SUSPENSÃO do pagamento do Auxilio Brasil

Motivos que levam seu Auxílio Brasil ser bloqueado

Os beneficiários do Auxílio Brasil precisarão manter seus dados atualizados para continuar recebendo os benefícios. O Cadastro Único (CadÚnico) é a forma como o governo obtém as informações dos cidadãos e garante o repasse dos auxílios. O pagamento das famílias beneficiárias pode ser suspenso ou congelado se os dados não forem atualizados.

O motivo da maioria dos bloqueios do Auxílio Brasil após não atualizar os dados é que os requisitos do programa não são atendidos. Há outras razões, como educação e requisitos de saúde.

Os beneficiários devem atualizar os dados do Cardunico, de acordo com a Secretaria de Cidadania. É importante atualizar a cada dois anos ou quando houver alguma mudança na estrutura familiar. Qualquer um que:

  • Não revisou os dados nos últimos dois anos;
  • Nascimento na família;
  • Falecimento de alguém;
  • Mudança de endereço.

Como parte dos requisitos mínimos para participação no programa, a família pode ter saído da situação de pobreza ou extrema pobreza. Na área da saúde, devem ser observadas as seguintes condições:

  • Calendário nacional de vacinação instituído pelo Ministério da Saúde;
  • Acompanhar o estado nutricional dos beneficiários com até sete anos de idade incompletos;
  • Pré-natal para gestantes.

Na área da educação, os requisitos atendidos são:

  • Frequência mínima de 60% escolar mensal para beneficiários de quatro e cinco anos;
  • Frequência escolar mensal mínima de 75% para beneficiários de 6 a 17 anos e de 18 a 20 anos que ainda não concluíram o ensino fundamental e recebem o Benefício Composição Juvenil (BCJ).
Como saber se o Auxílio Brasil foi cancelado

Para saber se os benefícios foram cancelados, os beneficiários devem ficar atentos aos cronogramas de pagamento e analisar se os depósitos estão sendo pagos.

A família responsável deve trazer documentos oficiais com foto e comprovante de residência. Os documentos necessários para os familiares desbloquearem o auxílio brasileiro são:

  • CPF ou Título de Eleitor do Representante Familiar;
  • Documento de Identificação de cada membro da família (preferível que seja o CPF);
  • Comprovante de residência;
  • Comprovante de matrícula de crianças e adolescentes (se houver).

Atualização do cadastro no Auxílio Brasil

  • Por meio do aplicativo, disponível para Android e IOS;
  • Pelo site do CadÚnico;
  • Presencialmente em qualquer CRAS (Centro de Referência de Assistência Social).

Para quem optar por atualizar seus dados online, é necessário informar o CPF para finalizar a consulta. Além disso, a inscrição no programa também exige que o interessado tenha uma conta no gov.br para obter as informações necessárias.

Se você mudar de cidade, precisa atualizar seu município atual diretamente no Cras, não havendo procedimento online. É importante que as famílias não esperem até que o período de atualização de 24 meses tenha expirado. O ideal é atualizar quando algum elemento da estrutura familiar muda.

%d blogueiros gostam disto: