Novas regras para o Empréstimo do Auxílio Brasil

Novas regras para o Empréstimo do Auxílio Brasil – Confira

O Consignado Auxílio é um empréstimo que reabastece sua conta com o valor contratado e depois deduz parcelas mensais diretamente do seu benefício Auxílio Brasil, antes mesmo do dinheiro ser creditado em sua conta até que a dívida seja quitada.

Como cada empréstimo tem juros, o valor total pago ao final do contrato será maior que o valor emprestado.

A Portaria nº 816 tornou oficialmente o empréstimo do Auxílio Brasil uma operação regularizada em 27 de setembro. Diversas instituições financeiras decidiram não operar nessa modalidade após analisarem suas condições.

A família pode solicitar um empréstimo desde que o benefício não seja bloqueado ou cancelado. Como a folha de pagamento é descontada diretamente do Auxílio Brasil, o beneficiário deve estar em dia com o programa.

O responsável deve fazer um pedido de empréstimo,para isso  é necessário selecionar um dos bancos participantes e analisar a melhor oferta. Os beneficiários podem utilizar 40% em média de R$ 400.

Como o valor considerado é de 400 reais e o de 600 reais é válido até dezembro, o valor máximo da parcela é de cerca de 160 reais. Além disso, é especificado um máximo de 24 parcelas.

As instituições participantes não podem cobrar taxas de juros superiores a 3,5% de acordo com as disposições publicadas no Regulamento 816.

Para fazer o empréstimo, os beneficiários do Auxílio Brasil precisam:

  • ter recebido pelo menos 3 parcelas do benefício;
  • possuir margem consignável disponível suficiente e
  • não ter pendência de comparecimento nas convocações do Ministério da Cidadania, nem data de finalização do benefício.
Bancos e o empréstimo do Auxílio Brasil

Atualmente, os seguintes bancos oferecem o credito consignado a esse grupo:

  • Caixa Econômica Federal: A agência oferece crédito consignado a uma taxa mensal de 3,45%, que pode ser feito no Caixa Tem ou em qualquer ponto de atendimento presencial.
  • Pintos S/A Créditos: o empréstimo foi iniciado na terça-feira (11) pela plataforma, com taxas de 2,89%, o contrato só pode ser feito presencialmente.
  • QI Sociedade de Crédito S/A: A agência firmou parceria com a fintech Meu Tudo para oferecer empréstimos salariais com juros de 3,39% ao mês. Simulações e solicitações podem ser feitas através do site da plataforma.

Atualmente, apenas esses bancos fizeram propostas para a realização da linha de crédito, outros bancos aptos a participar estão em análise ou deixarão de operar.

O Banco Pan não aceitará novas propostas, mas está analisando e enviando propostas para clientes pré-cadastrados.

A situação dos outros bancos em relação ao empréstimo está assim:

  • Agi (antigo Agibank): está em análise;
  • Crefisa: sem respostas;
  • Daycoval: não irá oferecer;
  • Banco Safra: está em análise;
  • Capital Consig: sem respostas;
  • Facta: não irá oferecer;
  • Zema: disse que iria oferecer, mas não apresentou detalhes;
  • Valor SCD: não irá oferecer atualmente.
%d blogueiros gostam disto: