas imediatamente.

Porém, é preciso ter cuidado, pois o prazo de carência não significa que o empréstimo é gratuito. Durante esse período, os juros continuam sendo cobrados e são incorporados ao saldo devedor, aumentando o custo total do crédito.

Além disso, o prazo de carência pode implicar em uma taxa de juros maior ou em um prazo de pagamento mais longo.

Portanto, antes de optar por um empréstimo pessoal com prazo maior para começar a pagar, é importante que você faça uma simulação e compare o CET e o valor das parcelas com outras opções de crédito sem carência.

Assim, você pode avaliar se essa é realmente a melhor alternativa para o seu caso.

A seguir, vamos apresentar alguns exemplos de bancos que oferecem empréstimos pessoais com prazo maior para começar a pagar, mas lembre-se que as condições podem variar de acordo com o seu perfil, com o valor solicitado e com a data da contratação.

Por isso, é recomendável que você consulte o banco antes de fechar o negócio.

Banco do Brasil

O Banco do Brasil oferece o BB Crédito Salário, um empréstimo pessoal exclusivo para quem recebe o salário pelo banco. Você pode solicitar até 12 vezes o valor do seu salário, com taxas de juros a partir de 1,79% ao mês e prazo de pagamento de até 96 meses.

Além disso, você pode escolher entre começar a pagar a primeira parcela em até 180 dias ou ter uma pausa de até dois meses por ano para pagar as parcelas.

Caixa Econômica Federal

A Caixa Econômica Federal oferece o Crédito Pessoal Caixa, um empréstimo pessoal que pode ser contratado por qualquer pessoa que tenha conta corrente ou poupança no banco.

Você pode solicitar até R$ 30 mil, com taxas de juros a partir de 2,29% ao mês e prazo de pagamento de até 48 meses. Além disso, você pode optar por começar a pagar a primeira parcela em até 90 dias.

Santander

O Santander oferece o SuperCrédito, um empréstimo pessoal que pode ser contratado por qualquer pessoa que tenha conta corrente no banco.

Você pode solicitar até R$ 50 mil, com taxas de juros a partir de 1,99% ao mês e prazo de pagamento de até 60 meses. Além disso, você pode escolher entre começar a pagar a primeira parcela em até 60 dias ou ter uma pausa de até dois meses por ano para pagar as parcelas.

O empréstimo pessoal é uma forma de conseguir dinheiro rápido e fácil, mas que exige cuidado e planejamento. Antes de contratar um empréstimo pessoal, é essencial que você compare as diferentes opções de crédito disponíveis no mercado e escolha o banco que oferece as melhores condições para o seu perfil e para o seu bolso.

Uma das vantagens que alguns bancos oferecem é a possibilidade de começar a pagar as parcelas do empréstimo somente após um período de carência, que pode te dar mais tranquilidade e flexibilidade para organizar as suas finanças.

Porém, essa opção também tem seus custos e riscos, e deve ser avaliada com cautela.

Neste artigo, nós te mostramos os principais fatores que você deve considerar na hora de escolher o melhor banco para empréstimo pessoal e te apresentamos alguns exemplos de bancos que oferecem empréstimos pessoais com prazo maior para começar a pagar.