Pular para o conteúdo

Oportunidade para Milhares de Brasileiros: Auxílio de R$ 200 com Quase 100% de Aprovação; Descubra Mais Detalhes

Beneficiários Auxílio

Novembro marca um importante avanço para o Programa Cartão Goitacá, que alcançou a expressiva marca de 17 mil famílias beneficiadas com um auxílio financeiro de R$ 200,00.

Nesse contexto, Rodrigo Resende, Secretário Municipal de Transparência e Controle, destaca com orgulho a notável taxa de sucesso do programa, alcançando impressionantes 99,46%.

Lançado em maio de 2022 pela Prefeitura de Campos, cidade do interior do Rio de Janeiro, o Cartão Goitacá surge como uma iniciativa alinhada à Política Nacional de Assistência Social, buscando assegurar a segurança alimentar, especialmente para aqueles em situação de vulnerabilidade.

Beneficiários Auxílio

Quem está apto a receber o auxílio de R$ 200?

Para ser beneficiário do auxílio de R$ 200, é necessário possuir renda mensal per capita na faixa da extrema pobreza, residir no município de Campos por pelo menos 3 anos e preferencialmente não participar de outros programas de transferência de renda.

A seleção dos beneficiários ocorre através da base de dados do Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) pela Prefeitura de Campos.

As inscrições no Cadastro Único são realizadas pessoalmente, sendo necessário que o responsável familiar compareça a um posto de atendimento do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) mais próximo para receber o auxílio.

Adicionalmente, o programa dá prioridade a alguns grupos sociais, conforme estabelecido pela legislação aprovada na Câmara Municipal e Conselho Municipal de Assistência Social, tais como:

  • Famílias numerosas;
  • Idosos;
  • Pessoas com deficiência sem fonte de renda;
  • Vítimas de calamidades;
  • Mulheres chefes de família;
  • Mulheres em situação de violência;
  • Jovens egressos de acolhimentos institucionais.

Atenção: critérios que podem resultar na exclusão do Cartão Goitacá

Entretanto, é crucial estar atento aos critérios de seleção do auxílio. Desde o seu lançamento, mais de 800 pessoas foram excluídas do Cartão Goitacá por não atenderem mais aos requisitos exigidos pelo programa.

A Prefeitura realiza mensalmente cruzamentos de dados para garantir que os beneficiários continuem atendendo aos critérios estabelecidos.

Assim, evita-se a concessão do auxílio a beneficiários falecidos, uma vez que a Prefeitura realiza a verificação por CPF. Em caso de óbito, o CPF é inativado, tornando impossível a permanência no programa.

Governo Libera auxílio de R$ 2.640 para grupo de brasileiros; veja se você recebe

o Programa Cartão Goitacá representa uma iniciativa significativa no contexto da assistência social em Campos, Rio de Janeiro.

Ao atingir a marca de 17 mil famílias beneficiadas com um auxílio financeiro de R$ 200,00, o programa destaca-se como um instrumento vital na promoção da segurança alimentar e na mitigação da vulnerabilidade econômica.

Lançado em maio de 2022 pela Prefeitura de Campos, o Cartão Goitacá está alinhado à Política Nacional de Assistência Social, refletindo o compromisso de garantir o acesso a recursos básicos para aqueles em situação de extrema pobreza.

A atuação do programa não se limita apenas à distribuição de recursos financeiros, mas também busca priorizar grupos específicos, reconhecendo as diferentes necessidades dentro da comunidade.

Os critérios estabelecidos para a concessão do auxílio, como a renda mensal per capita na faixa da extrema pobreza e a preferência por aqueles não inseridos em outros programas de transferência de renda, visam direcionar os recursos para quem mais necessita.

Além disso, a ênfase em famílias numerosas, idosos, pessoas com deficiência sem fonte de renda, vítimas de calamidades, mulheres chefes de família, mulheres em situação de violência e jovens egressos de acolhimentos institucionais evidencia a abordagem inclusiva e sensível do programa.

É crucial destacar a importância da fiscalização e revisão periódica dos beneficiários para garantir que o auxílio alcance efetivamente aqueles que continuam em situação de vulnerabilidade.

A exclusão de mais de 800 pessoas do Cartão Goitacá por não atenderem mais aos requisitos reforça a seriedade na gestão do programa, assegurando que os recursos sejam direcionados de maneira eficaz.

Ademais, o uso de tecnologias, como a verificação por CPF para evitar benefícios indevidos a beneficiários falecidos, demonstra um comprometimento com a transparência e eficiência na administração dos recursos públicos.

O Programa Cartão Goitacá não apenas representa uma resposta direta às necessidades imediatas da população vulnerável, mas também ilustra como iniciativas locais podem ser eficazes na implementação de políticas sociais.

Essa experiência em Campos pode servir como exemplo e inspiração para outras comunidades enfrentando desafios semelhantes em todo o país.

Acesse: Meu Bolsa Família